Conhecendo 6 maravilhas do sul do País de Gales

By 12 de setembro de 2017Tópicos recentes

O País de Gales é um dos quatro países que fazem parte do Reino Unido, junto com a Inglaterra, a Escócia e a Irlanda do Norte.

Era o único que eu ainda não tinha visitado entre os quatro e é tão bonito quanto os outros.

O País de Gales me surpreendeu por suas paisagens exuberantes, natureza intocada e seu povo hospitaleiro, fomos tão bem recebidos que parecia que nós estávamos em outro continente. Pode parecer exagero da minha parte, mas pra quem mora em Londres a tanto tempo não está muito acostumado com as pessoas te cumprimentarem olhando nos olhos, e não é apenas isso que me chamou atenção nos Galeses, a alegria deles contagia a todos em sua volta. Acredito que isso se deve a tranquilidade que o país transmite. Eu cheguei a comentar com meu marido que parecia que o tempo lá passava mais devagar do que na Inglaterra, e em três dias que passamos por lá nos deu a sensação de uma semana fora de casa.

Visitamos alguns lugares que jamais imaginava ser tão belo, e que me fez arrepender muito de não ter ido antes. Temos um problema muito grande, muitas vezes achamos que o que está mais longe é mais interessante do que temos perto, e isso é um grande erro, temos muitos lugares lindos e pouco explorados aqui no Reino Unido e muitos deles à poucas horas de viagem.

Separei alguns lugares que visitamos no Sul País de Gales em 3 dias, fizemos tudo com calma, aproveitando para descansar também.

Nossa primeira parada foi Three Cliffs Bay 3h:30min de carro do Norte de Londres. Gente 3-4 horas de viagem não  é nada, acredita que as vezes gasto 1h:30min para chegar no trabalho atravessando o centro de Londres? O que eu mais gosto de Londres é isso, seja de avião, trem ou carro em menos de três horas você já está em outro país e isso é maravilhoso!

 

Nós decidimos pegar a estrada de última hora, sem saber direito pra onde ir e onde dormir. Uma coisa legal no País de Gales são as variedades de campings, são vários espalhados pelo país, quase que a 1km um do outro. E isso nos proporcionou uma viagem bem diferente do que já estávamos acostumados, e muito, muito barato mesmo. Como era feriado e não tínhamos nada planejado, os hotéis poderiam estar o triplo do preço, então decidimos nos aventurar e acampar por lá, apenas compramos uma barraca, colocamos umas tralhas no carro, passamos no mercado compramos alguns biscoitos e frutas e fomos para a nossa aventura, de “acampar pela primeira vez fora do Brasil”, e foi uma experiência fantástica.

 

Fiz um mapa com os lugares que visitamos, entre praias, cidades e cachoeiras.

Começamos pela região de Swansea, que faz parte da península de Gower, é uma área de belezas naturais de tirar o fôlego, o qual foi o primeiro lugar no Reino Unido a ser reconhecido como uma Área Excepcional de Belezas Naturais, com suas falésias e praias lindas, incluindo a Rhossili Bay, considerada a praia mais bonita do Reino Unido.

 

 

Nossa primeira parada foi Three Cliffs Bay, chegamos lá as 7:00 da manhã, e ainda não tinha ninguém na praia, que foi ótimo para tirar lindas fotos. Se for de carro, precisa deixar o carro num estacionamento que é pago £3  para o dia todo. No estacionamento tem área de piquenique e um pequeno mercado. Do estacionamento na praia, são cerca de 15 minutos de caminhada, e quem quiser acampar nessa área à um acampamento com vistas lindas do alto do penhasco. Quando chegamos lá, a maré estava muito baixa ainda formando uma grande extensão de areia. Os três picos rochosos dominam a paisagem, e um arco natural se revela conforme você caminha em direção aos penhascos. Os três picos dão nome ao local, conhecido como Three Cliffs Bay (baía dos três penhascos). É um dos lugares mais fotografados da costa, e não é difícil ver por quê, né!

Do outro lado as ruínas de um castelo se destacam contra o sol.

Mesmo com tanta fama, a baía estava vazia naquela manhã e minhas pegadas de destaca na praia, depois de umas 2 horas a maré começou a subir e modificou bastante a paisagem, virou praticamente outro ambiente com a água separando as praias, o que torna o mergulho no local perigoso, por causa da presença de correntes fortes. Não há estrutura nenhuma na praia, mas tinha uma barraca de salva-vidas que só estão por lá em épocas de alta temporada.

 

Recomendo subir nos Cliffs, a subida é bem íngreme, mas vale super a pena, a vista de lá é maravilhosa!

Outra parada bem próxima dalí é Rhossili Bay

 

Essa praia é belíssima, e foi considerada as melhores do mundo pelo site TripAdvisor. É um destino muito procurado por surfistas, paragliders e até caminhantes e corredores por sua grande expansão de areia, esta é a orla mais extensa da península Gower, com quase 5 quilômetros.

Acesso à praia: Há um caminho que leva à praia ao lado dos penhascos, mas é uma subida íngreme de volta ao estacionamento, onde é possível ter vistas panorâmicas espetaculares sobre a baía!

Dormimos em um camping na região de  Pembrokeshire, e na manhã seguinte seguimos para Barafundle Bay!

  

Barafundle Bay, Pembrokeshire

Situado na Reserva Natural Nacional de Stackpole, é uma pequena baía apoiada por dunas e pinheiros, por causa de suas areias douradas e águas cristalinas, Barafundle foi eleita muitas vezes como uma das melhores praias da Grã-Bretanha. Para chegar até a praia precisa caminhar cerca de 1 km do parque de estacionamento mais próximo.

 

Depois de muitas fotos e admirar a paisagem seguimos em direção há mais uma das belas paisagens da região Skrinkle Haven!

 

A praia de Skrinkle Haven é uma pequena baía rochosa cercada por penhascos altos e com uma enorme faixa de areia na maré baixa. Na verdade são 2 praias juntas, uma de areia e outra de pedras, separadas por uma enorme parede de calcário. O acesso à praia de pedras é através de uma escadaria de metal até a Church Doors, “Portas da Igreja” – 140 degraus no total. A descida e a subida é bem íngreme, talvez seja difícil o acesso para pessoas idosas ou com dificuldade de locomoção, e o único ponto de acesso à praia de areia é caminhar ao redor do cume de calcário, o que só é possível quando a maré está  baixa e apenas por um curto período de tempo.

 

Há uma área de piquenique no topo das falésias. A vista de lá é de tirar o fôlego!

Depois seguimos para Tenby, uma pequena cidade costeira onde se encontram história, um litoral deslumbrante de belas praias e o sossego das cidadezinhas galesas.

Tenby é uma cidade histórica cercada por muralhas medievais do século 13, com portais circulares formados por arcos, e ruínas de um castelo em frente à praia.

O litoral de Tenby é bem extenso, são 4 km de praias de areia, com paredões rochosos e duas ilhas.

Uma delas é a ilha de St. Catherine, ligada à praia pela areia quando a maré está baixa, um dos cenários mais conhecidos de Tenby. A ilhazinha abriga um forte do século 19, com quatro acomodações, 16 torres pequenas e um salão de jantar. O forte, que foi vendido em 1907, hoje está abandonado, abrigando aves marinhas.

A ilha Caldey é um pouco mais longe, e está  ligada a Tenby por balsas durante a primavera e o verão que atrai visitantes por conta de seu mosteiro, ocupado por monges cistercienses desde 1929.

As praias North Beach, Castle Beach, Harbour Beach e South Beach são as principais praias da Costa, fica até difícil dizer qual eu gostei mais, recomendo fazer uma caminhada pela areia e conhecer todas.  As casas coloridas à beira mar são encantadoras, e seu centro histórico é um verdadeiro charme, cheio de lojas e restaurantes com mesas nas calçadas. Caminhe sobre as calçadas do penhasco da Harbour Beach em direção a North Beach, a vista de lá é incrível!

“Tenby é uma jóia e ainda mais encantadora por sua natureza preservada e riqueza de edifícios históricos coloridos”.

 

Terminamos nosso dia num acampamento perto de Brecon Beacons National Park!

O Brecon Beacons National Park é um dos três parques nacionais do País de Gales, e apresenta uma série de montanhas, cachoeiras, cavernas e é o lar de uma enorme variedade de vida selvagem.

Aqui visitamos duas lindas cachoeiras a Henrhyd Waterfall e a Sgwd Gwladys Waterfall, ambas muito bonitas, mas o acesso não são dos mais fáceis não, mas vale a pena o esforço!

Henrhyd Waterfall

Com uma queda de 27m, Sgwd Henrhyd, no rio Nant Llech, no noroeste de Glyn-Neath, é a maior cachoeira do Parque Nacional.

Uma caminhada de mais ou menos 15 min te conduzirá à cachoeira a partir do estacionamento, perto de Coelbren, pouco mais de 1 km a sudeste de Abercrave. Você segue um caminho íngreme no vale místico e arborizado, uma boa parte do caminho é escorregadio, melhor ir com sapatos apropriados. Chegando lá você pode caminhar em volta da cacheira e dar a volta por traz dela!

 

Sgwd Gwladys Waterfall

Seguimos em direção à Pontneddfechan, Brecon Beacons National Park. É melhor colocar o nome dessa vila do que o nome da cachoeira, porque nós colocamos o nome da cachoeira e o Gps nos conduziu à uma fazenda, a senhora disse que era normal e a maioria dos turistas que querem ir na cachoeira chegam na fazenda por engano, mas ela foi super legal e nos explicou o caminho.

Chegamos na pequena vila e estacionamos o carro no estacionamento do pub Angel Inn, onde aproveitamos para almoçar também. Depois passamos por um portão que conduz à cachoeira, seguimos o caminho conforme indicado pela placa na entrada. São uns 40 minutos de caminhada. A caminhada é longa e nível fácil, e o cenário até a cachoeira é muito bonito, todo o caminho é na beira do rio até chegar na  “Sgwd Gwladus” Falls

De uma cachoeira para a outra foram uns 20 minutos de carro, visitamos as 2 no mesmo dia!

Todos os lugares que citei aqui são dogs friendly, então quem tiver cachorros ficarão felizes em poder passear e levar seus animais de estimação juntos.

Assista também o nosso vídeo completo

 

Mirelle Tome

Author Mirelle Tome

More posts by Mirelle Tome

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: