EgitoViagens

Os 8 templos mais interessantes e imperdíveis do Egito

Apesar da turbulenta situação política na região, o Egito é um dos países mais fascinantes que você pode visitar, pois tem uma das maiores riquezas arqueológica do planeta, incluindo as famosas pirâmides de Giza , considerada uma das maravilhas do mundo, e o belos templos egipcios, como Abu Simbel, Karnak, Luxor, Edfu, Philae, Hatshepsut, Kom Ombo e Medinet Habu.

É praticamente impossível fazer um tour por todos os templos do país, então neste post iremos rever apenas os 8 templos mais bonitos e famosos do Egito

Os 8 templos mais belos e famosos do Egito

Templo de Karnak

Um dos mais lindos na minha opinião, com uma historia incrivel. 

Localizado em Luxor e construído por vários faraós entre o ano de 2200 e 360 aC, o Templo de Karnak é depois das pirâmides de Giza o lugar mais visitado do Egito e é também o maior templo no Egito. Ainda hoje, restos seguem sendo encontrados e o templo vai sendo reconstruído.

O templo foi dedicado a uma sagrada família de egípcios, conhecida como Tríade Tebana, formada pelos deuses Amon (pai), Mut (mãe) e Khosu (filho). Segundo arqueologistas e historiadores, o Templo de Karnak foi ampliado por reinados egípcios ao longo de mais de 1700 anos. Até meados do século XVIII, o templo ainda estava submerso nas areias.

   

Na entrada do templo, antes de cruzar o primeiro pilone, veremos 40 esfinges com cabeça de carneiro. É o começo da Avenida das Esfinges, que chegava até o Templo de Luxor e até o Nilo.

Provavelmente, o mais espetacular do templo é o Grande Salão Hipostilo. Com mais de 5.000 metros quadrados, contém 134 colunas colunas gigantes em forma de papiro, sendo que as 12 centrais são mais largas e elevavam o teto, já inexistente, a 23 metros de altura. Também encontra-se um lago que era sagrado para os egípcios da Antiguidade, pois representava a purificação dos deuses e o renascimento pela manhã do deus-sol Amon.

  

Espetáculo de luz e som

No Templo de Karnak, acontece um dos espetáculos de luz e som mais famosos do Egito. O espetáculo consiste em percorrer o templo à medida que se narra uma história e o templo vai sendo iluminado em certas partes. É recomendável dominar o inglês para aproveitar a visita ao máximo

Preço:

Adultos: 120 EGP.
Estudantes: 60 EGP.
Espetáculo de luz e som: 100 EGP

Templo de Luxor

Situado na cidade que leva seu nome e descoberto em 1884, o Templo de Luxor é um dos mais espetaculares do Egito e o monumento mais importante de Luxor.

O Templo de Luxor foi construído entre os anos 1400 e 1000 a.C. pelos faraós Amenhotep III e Ramsés II. O primeiro ordenou a construção da parte interior e o segundo do recinto exterior, adicionando a fachada, os colossos e os obeliscos. O templo mede 260 metros de largura e está dedicado a Amon (deus do vento).

Para aproveitá-lo em todo seu esplendor, é recomendável fazer a visita na parte da tarde, perto do pôr do sol.

Preço:

Adultos: 100 EGP

Estudantes: 50 EGP

Templo de Philae

Dedicado a Ísis, deusa do amor, o Templo de Philae é um dos mais belos e melhor conservados do país. Localiza-se em uma pequena ilha na qual só se pode chegar de barco, detalhe que dá ainda mais encanto a esse lugar, se é que isso é possível.

 

Segundo a lenda

O Templo de Philae tem uma grande importância para os egípcios já que, segundo a lenda, quando o rei Osíris foi assassinado por seu irmão, o qual espalhou partes do seu corpo por todo o país, sua esposa Isis as pegou e se refugiou na Ilha de Philae para reconstruí-lo. 

Na ilha podem-se ver várias construções, entre as quais se destaca o imponente Templo dedicado a Ísis. Também podemos encontrar outros edifícios de grande valor, como o Templo de Hathor, o Quiosque de Trajano, ou os pilones (elemento característico da arquitetura do Antigo Egito) que se encontram na entrada do templo. 

Ainda que não notemos, a localização atual do Templo de Philae não é a mesma de antigamente, já que depois da construção da represa de Assuã, o edifício ficou submergido pela água. Afortunadamente, foi transferido cuidadosamente até o local onde hoje se encontra, muito perto do anterior. 

   
O Templo de Philae é uma visita praticamente obrigatória a todos aqueles que realizam um cruzeiro pelas águas do Nilo. Além de encontrar-se perfeitamente conservado, é um autêntico prazer chegar até o templo de barco, desfrutando as vistas enquanto nos aproximamos dele. 

Preço:

Adultos: 100 EGP.
Estudantes com carteirinha: 50 EGP.
Espetáculo de luz e som: 125 EGP.

Templo de Edfu

Localizado na cidade de Edfu é o segundo maior templo do Egito depois de Karnak. O templo de Edfu, dedicado ao deus falcão Horus , foi construído durante o período helenístico entre 237 e 57 a. C. É o templo mais bem preservado do Egito Antigo e um dos templos do Egito mais impressionantes na minha opinião.

 

As paredes do templo possuem numerosas figuras, inscrições e hieróglifos que proporcionam informações sobre a época na qual foi construído, aportando detalhes não apenas sobre o templo, mas também sobre a mitologia, a região e a forma de vida no Egito Antigo

O templo permaneceu enterrado debaixo de mais de 12 metros de areia do deserto durante anos. Além disso, sobre ele foram construídas casas que o protegeram até 1860, ano em que começaram os trabalhos arqueológicos para desenterrá-lo. Por esses motivos, conservou-se praticamente à perfeição.

A entrada do templo é realmente incrível!

Preço: 60 libras egípcias

Abu Simbel

Abu Simbel é um complexo de dois templos esculpidos na rocha, está localizado na margem ocidental do lago Nasser , a cerca de 231 km ao sudoeste de Aswan ou aproximadamente 3 horas de carro. Construído a mando do faraó Ramsés II, no século XIII a.C., Abu Simbel é um complexo arqueológico egípcio que se situava próximo ao lago Nasser. Entretanto, com os riscos de inundação dos templos, nos anos 1960 a UNESCO deslocou os monumentos, fazendo com que as bases da montanha do local fossem cortadas e transportadas para o cume, evitando o alagamento das obras.

Abu Simbel Egito

Ramsés II queria dedicar os dois templos construídos no complexo a si mesmo e a sua esposa favorita, Nefertari. No maior dos templos, há uma fachada de 33 m de altura por 38m de largura, com quatro estátuas de vinte metros cada que representam a figura do faraó.

O segundo templo foi dedicado à Nefertari e possui uma fachada com seis estátuas de 10 metros cada. A onipresença da figura de Ramsés neste templo era tão grande, que cada estátua era ladeada por duas representações dele, como se ele quisesse proteger sua esposa a todo momento. As estátuas de Nefertari tinham traços semelhantes à figura da deusa Hathor, ornadas com disco solar entre plumas e cornos de vaca.

Abu Simbel normalmente não está incluído nos passeios dos cruzeiros, este passeio é adquirido separadamente. Geralmente a van passa no hotel em torno das 04:00 da manhã, a viagem leva cerca de 8 horas total. 

Preço: Adultos: 160 EGP
Estudantes com carteirinha: 80 EGP

Kom Ombo Temple

Foi construído entre 1350 e 180 a.C. por ordem de Ramsés II. A divindade do templo é Sobek, um deus com cabeça de crocodilo e corpo humano. Posteriormente, já que os moradores não gostavam de ter uma divindade que representasse o mal, foi adicionado outro deus ao culto, Haroeris (Horus o Velho). Neste templo você pode encontrar uma das poucas referências existentes a Cleópatra , bem como um fosso onde havia crocodilos e a capela de Hator, onde você verá múmias de crocodilo.

 

Geralmente os cruzeiros costumam chegar por lá ao entardecer, aproveitando a iluminação noturna!

Preço: Adultos: 80 EGP

Templo de Hatshepsut

Templo de Hatshepsut, também chamado de Templo de Deir el-Bahari , é um templo escavado na rocha no vale de Deir el-Bahari , perto de Luxor, foi dedicado a Hatshepsut , a única mulher que governou o Egito por um longo período de tempo. No templo quase não há referências a Hatshepsut uma vez que após sua morte, eles foram destruídos por seu irmão, que anos antes tinha tomado o trono. Apesar de ter sofrido ao longo de sua história danos significativos, vale a pena visitá-lo porque é totalmente diferente do restante.

Preço: Adultos: 80 EGP

 

Templo de Medinet Habu

Esse é o templo mortuário do faraó Ramsés III construído no século 12 a.C. Os faraós Hatshepsut e Tutmés III já haviam construído ali um templo dedicado ao deus Ámon. Baines e Málek falam sobre esse templo:

Ramsés III fez erguer o seu templo funerário, cercando as duas estruturas de grandes templos de tijolos. No interior destes havia armazéns, oficinas, edifícios administrativos e residências de sacerdotes e funcionários.

Medinet Habu também abrigava um palácio real, que era utilizado pelo faraó durante as festas religiosas. O templo mortuário é extremamente importante do ponto de vista histórico, por conter relevos e pinturas que descrevem campanhas contra líbios, asiáticos e os Povos do Mar, que foram derrotados pelos egípcios durante o reino de Ramsés III.

Preço: Adultos: 80 EGP


 

Estarei voltando no Egito em Novembro com um grupo de amigos, caso você tenha receio de visitar o Egito por conta e tenha interesse de vir conosco, entre em contato pelo meu e-mail mirellealves@gmail.com.

Será uma viagem de 12 dias começando por Cairo, cruzeiro pelo Rio Nilo e Hurghada. 

Acompanhe todas minhas viagens também pelo meu instagram @mirelletome

Veja como será o roteiro completo da viagem pelo link abaixo:

Roteiro de 11 dias pelo Egito, uma viagem de luxo pela terra dos faraós!

 

Mirelle Tome

Autora Mirelle Tome

Mais posts de Mirelle Tome

Deixe uma reposta

Close
%d blogueiros gostam disto: