10 dicas essenciais ao fazer as malas

By 15 de setembro de 2015Tópicos recentes

Uma dúvida que sempre bate na cabeça das pessoas ao planejar uma viagem é como arrumar as malas de viagem. Quais produtos levar? Quais são proibidos? Levo roupas de calor e de frio? E quais sapatos?

Se você vai fazer uma viagem de carro, há poucas restrições quanto a quais produtos levar. Você pode levar praticamente a casa inteira. Basta caber dentro do carro.

Agora se você vai viajar de avião, existem algumas regras de quais produtos são permitidos levar e as diferenças entre os produtos permitidos em viagens nacionais e viagens internacionais.

Bagagem de mão

1. Escolha uma mala de mão que tenha um espaço interno bom, que tenha as medidas padrões para colocar no compartimento interno do avião (40 x 55 x 20 cm) e que principalmente seja LEVE.  Não se iluda comprando malas de mão que não são rígidas para poder “inflar”a mala com roupas, porque você corre o risco de não conseguir colocá-la no compartimento interno do avião. Sem contar que as malas rígidas protegem muito mais as roupas.

Blog_Depyl_mala_de_viagem

 

2.  Ao preparar a sua mala para a viagem de avião, é importante que a sua bagagem cumpra determinadas condições definidas individualmente por cada companhia aérea, tais como limite de volume e peso, e não contenha na mala objetos proibidos no transporte aéreo.  Antes do voo, leia o regulamento da companhia aérea com a qual está viajando. Cada transportadora possui um regulamento interno relativo ao peso e volume de bagagem de mão e registrada.

3. Nunca carregue na bagagem de mão (dentro da cabine) itens proibidos para transporte a bordo do avião. Existe uma lista de itens que não podem ser transportados na bagagem de mão, mas que podem ser acondicionados na bagagem despachada. verifique a lista completa de itens que não são permitidos para transporte aéreo.

– 55 x 40 x 20 cm é o limite das dimensões permitidas pela maioria das linhas aéreas.

– 10 kg é o limite de peso permitido pela maioria das companhias de baixo custo e companhias aéreas regulares.

– 1 peça por pessoa é, geralmente, a quantidade permitida de bagagem de mão.

Na maioria das companhias aéreas de baixo custo, nos casos de viagens de pessoas com bebês, não se permite o transporte de bagagem de mão adicional. Nas companhias aéreas regulares, algumas transportadoras aumentam o limite de quantidade e peso da bagagem de mão na classe executiva e na primeira classe.

4. líquidos (cosméticos, bebidas), na bagagem de mão podem ser transportados em recipientes de plástico com o volume máximo de 100 ml. Todos os recipientes devem caber num saco de plástico transparente com capacidade de 1 litro. Dos limites descritos, se aplicam duas exceções: transporte de alimentos lácteos para bebês e medicamentos necessários durante o voo.

– algumas companhias multam seus passageiros por ultrapassarem os limites de dimensões da bagagem de mão ou peso. Por isso, é preciso seguir exatamente as determinações.

– se a sua bagagem de mão ultrapassar o limite de dimensões ou de peso permitido, pode ser despachada como bagagem registrada dentro dos limites concedidos.

 

Bagagem despachada

mala (1)

5. A bagagem de porão (registrada, despachada) é transportada no compartimento de carga da aeronave, sendo entregue à companhia aérea no balcão de check-in ou no ponto especial de entrega de bagagem (o chamado “baggage drop-off point”). Cada companhia aérea determina individualmente o limite de peso e de número de bagagem registrada.

6.  Um problema que muita gente comete principalmente nós mulheres, é de colocar roupas na mala porque acha que pode vir a usar. Coisas que nem sequer usa onde mora, mas quem sabe durante a viagem não usaria??? Pois é, a minha técnica para não fazer isso é, fazer a mala 1 semana antes da viagem e REFAZER uns 3 dias antes do embarque. Você vai ver quanta roupa você vai tirar e coisas que estaria levando desnecessárias.

7. Pesquise o lugar que você vai viajar

Antes de fazer uma viagem, é preciso ter informações importantes sobre o destino. Elas irão ajudar bastante na hora de arrumar as malas. Deve-se conhecer com detalhes a cidade que irá ser visitada: seus pontos turísticos, atrações regionais, vida noturna, bons restaurantes, shoppings e tudo mais.

8. Fundamental também é saber como estará tempo na região no período da viagem: seco ou chuvoso, quente ou frio. Com base em todas estas informações, é possível saber qual o tipo de roupa deverá ser colocada nas malas: mais formais ou não, leves ou pesadas, calçados abertos ou fechados e assim por diante.

  • O clima ( isso é muito importante para não passar frio principalmente 🙂
  • Se o local é muito religioso (roupas mais comportadas)
  • Países mais pobres ( o ideal seria levar coisas simples, porque se arrumar muito e sair na rua por lá iria até fazer você se sentir mal..

9. ESCOLHA ROUPAS BÁSICAS
“Procure separar peças que combinem entre si e evite roupas que chamem muita atenção”. Roupas com muitos detalhes diminuem a variedade de combinações. Lembre-se que, por exemplo, dois biquínis com cores básicas podem formar quatro conjuntos diferentes. “Pense quantos dias será a viagem e calcule uma peça para cada dia em média”. Uma ou duas peças a mais evitam possíveis imprevistos.

10.  Use o mais pesado: sabe aquele calçado pesado que é indispensável na viagem, mas ocupa muito espaço na mala? Que tal usar ele durante o percurso? Se ele não for confortável para a viagem, é só deixá-lo no hotel durante os passeios. Casacos também tendem tomar muito espaço, mesmo se não estiver muito frio, leve-o na mão 🙂

Lembre-se!

Não é aconselhado carregar na bagagem despachada objetos valiosos, tais como: computador, máquina fotográfica, títulos financeiros, dinheiro, pedras e metais preciosos, chave, joias, documentos públicos e comerciais. Leve estes objetos sempre na bagagem de mão.

Imagem_mala

Mirelle Tome

Author Mirelle Tome

More posts by Mirelle Tome

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: