Tag

turista

Dicas de 3 dias em Barcelona – 10 lugares imperdíveis para visitar!

By | Tópicos recentes | 3 Comments

Barcelona é a capital da Catalunha, e é o destino ideal para aqueles que procuram, arquitetura, boa comida, sol, areia e festas. Barcelona é também a sede de um dos mais importantes clubes de futebol do mundo, o Barcelona FC. Para entrar no espírito da cidade, mergulhe nas obras de Gaudí espalhadas pela cidade. O bom de tudo isso é que quase tudo da para ser feito ao ar livre.

 

img_3227 img_3180 img_3226

 

Fomos Londres- Girona Costa Brava que fica 100km de Barcelona, saindo do aeroporto fica a estação de ônibus, e compramos o bilhete no local mesmo ( €16,oo pp).

O único transporte direto entre o aeroporto de Girona e Barcelona é o ônibus.

O tempo de viagem é de 1:15h até a estação de ônibus Barcelona Nord – Veja aqui os horários dos ônibus.

A estação de metro mais próxima, é a estação Arc de Triomf, saindo da estação, vire à esquerda para entrar na rua Napols e atravesse a rua para entrar na estação do metro.

Nós ficamos hospedados no Hostal ”La Terrassa” que fica no coração da cidade (perto do bairro gótico, do lado de Las Ramplas) a estação de metro mais próxima é “Liceu”.

Posso considerar que 3 dias em Barcelona não é o suficiente para conhecer toda a cidade, mas com esse roteiro lhe dará uma perspectiva melhor sobre a cidade.

1 dia – Fizemos o Bairro Gótico, Las Ramplas, La boqueria, Montjuic  e assistimos um jogo do Barcelona no Camp Nou.

2 dia – Fizemos um passeio pelas obras de Guadí, visitamos Casa Batlló, Casa Milá, Parque Guell, La Sagrada Família e assistimos o show da fonte Mágica.

3 dia – Tuor pelo estádio do camp Nou, passeio pela orla marítima, praia e parque Ciutadella.

A noite fomos para Madri, pegamos o trem às 21:15 da estação Sants e chegamos em Madri Meia noite na Estação Atocha, veja todos os detalhes nesse post ” Melhor maneira de viajar entre Barcelona e Madri“.

 

 

Separei alguns dos meus lugares favoritos para conhecer em Barcelona:

 

  • Park Güell

 

img_3251-2 img_3244-2 img_3252-2 img_3279-2 img_3299-2 img_3302-2 img_3307-2 img_3316-2 img_3309-2 img_3341-2 img_3322-2 img_3346-2 img_3365-2 img_3348-2 img_3372-2 img_3235-2 img_3241-2 img_3329-2

O Parque Güell foi projeto de Antonio Gaudí em 1900, que chama muita atenção pela estrutura geométrica diferenciada, com formatos e cores que fazem uma harmonia perfeita! Passear pelos jardins é admirar um belíssimo conjunto arquitetônico! Um dos destaques do parque é o famoso banco ondulante em mosaico e a famosa salamandra na entrada do parque que é símbolo da alquimia. Reserve pelo menos 2 horas para passear pelas esculturas e mosaicos coloridos ao longo do parque. Parque Güell tem 2 áreas diferentes: o Monumental Zone, que exige a compra de um bilhete (€ 7 para adultos), e a Área de Livre Acesso, que está aberto a todos os visitantes, sem qualquer custo.Você pode tomar o transporte público na maior parte do caminho para o parque; em seguida, será cerca de 15 minutos a pé até uma das muitas entradas do parque. Apanhe a linha 3 do metrô e desça em Vallcarca ou Lesseps. Para o ônibus, você pode sair nas seguintes paragens: Travessera de Dalt (Linhas H6 e 32), Plaça Catalunya (Linha 24), ou Passeig Marítim (Linha 92).

Para escapar da multidão de turistas, vá cedinho ao Parc Guell.

 

  • Casa Batlló

 

img_0543 img_0548 img_0574-1 img_0581 img_3017img_3036img_3050img_3058img_3094

Essa é umas das minhas obras favoritas de Gaudí! O telhado da Casa Batlló se assemelha a parte de trás de um dragão. Seus  exteriores exibem mosaicos coloridos feitos de cerâmicas quebradas, enquanto adornos semelhantes a ossos cercam suas janelas. Por razões óbvias, é comumente chamado The House of Bones. Para chegar lá através do metro, saia em Passeig de Gràcia na linha 2, 3 ou 4 ou de ônibus, números H10, V15, 7, 22 ou 24.

Preço: 22,50€

 

  • Casa Milá ( La Pedrera)

 

img_0593 img_0606 img_3107 img_3153 img_3167 img_3179

Fica apenas a poucos quarteirões da Casa Batlló, a Casa Milá, também conhecida como La Pedrera.

Gaudí, que recebeu um orçamento ilimitado para a obra, ficou empolgado. O resultado do seu trabalho foi uma grande escultura abstrata, onde triunfam as linhas curvas e formas orgânicas.

Após a inauguração, a obra foi motivo de chacota generalizada. Sua modernidade não foi compreendida e o próprio apelido de La Pedrera, dado à casa logo depois de inaugurada, revelou o desprezo pela mesma.

 

Foi construído no início dos anos 1900, era um projeto muito à frente de sua época e só com o passar do tempo foi reconhecido seu autêntico valor, mas, em 1984 foi listado como um Património Mundial da UNESCO, pela sua singularidade, valor artístico e património .

A fachada da Casa Milá está coberta com pedra calcária, com 33 balcões decorados em ferro forjado com formas que se assemelham a algas marinhas e o terraço é um autêntico jardim de esculturas.

 

preço: 22,50€

 

  • A Sagrada Família

 

img_0675 img_3379-2 img_3389-2 img_3399-2 img_3402-2 img_3410-2

A construção desta igreja começou no final do século 19, interrompida em 1926, quando Gaudi morreu, e  hoje é chamada de ” a obra inacabada de Gaudí). Dizem que poderia levar mais um quarto de século para ser concluído. Nós não entramos na igreja, a fila estava enorme e os ingressos esgotados, mas ficamos simplesmente maravilhados com a sua singularidade e detalhe do exterior. Os preços dos ingressos começam em 15 € com visita livre. A dica é: compre os ingressos antecipados se você não quiser ficar horas na fila ou talvez nem entrar, de maio a Setembro a cidade fica ainda mais cheia de turistas e as filas assustadoras.

 

  • Montjuic e a fonte Mágica

 

img_3470-2  img_0514 img_0721 img_0730 img_0768 img_0769 img_0775 img_3478-2 img_0740 img_3479-2

Um dos lugares que não pode ficar fora do roteiro em Barcelona é o Parc de Montjuic. Ele fica em uma montanha no meio da cidade e seu nome significa montanha dos judeus, em catalão. A região é consideravelmente grande e está repleta de atrações, para chegar lá basta pegar o metro e descer na estação Espanya (L1 vermelha, L3 verde ou L8 rosa) e subir pela Av. Reina Maria Cristina, e seguir em direção do MNAC (Museu Nacional de Arte da Catalunha), uma grande galeria cheia de peças de arte, entre pinturas, esculturas, etc. O valor de entrada é de 12 euros. Se você não quiser entrar no museu, por menos aprecie a arquitetura. A construção é enorme, não tem como não reparar.

Em frente ao MNAC está a Av. Reina Maria Cristina, com duas construções que chamam atenção. Uma delas são quatro colunas em estilo grego que representam uma bandeira da Catalunha, a outra são duas torres cópias do campanário da Praça de São Marcos, em Veneza.

img_0508 img_2943

Para fechar o dia, assistir ao show da Fonte mágica, um show de luzes, água e música. Para a Exposição Internacional de 1929, uma grande fonte foi construída na avenida que, partindo da Plaça Espanya, sobe até o Palau Nacional. O termo Font mágica (fonte mágica) descreve o espetáculo de música e luz, coordenados com o movimento dos jatos de água, que tem lugar nessa fonte no final do dia, depois que o sol já se escondeu.A Font mágica é uma das atrações turísticas mais populares de Barcelona, atraindo muitas pessoas de diferentes idades para o espetáculo. Os movimentos dos jatos de água, que tem mais de 50 variações, vão se alternando de acordo com a música e as mudanças de cores, criando um show verdadeiramente mágico que encanta a todos que o presenciam. Preste atenção aos horários, pois eles variam conforme a época do ano.


  • de novembro a março o espetáculo acontece às sextas e sábados, entre as 19:00h e 20:30h. A fonte costuma fechar para manutenção em janeiro e fevereiro.
  • de abril a maio o espetáculo acontece às sextas e sábados, entre as 21:00h e 22:30h.
  • de junho a agosto o espetáculo acontece às quintas, sextas, sábados e domingos, entre as 21:30h e 23:00h.
  • de setembro a outubro o espetáculo acontece às sextas e sábados, entre as 21:00h e 22:30h.

A sequência de música, luz e movimentos de água se repete várias vezes, durante o período de funcionamento da Font mágica. Não é necessário chegar logo no começo do espetáculo, como também não é necessário ficar até o final do show.

 

  • Bairro Gótico (Gothic Quarter) e a  Cathedral de Barcelona

 

img_3638-2 img_3653-2 img_3658-2 img_3668-2

img_3630-2 img_3621-2

 

O Bairro Gótico é o centro da antiga cidade de Barcelona que se estende de Las Ramblas para Via Laietana. É uma área fascinante para passear e admirar sua arquitetura, como muitos dos edifícios remontam aos tempos medievais. Não perca uma visita a linda catedral de Barcelona do século 14, localizado no Bairro Gótico, nomeada oficialmente Catedral de Santa Cruz e Santa Eulália, mas mais comumente conhecida como a Catedral de Barcelona, esta igreja tem um monte de história! 

 

  • Parc del Ciutadella e Arco do Triunfo

 

img_3732-2 img_3765-2 img_3771-2 img_3780-2 img_3784-2 img_3786-2

Há literalmente um parque em Barcelona para cada tipo de gosto e ocasião, cada um possuindo uma personalidade única e oferecendo uma experiência distinta. No entanto, quando você está procurando um lugar para relaxar ou simplesmente para passear ou admirar mais uma das obras de Gaudí.

Em 1712, Barcelona caiu nas mãos do exército do rei Philips V durante a guerra da sucessão espanhola. O rei Bourbon construiu a maior fortaleza da Europa, “Ciutadella”, para manter o controle sobre Barcelona. O bairro de Ribera foi quase todo demolido e 30 anos mais tarde, o bairro foi reconstruído como “Barceloneta”.

Entre 1869 e 1878, o símbolo do governo central foi demolido quando a cidadela foi entregue à cidade, e infelizmente, apenas três edifícios sobreviveram a guerra: o palácio do governador, a capela e o arsenal. A partir de 1872, começou a transformar a área em um parque urbano central e muitos edifícios foram construídos, por exemplo “Castel dels Tres Dragons”(castelo dos três dragões) foi construído para ser o restaurante da Exposição Universal. É obra do arquiteto modernista Lluís Domènech i Montaner.

O lugar perfeito para a paz e relaxamento e desfrutar da bela natureza. Também é possível tomar um barco e fazer um passeio pelo lago. O parque também conta com um arco de triunfo, uma cachoeira, uma fonte, uma réplica em tamanho natural de um Mamute, várias espécies de plantas, e vários outros monumentos.

Parte de seus encantos reside em sua cascata ornamental e lago artificial, um dos lugares mais bonitos do parque é o pequeno lago e sua fonte monumental, nesse monumento trabalharam os melhores escultores da época, por Josep Fontsère e seu aluno Antoni Gaudí, com base na Fonte de Trevi em Roma.

 

 

  • Barceloneta (praia)

 

img_3802-2 img_3817-2 img_3824-2 img_0917 img_0918 img_3788-2

Pegue uma praia, ou pelo menos dê uma volta à beira-mar, saindo da estátua do Colón (no final das Ramblas). Passeie pelo Port Vell, coma umas tapitas em um dos botecos da Barceloneta.

Essa região era originalmente um lugar de pescadores, uma região mais simples e até um pouco deteriorada no passado, mas foi revigorada durante as Olimpíadas de 1992.

Hoje é uma área bonita, com praia de areias finas e brancas contrastando com azul intenso do mar Mediterrâneo. Afastando-se da praia, as ruas são estreitas, os prédios tem aparência mais velha,mas, apesar de feia, não é uma região perigosa. Como fomos na segunda semana de setembro a praia estava completamente vazia, mas as praias são cheias no verão.

 

  • Las Ramplas, La Boqueria e Plaça Reial

 

 img_3689-2 img_3869-2 img_2985 img_3694-2  img_3700-2 img_3701-2 img_0889 img_3849-2 img_3867-2 img_3857-2

img_3858-2

Las Ramblas está no coração da cidade! Você simplesmente não pode visitar Barcelona sem fazer uma visita pela rua mais popular e movimentada da cidade. Ir às compras, desfrutar de uma refeição (Paella, tapas ,beber um copo de sangria ou dois), e ver as pessoas passarem. Haaa, e geralmente tem artistas de rua para alegrar ainda mais o passeio.

La Boqueria

Um mercado de frutas, legumes, verduras, peixes, e bastante variedade de comidas, com uma entrada fora de Las Ramblas é um ótimo lugar para comer um lanche ou uma refeição, ou se você for lá cheio ou quebrado, é um ótimo lugar para tirar fotos!

 

  • Camp Nou ( Estádio de futebol)

 

img_3543-2 img_3563-2 img_2848 img_2849 img_2855 img_2879 img_2904

Existem muitos F.C. Barcelona fãs de todo o mundo que visitam Barcelona só para assistir um jogo ou mesmo, apenas para uma visita a Camp Nou e seu museu. As estações mais próximas são: Palau Reial ou estação Les Corts. Se você gostaria de assistir um jogo do F.C. Barcelona, a melhor coisa a fazer é checar a programação dos jogos com antecedência, e planejar a sua visita a Barcelona em torno da data dos jogos assim como nós fizemos, chegamos as datas dos jogos e depois compramos as passagens.

 

Assista o nosso vídeo e apaixone ainda mais por Barcelona!

 

Melhor maneira de se locomover pela cidade

A melhor maneira de conhecer a cidade é por transporte público e nós usamos o ônibus e metro!

Para usar o metro, basta comprar o bilhete em alguma das maquininhas ou nos guichês das estações. Depois, coloque o bilhete na catraca, confira no mapa a direção do trem que você precisa pegar e siga para a plataforma correspondente. O bilhete de metro também vale para ônibus.

Qual passe comprar?

O passe de uma viagem custa 2,15 euros, o passe T-10 custa 9,90 euros e pode ser usado por mais de uma pessoa, enquanto que os passes de mais de um dia Hola BCN custam:


Passe de 2 dias Hola BCN = 14 euros
Passe de 3 dias Hola BCN = 20,50 euros
Passe de 4 dias Hola BCN = 26,50 euros
Passe de 5 dias Hola BCN = 32 euros

A rede do metro de Barcelona chega a todos os lugares de interesse turístico da cidade. Apesar da grande quantidade de linhas interligadas, é um metro fácil de entender, além de contar com ótima sinalização.

Barcelona é uma cidade fascinante, comida deliciosa, arquitetura única e uma vibração eclética!

 

Outros lugares que não visitei, mas recomendo para quem poder ir: 

  • Montanha do Tibidabo
  • Mosteiro de Montserrat

Portofino um charme italiano na costa da Ligúria – Itália

By | Tópicos recentes | 4 Comments

Eu poderia descrever Portofino com apenas esta frase:

Portofino é simplesmente encantador!!!! ( Dizem que é um dos lugares mais fotografados do mundo!)

IMG_7829_Fotor

Portofino é um belo local relaxante e cheio de magia.

Portofino é uma linda vila ao longo da Riviera da Ligúria, considerada por muitos uma das oito maravilhas do mundo. É uma cidade pequena com mais ou menos 500 moradores no meio de uma pequena baía que se tornou famosa no mundo todo. Portofino, é uma vila de pescadores, com casas coloridas e  cenários paradisíacos de frente para um porto com água verde cristalina, que tornou-se muito famoso pela sua “Dolce Vita”; na verdade, muitos atores, atrizes, estrelas pop e nobres ricos começaram a frequentá-la para admirar seu lindo pôr- do- sol, as vistas deslumbrantes e festas exclusivas.

IMG_7886_Fotor

IMG_7888_Fotor

IMG_7926_Fotor

IMG_7911_Fotor

IMG_7902_Fotor

IMG_7899_Fotor

IMG_7887_Fotor

Portofino é minúsculo e é possível ver tudo por lá em uma manhã ou uma tarde curta. Você pode chegar de ônibus (de Santa Margherita, Rapallo ou Camogli), de barco ou de carro. Eu sugiro que você chegue a Portofino usando a estrada panorâmica estreita ao longo da costa de Santa Margherita Ligure, para apreciar a vista da baía! E já vou avisando: a estrada é estreita e cheia de curvas. Logo na entrada da cidade a gente dá de cara com um estacionamento (Autoparcheggio di Portofino) subterrâneo. Fácil e prático, mas um pouquinho caro (6€ por hora). Para os amantes de trekking, há a possibilidade de chegar Portofino atravessando a montanha através de uma trilha a partir de Camogli / San Fruttuoso e que irá levá-lo até a vila.

IMG_7778_Fotor

IMG_7781_Fotor

IMG_7860_Fotor

IMG_7812

Graças a um clima tipicamente mediterrânico e a beleza das suas paisagens, Portofino tem sido um destino turístico de excelência ao longo de décadas. Os turistas têm a possibilidade de escolher entre diferentes categorias de hotéis para ficar, e lojas de todos os tipos para fazer compras.

Assista o vídeo ➡️

A via Roma, te levará à famosa Piazzetta, um pequeno quadrado sempre cheio de pessoas, basicamente onde chegam os turistas, ao redor da praça há lojas, boutiques e restaurantes.
No topo de uma rocha, há a Chiesa di San Giorgio, reconstruído depois da última guerra. O original foi construído em 1154. Dentro, você vai encontrar relíquias de St. George, trazidos pelos marinheiros da época. A abadia de Saint George pode ser alcançado por footpath da Piazzetta. Eu recomendo que você continue o caminho para a Castello Brown, a partir daqui a vista é de tirar o fôlego! O castelo é cercado por um jardim mediterrânico cheio de flores, rosas e pérgulas. A fortaleza foi construída durante o período medieval como uma estrutura militar. Fortalecido por Napoleão, que, em seguida, tornou-se a residência do cônsul Inglês, Montague Yeats Brown. Hoje, o castelo é propriedade do Município de Portofino e é usado para exposições.

800px-Chiesa_San_Giorgio-Portofino

IMG_7865_Fotor

IMG_7828_Fotor

IMG_7885_Fotor

IMG_7912_Fotor

IMG_7875

Se visitar Portofino durante o verão, você pode tomar sol na praia de Paraggi, uma pequena baía cercada por montanhas. A praia de Paraggi também é um ótimo lugar para os amantes do mergulho, o fundo do mar é rico em corais e os destroços se um cargueiro 1917 podem ser exploradas, uma”jóia” com água cristalina e também visitar a fortaleza “Castello Bonomi”. Uma vez em Portofino você também pode tirar proveito de um passeio de barco pela costa e descobrir outras cidades por perto.  

portofino_cnt_24nov09_iStock_

paraggi-beach

hotel-argentina-paraggi-portofino-6.aspx

AEROPORTO PRÓXIMO DE PORTOFINO >>> O aeroporto mais próximo é Gênova,  45 km de Portofino.

O melhor período para visitar Portofino é de abril a Setembro. Na época alta (Julho e Agosto), Portofino pode ficar muito lotado e pode ser difícil encontrar um espaço de estacionamento.

Se tiverem tempo, sugiro visitar Cique Terre, que fica à 1h de Moterosso Al Mare ( a primeira vila para quem vai de Portofino). Todas a dicas neste post >>> Um giro por Cinque Terre 

 

Assista também o nosso vídeo >>>

Um giro por Cinque Terre – Ligúria – Itália

By | Tópicos recentes | 8 Comments

Quando eu vi as fotos da região de Ligúria, não tive dúvidas, que era lá, que eu iria nas minhas próximas férias, e para todos que eu comentava que estava indo pra lá, diziam apenas uma coisa ” você vai adorar, é muito lindo”! E com certeza é mesmo, adorei!!!

A Ligúria é uma das vinte regiões Italianas, situada no noroeste da península do Mar da Ligúria, o seu terreno é predominantemente montanhoso, e está bem junto à costa, suas colinas criam falésias que proporcionam vistas magníficas sobre o mar. A Ligúria encontra- se dividida em quatro províncias : Génova, La Spezia, Savona e Imperia. A maior cidade no leste da Ligúria é La Spezia e é nesta província que encontramos as cinco cidades marítimas conhecidas como Cinque Terre.

Assista o nosso vídeo ➡️

Cada cidade em Cinque Terre tem a sua própria personalidade, cada uma com um charme e belezas únicas. Cinque Terre contém um trecho de 18 km de costa recortada ao norte de La Spezia, na Riviera italiana. O nome traduz em “cinco terras”, que remete para as aldeias de pescadores um cartão-postal que se agarram às falésias e estão ligados entre si por uma linha ferroviária e uma rede de trilhas para caminhadas.

Cinque Terre é o nome de um distrito que abrange cinco cidades gloriosas, onde as casas coloridas são cercados por uma natureza exuberante. A Beleza fascinante destes cinco vilarejos vem atraindo turistas do mundo todo, estas cinco maravilhas são ligadas por uma curta distância umas das outras, elas são Monterosso al Mare, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore. O ponto de partida para acessar as cidades podem ser La Spezia e Portovenero.

cinque-terre-map

O enquadramento paisagístico destas cidades constitui um dos mais belos cenários da Itália, contendo preciosas obras de arte, desde espécies de plantas a tradições culturais, rurais e marítimas que, pela sua natureza especial, foram declaradas Patrimônio Mundial pela Unesco em 1997.

Nosso giro por Cique Terre teve início em Riomaggiore, onde durmimos por 2 noites, confesso que quando chegamos lá, ja fiquei cansada so de olhar as subidas e descidas pelas ruas, ( é proibido circular de carro pela cidade) prepare as pernas, são centenas de degraus, corredores estreitos, mas com uma beleza incomparável.

Visitamos todas as vilas em um só dia!!!

Riomaggiore

IMG_8012 IMG_8011 IMG_7990 IMG_7982 IMG_7970 IMG_7975 IMG_7973  12966013_10209235335665791_1254879715_n IMG_7974   IMG_8014IMG_8028

 

Riomaggiore é uma das aldeias mais coloridas e belas de toda a Itália. Suas casas brilhantes oscilam sobre o lado de uma colina com vista para as águas azuis-esverdeadas do Golfo de Genova. A rua principal se chama Via Colombo e é repleta de restaurantes, mercados de frutas, gelaterias e cafés em direção ao mar. Riomaggiore é a cidade mais próxima de La Spezia, e a cidade em seguida é Manarola que fica aproximadamente 1km de distância, vimos vários turistas fazendo trilhas que liga uma vila na outra, entre Riomaggiore e Manarola existe uma ampla passarela conhecida como a Via dell’Amore (Caminho do Amor). Há bancos ao longo da Via dell’Amore onde se pode sentar e apreciar a vista, este não é o caso nas trilhas que ligam as outras aldeias.

 

Manarola

IMG_8044

IMG_8053

IMG_8054

IMG_8056

IMG_8059

IMG_8081

IMG_8082

IMG_8084

IMG_8087

 12921030_10209235335585789_1311224630_n

Manarola é cidade a segunda vila depois de Riomaggiore, que também é uma graça, e mais uma vez prepare as perninhas para descer a ladeira até o mar, e para obter vistas panorâmicas da vila, vá até o caminho que serpenteia ao longo do lado direito do penhasco.

 

Corniglia

IMG_8097 IMG_8103 IMG_8105 IMG_8110 IMG_8121 IMG_8127 IMG_8098 IMG_8115 IMG_7962

Corniglia é a cidade do meio e está situado no topo de uma colina e é a única vila sem acesso direto ao mar, e não é tão fácil chegar a como nas outras, da estação de trem até a cidade é necessário  tomar um ônibus para chegar até lá ou se estiver bastante animado e com muita energia pode ir a pé e subir 360 degraus de escadas até a vila! (Eu recomendo pegar o ônibus :), para quem vai de trem já esta incluso o ticket do ônibus. A rua principal – Via Fieschi – você encontra restaurantes e pequenas lojas que vendem cerâmica e pinturas. No final dela, você vai chegar a Santa Maria Belvedere, um mirante com uma vista fantástica que permitirá que você ver Monterosso e Riomaggiore.

Vernazza

IMG_8137 IMG_8186 IMG_6659 IMG_8194  IMG_8203 IMG_6599 IMG_6619 IMG_6631 IMG_6636 IMG_8188

 

Vernazza é minha cidade favorita.

Para começar, a estação ferroviária está no centro da cidade que torna a vida muito mais fácil. Siga a rua principal da estação até a Piazza Marconi, a praça principal do vilarejo onde está localizado os principais restaurantes. A principal coisa que eu amei sobre esta cidade embora a área do porto foi absolutamente belo, foi a vista panorâmica, que é de tirar o fôlego, mas para tê-la, tem que subir umas escadarias, que não são para gente mole não,(rsrs), mas vale a pena. Siga as indicações para o caminho de Monterosso e logo terá uma das vistas mais deslumbrante de Cinque Terre. “O cartão postal de Cinque Terre”.

 

Monterosso al Mare

 

IMG_8206 IMG_8210 IMG_8214 IMG_8222  IMG_8230IMG_8209

Monterosso al Mare é a última cidade para quem vai de La Spezia ou a primeira  se você estiver indo para Cinque Terre do norte. Monterosso é a maior e mais comercial das cinco vilas e também tem o maior número de hotéis. Monterosso é dividido em 2 partes, ligados por um túnel. O trajeto de caminhada emerge na parte antiga da cidade, enquanto a estação ferroviária está na parte nova. Depois de um dia inteiro de caminhadas, aqui é o lugar perfeito para um merecido descanso na praia, antes de entrar no trem de volta para La Spezia.

 

As trilhas que ligam as vilas de Cinque Terre são justamente famosa. Na verdade, nosso livro de guia diz que é basicamente uma vergonha ir para Cinque Terre e não fazer uma das trilhas, imagino que deve ser mesmo muito lindo as paisagens pela trilha, mas, devo confessar que não fomos capazes de fazer isso. A caminhada dentro das cidades foi suficiente para um bom exercício para as pernas.

 

Comidas, vinhos, gelatos e mais comidas

Prepare para voltar com uns 3kg a mais :). A comida italiana é fabulosa e em Cinque Terre não á exceção. Nós comemos excelentes pratos com frutos do mar, além de delicioso é barato ( os preços variam de 12€ á 25€ em restaurantes muito bons e recomendados. O vinho então, sem comentários, afinal estamos na terra do vinho, aproveite seu tempo pela região e deguste dos autênticos vinhos da região, ( uma garrafa pode custar até 15 euros no restaurante, de graçaaa, praticamente.

Oh gelato, como eu te amo! 

Impossivel ir até Cinque Terre e não experimentar os famosos gelatos, existem gelatarias espalhadas por todas as cidades, uma mais aperitiva que a outra, eu posso dizer que é parada obrigatória.

IMG_6593 IMG_6650 IMG_6697 IMG_8208

A melhor maneira para se locomover entre as cinco cidades

A melhor maneira de explorar Cinque Terre é a pé! Durante a caminhada ao longo das trilhas da montanha você terá lindas vistas. O caminho principal vai ao longo da costa e conecta todas as cinco aldeias em cerca de cinco horas de caminhada. Porém, o acesso mais fácil e rápido é por trem, através da linha ferroviária Gênova-La Spezia. “O ticket do dia custa 12€”, e para quem curte uma aventura, é possível fazer trilhas de bike também. Carros são proibidos de percorrer em Cinque Terre, para quem chega até uma das vilas de carro, como foi o nosso caso, tem que deixar o carro no estacionamento já na entrada da cidade que é pago, 25€ por 24h (somente os residentes podem estacionar nas ruas).

Faça um passeio de barco

Na primavera e no verão há ligações diárias de barco de La Spezia, Portovenere, Portofino e Lerici, com última parada em Monterosso (geralmente a partir de 01 de abril até a primeira semana de novembro).
A gama de preços é de acordo com o caminho que você escolher.

Info: www.navigazionegolfodeipoeti.it

 

Melhor época para visitar Cinque Terre

A melhor época para visitar Cinque Terre dependerá de sua preferência. A maioria dos viajantes, obviamente preferem visitar no verão para aproveitar o calor para nadar e relaxar na praia. Recomendo visitar tanto no final da primavera ou início do outono para evitar as multidões. Visitamos no final de março( no período da páscoa)  não estava quente o suficiente para nadar, mas o tempo estava super agradável para caminhar. Existem  possibilidades de chuva em Abril, Maio e Setembro, mas são os melhores meses para visitar Cinque Terre, com menos fluxo de turistas.

 

Alojamento:

Booking.com oferece economias em hotéis, apartamentos e vilas em 80.000 destinos no mundo inteiro. Você pode navegar nos comentários sobre o hotel e encontrar o melhor preço em hotéis para todos os orçamentos.

Para reservar acesse www.booking.com

Assista também o nosso vídeo

Ruins of Whitby Abbey Monastery. North Yorkshire, England

10 cidades mais bonitas da Inglaterra para visitar na páscoa

By | Tópicos recentes | No Comments

A  Inglaterra é o  maior país da Grã-Bretanha, e chama a atenção dos turistas do mundo todo pela sua  diversidade. São quase 900 quilômetros de uma linda costa contrastando com onduladas montanhas em seu interior, vilarejos medievais e cidades vibrantes e acolhedoras.

Vocês também podem gostar de Bibury uma das vilas mais charmosas da Inglaterra 

10 interessantes para visitar no Reino Unido

Seja qual for sua paixão, a Inglaterra tem de tudo para oferecer. Cada região do país carrega suas próprias características sem perder a personalidade acolhedora e vibrante. As místicas pedras pré-históricas de Stonehenge, os cenários deslumbrantes dos campos e vilas de Cotswolds, os magníficos parques nacionais combinados com as cidades medievais como York e Durham, a agitada Manchester, mundialmente famosa por ser o berço do futebol e é claro a famosa Liverpool, terra dos Beatles. O condado da Cornualha é uma das regiões visualmente mais bonitas de toda a ilha, o vilarejo medieval preservado com muitas áreas verdes, mar azul cintilante, encosta de rochas e charmosas vilas de pescadores que recebem com muito bom humor os viajantes que se encantam com tanta beleza. Explorar a Inglaterra pode ser uma aventura maravilhosa para toda família. É muito prático alugar carro, o mesmo viajar de ônibus ou trem, o país possui uma das redes ferroviárias mais completas do mundo, logo, é a maneira mais fácil de viajar pelo país.

1.Cambridge

Cambridge é uma cidade encantadora localizada ao norte de Londres. É menor e mais bonita que Oxford, e é o lar de uma das melhores universidades do mundo, a Universidade de Cambridge, a cidade tem todas as opções culturais e de entretenimento que você pode esperar de uma cidade universitária. The King’s College Chapel  situado junto ao Rio Cam, é considerado um excelente exemplo da arquitetura gótica perpendicular e é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Recomendo um passeio de Punt( tipo Gondola) pelo rio Cam.

2.Bath

large
Bath está localizada a apenas 160 km de Londres, é considerada a cidade mais bonita da Inglaterra e dos lugares mais visitados nos arredores da capital Londrina. A cidade tem um passado riquíssimo e foi palco de acontecimentos importantes na história da Inglaterra, além de ser Patrimônio Mundial da UNESCO em função de suas águas termais. A charmosa cidade fica apenas 1 hora e 20 minutos de Londres. Em estilo medieval, Bath é ideal para relaxar e desfrutar de SPA e tratamentos com águas térmicas. Para chegar basta sair de Londres da estação de Paddington e desembarcar na estação de Bath SPA, localizada no centro da cidade.

3.Oxford


Cidade universitária mais antiga do Reino Unido, Oxford detém, juntamente com a “rival” Cambridge, a estampa de excelência e pedigree acadêmicos tão apreciados pelos britânicos.
Edifícios históricos como o Christ Church, a Biblioteca Bodleian e o Museu Ashmolean são algumas das atrações locais. O melhor mesmo, no entanto, é pegar uma bicicleta e se perder pelas ruas estreitas da cidade, caminhar pelos antigos dormitórios universitários, passeie de barco no rio e visite o Museu Ashmolean, o primeiro especialmente construído da Inglaterra e inaugurado em 1683.

Distância de Londres: 100 quilômetros

4.Liverpool


Liverpool possui uma extensa área portuária, além de ser Patrimônio da Humanidade da UNESCO, mas é conhecida e procurada por ser a cidade dos Beatles, por isso, muitas pessoas vão até a cidade para visitar Beatles Story, uma espécie de museu que conta toda a trajetória da banda. A cidade fica a 346 quilômetros de Londres, de trem são 2 horas de viagem (se o trem for direto) ou de 2 horas e 30 minutos (se tiver conexão pelo caminho). Os trens partem de Londres da estação de Euston e chegam em Liverpool na estação de Lime Street.

5.Canterbury


Não muito distante de Londres fica esta cidade – pequena, é verdade, mas com 2 mil anos de história. Canterbury entrou para a lista de cidades patrimônio da Grã-Bretanha e teve sua catedral e abadía consideradas como patrimônios da humanidade pela UNESCO. Canterbury foi uma das primeiras sedes do cristianismo no Reino Unido, e em um período trágico de sua história, se tornou palco brutal de violência contra religiosos. O assassinato do arcebispo Thomas Becket, no ano de 1160, dentro da catedral, é um dos mais conhecidos e continua a atrair peregrinos de todos os cantos do mundo. Há muita história a ser descoberta durante sua visita à cidade, que também conta com uma boa estrutura turística, de lojinhas a restaurantes e cafés.

6.York

York é uma cidade murada, com um rico património localizado onde o rio Foss se encontra com o rio Ouse. Um número impressionante de atrações são embalados para o espaço desta cidade antiga. Um dos marcos da cidade é York Minster. Este comandando catedral de pedra é preenchido com obras de arte notável. York é uma das maiores zonas pedonais na Europa, o que significa se locomover sem transporte não é difícil.

7.Stratford-Upon-Avon

Stratford-Upon-Avon é a cidade onde Shakespeare nasceu e morou até o fim de sua vida. Por isso, quase todo o turismo da cidade gira em torno de Shakespeare, com tour nas casas que foram importantes em sua vida. A mais interessante é o local onde ele nasceu (Shakespeare’s Birthplace), e fica localizada bem no centro da cidade. O passeio pela casa é rápido, mas é interessante para entender o começo da vida dele.

 

8.Birmingham

Neil Horward-Birmingham

Conhecida como a primeira cidade do mundo a ter poder fabril durante a Revolução Industrial, Birmingham é hoje a segunda maior dentre as cidades da Inglaterra. Em termos musicais, este foi o berço de bandas como Led Zeppelin e Black Sabbath; a cidade é um excelente polo de compras e vida noturna; possui a maior biblioteca pública da Europa, um belíssimo Aquário (a partir de 12,50£) e, não menos importante, o condado… quer dizer, vilarejo de Sarehole, onde viveu J.R.R. Tolkien e serviu de inspiração para a Vila dos Hobbits.

9.Torquay

Cada canto da Inglaterra é uma bela paisagem adornada com um cenário natural espetacular e obras de arquitectura mais fino. Olhando para cada um desses destinos, encontrar a vila de Torquay, um local requintado nas costas da Inglaterra vai deixar você sem fôlego. Andando a costa do lado sul da Inglaterra, você encontrará a cativante e requintada cidade de Torquay, conhecido desde os tempos antigos como o Riviera Inglesa, localizado na bela região de Torbay, aconchego e charme são indescritíveis, o que faz Torquay um dos destinos turísticos mais procurados na Inglaterra; estar lá é como estar nas margens do Mediterrâneo.

10.Eastbourne

Eastbourne-beach-boat-665

Eastbourne é um dos mais importantes destinos de veraneio da Inglaterra. A cidade possui muitos dias de sol ao longo do ano e as chuvas são mais freqüentes no inverno. Possui várias praias e é cercada por colinas com uma beleza diferente das outras cidades inglesas. A cidade atrai vários turistas e estudantes principalmente pela sua segurança e variedade de atrações. O píer de Eastbourne foi construído no século XIX e até hoje é uma das principais atrações da cidade, com diversos bares, restaurantes, e hotéis.

Ilhas Scilly um verdadeiro paraíso no Reino Unido

By | Tópicos recentes | 2 Comments

Um dos lugares mais impressionantes do Reino Unido e a escolha perfeita para as suas próximas férias em família.
 A ilha está situada 45 km ao sudoeste de Lands End, Cornwall. Um arquipélago de 16 quilometros quadrados, composto por cinco ilhas habitadas, juntamente com mais de 100 ilhas desabitadas. Cerca de 2.000 habitantes têm a sorte de chamar as Ilhas Scilly de sua casa, St Mary é a maior das ilhas, as quatro menores são Tresco, Bryher, Martins e St Agnes.
As ilhas de Scilly é um lugar de contrastes, desde a beleza acidentada do Hell Bay em Bryher, expostos a toda a força do Oceano Atlântico, e as águas cristalinas, areia branca e tranquilidade de Pentle Bay em Tresco.
As ilhas fazem um refúgio perfeito para férias, um lugar onde você pode relaxar e estar em contato com a natureza. Como disse um amigo: “um dia de relaxamento nas Scillies vale por três dias em qualquer outro lugar”. As Scilly são famosas graças a corrente do Golfo( do México) com climas amenos e belas praias de areias brancas. As ilhas também são lares de uma grande colônia de focas e ponto de passagem para aves migratórias, chamando ainda mais a atenção dos turistas.
Se você está em busca de um pouco mais de tranquilidade, as ilhas tem tudo pra oferecer, além de um ambiente deslumbrante, mar claro e ar fresco, você também vai encontrar bons restaurantes e uma ampla gama de atividades, como: windsurf, caiaque, snorkeling e mergulho com focas, safaris, caminhadas, golfe e boliche.

1291936449_757376728e_b

As principais atrações das Ilhas Scilly, são: 

Cada ilha tem suas características particulares

St Mary’s – é a maior ilha, com uma população superior de 1.500 pessoas. É um lugar vibrante e atraente, oferecendo diversas atividades e belas praias. Existem várias opções de acomodação, que vão desde acampar ao luxuoso Star Castle Hotel, bem como muitas lojas e restaurantes. É aqui que você vai encontrar o único aeroporto Scillonian, e pode acreditar, o único ponto comercial também. Se você esta procurando diversão e ao mesmo tempo tranquilidade, então St Mary é uma opção perfeita para a sua estadia. Afinal de contas, as outras ilhas são apenas uma curta viagem de barco para passeios de um dia e é aqui que você vai encontrar a experiência mais completa e mais animada.

st-marys-harbour-773x367

Outras aldeias da ilha são: Old Town, Porthloo, Holy Vale, Maypole, Rocky Hill e Telegraph. A ilha de St. Mary’s é a única a ter uma estrada de 15km. O ciclismo é uma ótima opção para visitar a ilha que atinge o ponto mais alto pelo Telegraph Hill de 45 metros de altura.

Tresco – Tresco é a segunda maior ilha, medindo 1,15 milhas quadradas de tamanho. Os números da população em torno de 150-200 pessoas, por isso é suficientemente tranquila para desfrutar de uma experiência mais relax, enquanto certamente há muito o que fazer. Na verdade Tresco é perfeito para aventureiros históricos, com o seu próprio mosteiro medieval, uma abadia, uma igreja, um arco, um monumento e até mesmo um castelo. Com uma gama de facilidades e opções de hospedagem disponíveis.

Tresco-Beach1

St. Martin’s – com 2,37 km e cerca de 150 habitantes, é a ilha mais setentrional das ilhas habitadas e tem três pequenos assentamentos chamados Higher Town, Middle Town e Lower Town. A ilha tem muitas praias de areia branca.

enjoy-our-islands

St. Agnes – 1,48 km e cerca de 100 habitantes, é a maior ilha no sudoeste das ilhas habitadas. Tem uma faixa de areia que liga à ilha Gugh a ilha desabitada. A ilha tem algumas enseadas de areia e um farol do século XVIII.

ANDREW-ROWLAND-025

Bryher –  É a menor de todas as ilhas habitadas, com uma pequena população inferior a 100 habitantes. Portanto, oferece uma experiência de férias mais isolada, privada e tranquila. No entanto, a ilha também possui um centro comunitário, bar, restaurante, hotel, local de acampamento e casas de férias, juntamente com praias espetaculares, falésias, cavalos selvagens e paisagens atraentes. Um belo lugar para uma viagem de um dia ou para ficar, Bryher vale bem a pena uma visita.

111
Como chegar às ilhas Scilly

Ferries: Existem serviços regulares de ferry entre o porto de Penzance na costa inglesa e o arquipélago das ilhas Scilly. O tempo de travessia é de 2:40 h.

Voos: Ligações aéreas para o aeroporto de St Mary’s estão disponiveis a partir da Land’s End , Newquay, Exeter, Southampton e Bristol com conexões para outros aeroportos do Reino Unido. Existem também serviços de transferencia por helicopteros para a ilha de St. Mary’s e Tresco.

para se locomover entre as ilhas do arquipélago, existem ligações regulares por barcos.

8d3913c81476ab3f72b3b737ea0eaf57c149c8ca

Clima

Graças a suave corrente do Golfo( do México) o arquipélago desfruta de um clima agradável e temperado, as ilhas desfrutam do clima mais quente de todo o Reino Unido da Grã- Bretanha e Irlanda do Norte com temperaturas máxima de 19°C.

A melhor época para visitar as ilhas de Scilly são os meses mais amenos e ensolarados entre maio e setembro.

As temperaturas das aguas do mar variam entre 16°C e 18°C nos meses de verão entre julho e setembro.

10 lugares para visitar em Cornwall Inglaterra

By | Tópicos recentes | 6 Comments

Com seu clima ameno, paisagens deslumbrantes e longos trechos de praia, Cornwall está localizado na ponta do extremo oeste da Inglaterra, tem sido um dos destinos mais populares de férias da Grã-Bretanha. Há uma abundância de lugares para visitar, seja em uma caminhada ou uma curta viagem de carro.

1.Lost Gardens of Heligan

mn mnb

200 acres de jardim, história, mistério e romance.
Heligan, sede da família Tremayne por mais de 400 anos, é uma das propriedades mais misteriosas na Inglaterra. Após ter ficado em mau estado de conservação por muito tempo, quando as pessoas que cuidavam do local o abandonaram para lutar na Primeira Guerra Mundial, o jardim foi recuperado na década de 1990. Restaurada, a área verde conta agora com 80 hectares para explorar, incluindo uma exuberante floresta subtropical, jardins vitorianos produtivos, gramados românticos e um projeto pioneiro de fauna selvagem.

2.Eden project

 098

O Projeto Éden é uma experiência inesquecível em um local de tirar o fôlego.O projeto consiste em três biomas, o maior abriga a floresta tropical, o menor a vegetação mediterrânea e o terceiro é em área descoberta ao redor dos outros biomas. Para recriar ambos ambientes foram coletados vegetação de várias partes do mundo. O local também oferece shows musicais durante o ano todo.

3.Marazion

Marazion é indiscutivelmente o centro de Cornwall e um dos lugares mais procurados é o monte St Michael’s.

Historicamente, o Monte St Michael foi uma contrapartida do Monte St Michael Normandia, França, tendo as mesmas características da ilha. Como na versão francesa, uma estrada pavimentada liga a ilha até a costa(visível apenas na maré baixa). Quando as marés estão altas, vários barcos pequenos navegam até o castelo. Os visitantes são bem-vindos para fazer um passeio fascinante pelos quartos para admirar suas relíquias, principalmente armadura e mobílias preservadas da época .

4.Newquay

Newquay fica na costa de Cornwall, Reino Unido. Com apenas 20.000 habitantes, é um destino turístico encantador graças às suas praias e paisagens costeiras. Nascido como uma vila de pescadores, Newquay começou a crescer com a chegada da ferrovia em 1876. Considerada a praia mais famosa no país para praticar esportes com as ondas, Como o Surf. O destaque da cidade, são as praias, cerca de dez no total, entre falésias costeiras, com grandes extensões de areia. Como capital da Grã-Bretanha surf, a cidade é um centro de compras de produtos de surf, com muitas lojas. Voltando à praia de Fistral é famosa por seus tubos em ondas de tamanho considerável, um lugar onde importantes competições internacionais de surfe são realizadas todos os anos.

5.Polzeath

peht polzeath

Polzeath é outro local perfeito para pegar algumas ondas, Polzeath é uma cidade costeira encantadora, com muitas trilhas para você bicicleta ou caminhar ao longo do rio, ou para algo um pouco menos cansativo, siga o caminho do litoral de Greenaway, praia de Daymer Bay, onde as ondas são menores, tornando-o perfeito para os banhistas e praticantes de windsurf.

6.Fowey

4609170893 Fowey 6

Fowey é uma cidade histórica marítima e excelente lugar para passar um dia ou usar como uma base para um feriado. Com suas ruas estreitas e sinuosas e vista para o mar que aparece em cada esquina, Fowey tem sempre algo para todos. Famoso por inspirar Daphne du Maurier Fowey tem excelentes instalações, incluindo uma infinidade de lugares para comer e beber, uma variedade de lojas e galerias e passeios de barco pelo estuário.

7.St Ives

9953932-large 6a00d8341ca2e153ef011570a493eb970b

A cidade que tem tudo! quatro praias e uma abundância de cafés, restaurantes, lojas e galerias. Famosa por sua arte, St Ives é um local ideal para férias, principalmente nas noites de verão quando as lojas estão abertas até tarde e os cheiros das muitas culinárias deliciosas enchem o ar e podem ser apreciado em um dos muitos restaurantes. Há algo para todos em St. Ives, um lugar popular entre os surfistas, famílias, jovens e idosos e artistas.

8. Lanhydrock House

7 lanhydrock_garden

Lanhydrock é uma magnífica casa de campo que serve como a sede do National Trust em Cornwall. Com cinquenta salas para explorar, a partir de salas de jantar profundamente elegantes e espaçosos e quartos, cozinhas e viveiros. Esta propriedade bonita do século 17 cobre 900 acres de jardins deslumbrantes e bem conservados. Depois de um passeio em torno dos jardins paisagísticos você pode tomar um merecido chá da tarde tradicional ou comidas tipicas locais num dos restaurantes do jardim.

9.Carnglaze Slate Caverns and Woodland Garden

Carnglaze 5 The Subterranean Lake...

Parte do património mineiro de Cornwall, Carnglaze Caverns é composto por três cavernas feitas pelo homem formado como parte de uma pedreira de ardósia no Vale do Loveny, perto da vila de St Neot, Liskeard. Composta por três cavernas gigantescas, que têm uma temperatura constante de 10 °C e a caverna mais baixa das três tem um lindo lago de águas transparentes. Você também pode passear ao redor de 6,5 acres de floresta e conhecer outras criaturas da floresta (animais locais). Carnglaze é diversão para toda a família durante todo o ano.

10. Padstow

Padstow é uma bonita cidade portuária no estuário do rio Camel. Padstow era notório por navios que estão sendo arrastados para a barra de Doom – uma barra de areia após o qual a cerveja local é chamado. Há ainda uma frota de pesca ativo em Padstow ea Incubadora Lagosta Nacional baseia-se ao lado do parque de estacionamento. No Verão, os cruzeiros de curta duração estão disponíveis para as ilhas que têm colônias de aves marinhas, há também viagens de pesca e barcos para alugar. Há uma abundância de pequenas lojas, cafés e restaurantes em Padstow, bem como o bem conhecido dos restaurantes e cafés dirigidas por Rick Stein . Sendo uma cidade portuária, Padstow também tem abundância de bares antigos.

 

Isle of Skye um paraíso na Escócia

By | Tópicos recentes | 5 Comments

Uma das maiores e mais conhecidas ilhas escocesas. A Ilha de Skye está ligado a costa noroeste da Escócia por uma ponte rodoviária e oferece serviço de balsa para as ilhas próximas de pequeno porte. Suas paisagens robustas, vilas de pescadores pirotescas e castelos medievais fazem da ilha um local perfeito e romântico e serviu de cenário para vários filmes de romance e ficção.

A maior ilha do arquipélago Inner Hebrides, tem um litoral recortado de penínsulas e lagos estreitos, irradiando para fora de um interior montanhoso. Skye faz parte do Conselho de Highland e é o maior povoado da ilha, Portree conta com lojas e bares na zona portuária.

As principais atividades econômicas da ilha são o turismo, agricultura, pesca e destilaçăo de uísque. O clima na ilha e úmido e ventoso, assim como na Inglaterra. A ilha oferece várias atividades esportivas, como: escalar e caminhar no Cuillin e Quiraing, jogar golfe em Sconser e Skeabost ou fazer passeios de pônei, ou outros esportes aquáticos, como: mergulho, canoagem, windsurf e vela. Skye é também o lugar ideal para a pesca e observação de aves, mas se é whisky que você gosta, porque não visitar o Talisker Distillery em Carbost?

Sgurr em Ghreadaidh, está localizado na ilha, é o cume mais alto da Escócia, e de mais dificil ascensão. A montanha tem duas cimeiras, separados por uma saliência.

Para conhecer a ilha de transporte público, a melhor opção e ir até Inverness de trem, passar um ou dois dias por la e conhecer o Loch Ness e algumas destilarias da região. De Inverness seguir de trem ate Kyle of Lochalsh que fica bem perto do Eilean Donan Castle, que está localizado na cidade de Dornie, de la pegar um ônibus até a ilha de Skye.

Alguns lugares para visitar na ilha:

Fairy pools 

images

Um dos lugares mais bonitos da ilha, fica mais ao sul próximo ao rio Brittle do Loch Brittle e das Black Cuillins. O local é cheio de cachoeiras e pequenos corregos, a paisagem é simplesmente  deslumbrante.

Neist Point 

enhanced-buzz-wide-32312-1430751932-8

Neist Point é o ponto mais dramático em Skye, é também o cartão postal da ilha , são quase 20 minutos de caminhada até o penhasco cercado pelo mar. Dizem que é possivel observar baleias la de cima, dando uma volta pela ilha, você também pode conhecer Quiraing, uma formação geológica de origem basáltica de tirar o fôlego, la é possiível fazer trilhas e explorar todos os cantos que um dia foi um vulcão furioso.

Mealt Falls

enhanced-buzz-wide-19511-1423525773-12

Descendo para o litoral depois de Quiraing você poderá ver a famosa Kilt Rock e Kilt Waterfall, a cachoeira é formação basáltica que remetem ao Kilt ( a saia escocesa).

Old Man of Storr

92b802ef12ea1dbe6bec14d549ca150fDepois de conhecer a Mealt Falls é hora de conhecer as rochas pontiagudas do Old Man of Storr. Fica apenas 10km de distância de Portree, a montanha e formada por um conjunto de pináculos com até 50 metros de altura, onde é possivel avista-los pela estrada. Existem trilhas até o local, mas não é recomendado se estiver ventando muito.

Portree

enhanced-buzz-wide-16577-1430598930-8

Portree é a capital e principal cidade da ilha, onde boa parte dos restaurantes e hotéis estão localizados, e a melhor opção para começar seu roteiro pela ilha.

Isle Skye museum

8cd5bbcabf5cf190072c61d8d32ebb9e

Localizado em Kilmuir, o Museu de Skye é uma aldeia preservada de casas de campo, que são notavelmente bem conservado. A história do local e fascinante e este museu exclusivo dá uma sensação maravilhosa de como a vida teria sido para os habitantes da ilha no início de 1900. Voce pode explorar tudo, desde o bem equipado Old Smithy a casa de um arrendatário tradicional.

Tempo recomendado para conhecer a ilha são no minimo 3 dias inteiros.

Melhor época para visitar é de abril a setembro.

A melhor opção para explorar a ilha e de carro, mas se caso preferir o transporte público, tem ônibus, taxis e tuors guiados para conhecer melhor o pontos turisticos principais.

5 dicas para você surpreender a pessoa amada no dia dos namorados em Londres

By | Tópicos recentes | No Comments

O dia dos namorados está chegando aqui na Inglaterra e já começa as preocupações, onde ir ou o que dar de presente? O meu noivo e eu desde o início do relacionamento adotamos a ideia de nos presentearmos com algo que poderíamos fazermos juntos,  eu acredito que um momento inesquecível vale mais do que um objeto caro. Com o tempo as coisas ficam velhas e esquecidas no canto , mas um momento nunca será apagado da memoria.

Como eu costumo dizer que a felicidade não esta em coisas e sim em momentos! Toda mulher ama uma jóia, um lindo buquê de rosas, aquela bolsa de marca favorita, eu também amo ganhar esse tipo de coisas, mas dependendo do tempo de relacionamento os presentes acabam se tornando repetitivos. Então separei algumas ideias legais para deixar essa data inesquecível.

Thermae Bath Spa

thermae_spa_minerva_night

Como o dia dos namorados aqui na Inglaterra, e em vários outros lugares na Europa é em fevereiro, que é um mês muito frio, nada melhor que poder relaxar em uma piscina de água quentinha. Imagina só que delicia!

O thermae Bath Spa fica na cidade de Bath, uma pequena cidade com aproximadamente 84mil habitantes e fica 156 km de Londres, 1:30 hr de trem saindo da estação de Paddington.

Um pacote de um dia de 88£ para 2 pessoas, Inclui: uma sessão de 3 horas spa mais almoço (um prato a escolha e bebida) no Restaurante Springs.

bath-207844

para reservas entre no site www.thermaebathspa.com

Dirigir um super carro

Essa é uma experiência única, você pode presentear seu amor com um gift voucher para dirigir até 3  de seus favoritos Supercars no mesmo dia! Quem nunca quis dirigir uma Ferrari, Lamborghini e um Aston Martin, e você pode fazer isso no mesmo dia ou talvez outros carros de alta performance.

C44B8629  IMG_8705 IMG_8726

Fotos do Diego todo feliz dirigindo 3 de seus carros favoritos em Sherburn – Leeds

Valor 129£, e são mais ou menos  3 milhas de percurso para cada carro. O condutor deve apresentar carteira de motorista válida para dirigir no Reino Unido.

Locais:

  • Prestwold Driving Centre – Leicestershire
  • Elvington – Yorkshire
  • Dunsfold – Surrey
  • Sherburn in Elmet – Leeds
  • Stratford upon Avon- Warwickshire
  • Lydden Hill – Kent

Note que  terá sempre um instrutor do lado do passageiro te auxiliando para sua segurança.

Para comprar os vouchers entre no site www.everymanracing.co.uk

Assista um pequeno vídeo feito pelo celular

 

Jantar especial com uma linda vista panorâmica da cidade de Londres

O que não falta em Londres é opções para um jantar super romântico.

The Sky garden

4744

Conta com um magnífico espaço de três andares no topo de 20 Fenchurch, com dois restaurantes, um bar e um belíssimo jardim,  que tem uma incomparável vista panorâmica de 360 ​​graus de Londres.

  • DARWIN BRASSERIE no 36 andar
  • SKY POD | SEASONS IN THE SKY no 35 andar

Mais informações e reservas skygarden.london

Sushi Samba

download

Situado no 38 e 39 andar (abaixo do Duck & Waffle) do épico Heron Tower. Sushi Samba é um lugar mágico onde todos os seus sonhos gastronômicos podem se tornar realidade, com uma extensa variedade de pratos japoneses, brasileiros e peruanos para agradar até os mais exigentes.

Mais informações e reservas sushisamba

The aqua shard

hutong-main

O Aqua Shard está localizado no 31 andar do The Shard, uma cozinha contemporânea britânica e inovadora. O restaurante  dispõe de vistas deslumbrantes de Londres.

Mais informações e reservas Aqua shard

Teatros e musicais

Wicked-DefyingGravity-FullStage-photo-by-Matt-Crockett-7510

Que tal combinar um jantar e uma peça de teatro ou um dos diversos musicais da Broadway em Londres? São diversas opções de shows e entretenimento, entre os mais românticos, divertidos e históricos. Confira alguns dos mais vistos.

  • Les Miserables
  • Mamma Mia
  • The Lion King
  • The Book of Mormon
  • Fantasma da Ópera

Mais informações e reservas lastminute/theatre

London Eye e cruzeiro pelo rio Tamisa

Dining-at-The-Barracuda-London

O que acham de aproveitar o clima de romance em um dos atrativos mais importantes da cidade. A London Eye, oferece além de uma vista privilegiada da cidade, experiências com champanhe, chocolate e vinho aos convidados. E até mesmo uma cápsula privada para os pombinhos. E logo depois fazer um cruzeiro pelo rio Tamisa, são diversas opções de cruzeiros com almoços e jantares para a data, tendo como paisagem de fundo atrativos como London Eye e a Tower Bridge.

Mais informações e reservas City cruise

Nos já fizemos todas essa atrações e recomendo todas, agora é só escolher a melhor opção para os pombinhos apaixonados e fazer desse dia, um dia super especial e inesquecível! ❤

ArcelorMittal Orbit o tobogã mais alto e mais longo do mundo em Londres

By | Tópicos recentes | 3 Comments

O Orbit ArcelorMittal ( considerado maior tobogã do mundo) no parque olímpico de Londres, foi inaugurado no dia 24 de junho, e nós fomos lá conferir, assista o nosso vídeo e veja se teriam coragem.

 

 

Eu achei bem tranquilo e normal por ser o maior tobogã do mundo, até uma criança de 5 anos escorregaria sem medo algum, eles proíbem descer com qualquer câmera ou telefone, mas o Diego deu um jeitinho e conseguiu filmar. Só achei um pouco caro para pagar 15,00£ para escorregar apenas uma vez, o preço também inclui a plataforma de observação no segundo andar, e todo equipamento de segurança para o escorregador.

Screenshot_2016-01-08-09-14-35_1

A estrutura foi montada na torre Órbit — uma versão retorcida da Torre Eiffel parisiense, uma das principais atrações do parque Olímpico Queen Elizabeth, em Londres. Os projetistas apontam ainda que o tobogã é coberto, mas em alguns trechos terá transparência, o que permitirá apreciar o parque olímpico, um dos legados da Olimpíada de Londres (realizada em 2012).

Screenshot_2016-01-08-09-16-18_1

Com 178 metros de extensão e 76 metros de altura, seus desenvolvedores apontam que ele levará a uma descida de 40 segundos e a uma velocidade aproximada de 24 quilômetros por hora.

Preços: A partir de 10£ por pessoa

Horários: Até 31 Março:  11:00h – 17:00h todos os dias ( última entrada às 16:30h)

1 de Abril – 30 de Setembro  10:00h – 18:00h  (última entrada às 17:30h)

Você pode comprar os tickets atravéz deste link do site oficial www.arcelormittalorbit.com

Screenshot_2016-01-08-09-16-31_1

A torre também oferece 2 plataformas de observação que em um dia claro, suas duas plataformas da aos visitantes uma vista de até 20 milhas (32 km) em todas as direções, chamado de “a visão do olho do pássaro do Parque Olímpico”.

Screenshot_2016-01-08-09-15-56_1

 

Endereço: ArcelorMittal Orbit, 3 Thornton Street, Queen Elizabeth Olympic Park, Stratford,London, E20 2AD

Bibury – uma das vilas mais charmosas da Inglaterra

By | Tópicos recentes | 5 Comments

Bibury é uma vila minúscula e encantadora, considerada a mais bonita da Inglaterra. Bibury fica na região de Costwold e é basicamente uma fazenda de Trutas (peixe de água doce). Além da paisagem  exuberante, o vale do rio, os belos jardins e propriedades históricas, a região cativa com as suas belas casas de pedra calcária marcada por telhados inclinados. Durante o inverno a vila fica mais calma com poucos turistas, mas a melhor época para um passeio com a família é a provavelmente entre a primavera e verão, porque a vila apesar de pequena oferece varias atividades ao ar livre, como caminhadas, pesca, camping e belos jardins. Bibury se destaca pela localização e pela característica clássica de uma vila da inglaterra rodeada por lindas cidades históricas,como, Worcestershire, Bath, Oxfordshire, Gloucestershire, North East Somerset and Warwickshire.

Read More

Dicas para fazer em Londres durante o inverno

By | Tópicos recentes | No Comments

No inverno os dias são mais curtos, e geralmente neva entre janeiro e fevereiro, mas não deixe o tempo frio impedir você de aproveitar tudo que Londres tem para oferecer. Tem muitas coisas para fazer em Londres durante o inverno, entre parques, restaurantes, artes, e história. Você nunca vai ficar entediado nessa linda capital, mesmo durante o frio. Pegue seu casaco, luvas, botas e bora curtir uma das várias atividades abaixo neste inverno.

Patinar no gelo

56cfdcc175ffa04a65b3cb4e8a5c98b1

Patinar no gelo é uma das atrações mais populares durante o inverno, amarrem os seus patins e dance, corra, faça malabarismo se puder, se não pelo menos tente, mesmo que caia o importante é se divertir! Os rinques estão abertos durante os meses de dezembro e janeiro. Muitos destes locais estão maravilhosamente decorados, para tornar sua experiência ainda mais mágica. Além disso, eles estão localizados perto de museus e atrações populares para você explorar logo depois.

Leia mais sobre as melhores pistas de gelo aqui

Degustar um delicioso chá da tarde tradicional

ritz-tc3a8

No inverno tudo o que queremos é nos esquentar, e uma boa pedida pode ser uma xícara de chá da tarde dentro de alguns dos melhores hotéis e restaurantes em Londres. Isto pode te custar um pouco (na faixa de £50) porem, será uma experiência verdadeiramente tradicional, que não pode ser perdido! Você pode frequentemente encontrar cupons online, que tornam essas experiências mais em conta. The Ritz, ou Claridges são os melhores lugares para ir!

Aqui está uma lista dos melhores lugares para tomar um chá da tarde em Londres:

 

Fazer um passeio em um dos parques de Londres

IMG_2966_476x357

Com certesa uma das coisas preferidas das crianças para fazer. A atividade é gratuita, calmante, e refrescante com o ar de inverno! Os parques de Londres são lindos durante o inverno, e há infinitas caminhadas que você pode fazer.

Algumas ideias para caminhadas:

Você pode ir ao topo do Primrose Hill, o ar frio e claro possibilita uma vista fantástica da cidade de Londres. Se você for a noite, você pode ver os prédios iluminados a distância. Ou, você pode fazer uma caminhada por Hampstead Heath, e comer um ‘roast lunch’ depois, num dos pubs por perto (você poderia experimentar The Garden Gate, The Spaniards Inn, ou The Bull and Last). Se você for a procura de natureza, então nada melhor que Richmond  Park para ver grupos de veados que vivem por lá. Fazer um passeio pelo Hyde Park e visitar um museu popular, ou galeria de artes (como o V&A, Serpentine Gallery , National History Museum, ou Science Museum).

 

Esquentar num dos variados Pubs tradicionais 

A Use_9238-large

Está com vontade de beber Ale, Cider ou Vinho? Ou talvez você só quer um bom copo de cerveja? Uma das  melhores opções para fazer em Londres durante o inverno e curtir o calor e conforto de um pub Inglês.

Se você está procurando uma experiência de um pub mais autêntico, melhor escolher os que estão longe do centro da cidade.Nestes pubs, você pode encontrar alguns personagens londrinos. Você também vai ter a experiência da história e excentricidade que os pubs de Londres têm para oferecer.

Aqui está uma lista dos pubs conhecidos como os Top Pubs de Londres

  • The Mayflower: Os pilgrims começaram a viagem do Mayflower de um porto perto do local em 1620. Você consegue uma vista do rio Tamisa se você senta no andar de cima! 117 Rotherithe St. SE16.
  • Zeitgeist London: Um pub gastronômico com cervejas e comidas da Alemanha. 49-51 Black Prince Road SE11.
  • Princess Louise: Melhor para ter uma ideia do Londres na era Vitoriana, com lâmpadas e painéis de madeira. Encontra cervejas em conta aqui! 208-209 High Holborn WC106.
  • Chad’s Place: Uma fábrica Vitoriana, transformada em um belo espaço. 6 St Chad’s Place WC11.
  • The Viaduct Tavern: O último lugar do gin em Londres. O quarto de estoque de cerveja e supostamente feito da cadeia antiga de Newgate! 126 Newgate street, EC1A 7AA.

 

Visitar um museu (de graça!)

HIGH699592_754678

Os museus de Londres são lugares lindos cheios de história e exibições interessantes. Uma simples visita por um desses museus pode se tornar uma experiência de paz e fascinação. Eu pessoalmente amo olhar para o teto do British Museu, e a arquitetura do Museu de historia natural. E não posso deixar de falar sobre os tesouros escondidos dentro desses lugares. E o melhor de tudo é que a entrada para a maioria desses lugares e completamente grátis!

Os principais museus são:

  • The Btitish Museum: exposições do tempo pré-histórico, até dos tempos modernos, com peças originados ao redor do mundo. Algumas exibições requerem ingressos.
  • The National History Museum: Exibição de dinossauros, animais, e um prédio lindo. Algumas das exibições requer ingressos.
  • The Victoria & Albert Museum: Celebra artes e desenhos com até 3 mil anos de artefatos originados ao redor do mundo. Algumas exibições requerem ingressos.
  • The Design Museum: o museu líder dedicado ao desenho contemporâneo.
  • Imperial War Museum: Historias desde a primeira guerra mundial, até hoje em dia. Entrada grátis.
  • London Transport Museum: Exibições que conectam transporte, com a história social e cultural de Londres.
  • Museum of London: O maior museu urbano do mundo, com artefatos históricos e exibições que contam a história de Londres. Entrada grátis.
  • Royal Museums Greenwich: Visitar o National Martime Museum, conhecido como o maior museu marítimo do mundo. Também, o Queens House, Prime Meridiana,  the Royal Observatory Greenwich e Cutty Sark. Algumas exibições são gratuitas, em algumas podem aplicar taxas.
  • The Science Museum: Explora os melhores avanços científicos nos últimos 300 anos. Algumas exibições requerem ingressos.

 

Ver um show ou um musical no teatro

Royal_National_Theatre,_London

Se você ama teatro musical, ou está à procura de um show de teatro para as crianças, tem performances acontecendo o tempo todo. Ingressos saem bem em conta, se você reservar com antecedência.

 

Admirar peças de arte numa galeria (de graça!)

NPG Gallery Record - Gallery Interior Photograph – Born Digital

Independente do seu gosto, tem algo disponível para todos. De pinturas antigas até arte moderna, tem todos os tipos de galeria de arte em Londres. The Tate Britain está direcionado para a arte Britânica, enquanto o Tate Modern conta com coleções de artes contemporâneas. The National Portrait Gallery e o anfitrião de algumas das melhores coleções de fotografia.

Aqui está uma lista de galerias de arte bem conhecidas em Londres:

  • Somerset House: Aqui você pode encontrar o Courthauld e Embankment Galleries de Londres. Também há uma coleção dos antigos mestres, e trabalhos de impressionismo, e pós-impressionismo.
  • Tate Britain: A maior coleção de arte Britânica no mundo. Entrada gratuita.
  • Tate Modern: Conhecido como o museu de artes contemporâneo e moderno da Gran Bretanha.
  • Hayward Gallery: trabalhos de mestres modernos e artes contemporâneas. Locado no Southbank Center.
  • Barbican Art Gallery: Trabalhos de famosos artistas, arquitetos, designers e fotógrafos.
  • National Gallery: Aqui encontra pinturas do oeste Europeu, localizado em Trafalgar Square. Algumas exibições requerem ingressos.
  • National Portrait Gallery: A maior coleção de retratos, desde o tempo de Shakespeare, até os dias modernos. Localizado perto de Trafalgar Square. Entrada gratuita.
  • Royal Academy of Arts: Sempre mudando de exibições. Encontra o Paintbox da Rainha Vitoria, e uma escultura de Michelangelo. Localizado perto de Picadilly.
  • Serpentine Gallery: Arte moderna e contemporânea com origens do redor do mundo. Situado num belo local no Hyde Park. Entrada gratuita.
  • Saatchi Gallery: Arte contemporânea. Entrada gratuita.
  • Whitechapel Gallery: Arte contemporânea. Entrada Gratuita.

 

Mercados de Natal em Londres!

By | Tópicos recentes | One Comment

Os mercados de Natal ou mais conhecidos por aqui como Christmas Markets , está cada vez mais ganhando espaço e gosto pelos londrinos, aquele cheirinho de mulled wine (vinho quente), comidas variadas,  as músicas de Natal e a própria atmosfera são o suficiente para te transportar para um outro mundo, aonde tudo e calmo, tranquilo e feliz!

Os mercados ou feiras de Natal são mais tradicionais na Alemanha, Áustria, Bruges, Praga…Não conheço ainda, mas em breve estarei conhecendo. Mas, afinal onde eles estão? São vários Christmas Markets (Feiras de Natal) espalhados por Londres.

O mais conhecido e mais procurado é o

Winter Wonderland

Um dos locais mais festivos em Londres é o Hyde Park Winter Wonderland, que tem mercados de Natal e muito mais. Bem como as mais de 200 cabanas de madeira que vendem jóias, acessórios, roupas e artesanatos. Também tem opção de patinação no gelo, show bem divertido no Zippos Circus, passear na roda gigante, visitar o Reino gelo ou desfrutar de uma bebida ao ar livre com música ao vivo, além de um parque de diversões também.

É aberto diariamente 10:00 horas – 22:00 horas.

Datas: Sexta-feira 20 de novembro de 2015 a Domingo, 3 de Janeiro de 2016
Endereço: Winter Wonderland, Hyde Park, Londres W2 2ET

 South Bank

south-bank-christmas-market

Um dos mercados de Natal mais conhecidos é o Mercado de Inverno do Southbank Centre . Chalés de madeira alinhados à margem do rio Tâmisa com comida festiva, artesanatos e muitas ideias de presente de Natal. Carrossel dourado e luzes nas árvores da um toque a mais na atmosfera natalina. O mercado é apenas uma parte de um Festival de Inverno por isso há sempre alguma coisa acontecendo aqui. Mas vêm à noite neste inverno para entrar no espírito de Natal.

O mercado está aberto até 9pm maioria dos dias, e até às 10pm às sextas-feiras e sábados.

Datas: Sexta-feira 20 de novembro a quinta-feira 24 de dezembro de 2015
Endereço: Centro de Southbank, Passeio da rainha, Londres SE1 8XX

Tate Modern

image

Continue caminhando ao longo da calçada do Bankside e você vai chegar ao Mercado de Natal na Tate Modern. Mais e  mais chalés de madeira com decorações feitas à mão, jóias, brinquedos de madeira e muito mais. Esta localização foi usada pela primeira vez em 2014 e foi um enorme sucesso, portanto, o retorno deste ano. Experimente os excelentes churros e chocolate quente para aquecê-lo e dar-lhe uma empolgação a mais para continuar as compras e curtir a atmosfera do clima natalino.

Este mercado também fica aberto até 9pm a maioria dos dias com lojas disponíveis até 10pm às sextas-feiras e sábados.

Datas: Sexta-feira 20 de novembro a quarta-feira 23 dezembro de 2015
Endereço: Tate Modern, Bankside, Londres SE1 9TG

Leia também Os melhores eventos de Natal em Londres

Tudor Market Tower bridge

london-christmas-markets

Não desista ainda, como você pode chegar a outro mercado de Natal no mesmo dia. Siga o passeio pela ribeirinha em direção Tower Bridge para chegar ao Tudor Market. Este é um outro local que apareceu pela primeira vez em 2014, e este ano vai ser um mercado ainda maior, começando na área do The Scoop (pela Prefeitura) até Hays Galleria, cobrindo a maior parte do passeio pela ribeira entre London Bridge e Tower Bridge com mais de 100 cabanas de madeira de estilo alemão.

Datas: de segunda-feira 30 de novembro de 2015 a Domingo, 3 de Janeiro de 2016
Endereço: The Scoop, rainha Walk, mais London, London SE1 2DB

Leia também As 10 melhores pistas de gelo em Londres

Winterville

christmas

East London também ganhou uma feira de Natal, o  Winterville com uma variedade de entretenimentos, incluindo um salão enorme com barracas de comida de rua, considerada as melhores de Londres, uma pista de gelo e um mercado impressionante, com idéias originais de presentes de Natal, Para uma experiência verdadeiramente mágica do Natal, e todos finais de semana, uma carruagem puxada por cavalos estará oferecendo tours Victoria Park.

Aberto das 15:00 durante a semana e no fim de semana a partir das 11h, Winterville fica aberto até 22:00 diariamente.

Datas: Quinta-feira 26 de novembro a quarta-feira 23 de dezembro de 2015
Endereço: Victoria Park, Londres E9 7JH

Greenwich Market

4-Greenwich-Royal-Borough-L-545x233

Como único mercado histórico de Londres localizado dentro de um Patrimônio Mundial, Greenwich Market oferece aos visitantes uma experiência única de compras na capital durante a época festiva.  O mercado tem uma atmosfera vibrante, com barracas independentes que oferecem alimentos festivos tentadores, obras de arte, brinquedos e artesanato. O mercado também está rodeado por moda, estilo de vida e boutiques de interesses especiais, garantindo que você vai sair com algo especial.

Datas: Quarta-feira 25 de novembro a quinta-feira 24 de dezembro de 2015
Endereço: Mercado de Greenwich, Londres SE10 9HZ

Leia também A magia do natal em Kew Gardens

Os melhores eventos de Natal em Londres

By | Tópicos recentes | One Comment

Pouco menos de 2 meses para o Natal e Londres já está quase toda enfeitada, com um calendário cheio de atrações e eventos para todos os gostos e bolsos também, vários mercados de natal, parques de diversões, pistas de gelo, shows temático de Natal e uma infinidade de coisas para fazer, separei umas lista dos principais eventos que acontecerão entre os meses de novembro, dezembro e janeiro.

Regent Street Christmas Lights

regent-street-christmas-lights-switch-on-2015

Neste domingo 15 de Novembro,  Regent Street será iluminada com luzes de Natal. Se prepare para uma grande festa com direito a queima de fogos, à partir das 18:00, haverá também promoções nas lojas da Regent street e várias atividades e entretenimento a partir do 12:00.

 

Winter Wonderland

O Winter Wonderland está de volta, então entre no espírito festivo de Natal do Winter Wonderland que está cheio de atividades divertidas, incluindo, grandes shows do Zippos circus, uma roda gigante enorme, um mercado de Natal, sem falar na pista de gelo , o Magical Ice Kingdom e a Bavarian Village.

quando: 20/11/2015 a 03/01/2016

entrada gratuita (mas atenção algumas atrações são pagas com sujeito a reservas, como: pista de gelo, a roda gigante, Zippos Circus, Cirque Berserk e o  Magical Ice Kingdom.

onde: Hyde Park

winter wonderland 2015

Hogwarts In The Snow

HogwartsInTheSnow_1

O Warner Bros. Studio Tour, que ocorre nos estúdios onde foram gravados a saga do bruxo mais ovacionado da história, em Londres, anunciou seu primeiro “Dinner in the Great Hall” (Jantar no Grande Salão), que acontecerá dia 3 de dezembro, durante o tour do dia. Os visitantes irão viver a experiência completa explorando o Studio Tour e visitando os sets da sala comunal da Grifinória e a cozinha da Toca, a casa da família Weasley (tudo decorada com tema natalino); também haverá uma seleção com três sobremesas festivas que serão servidas na Plataforma 9 e 3/4, junto com o Expresso de Hogwarts; antes de entrar no Castelo de Hogwarts para vivenciar um jantar de duas refeições que, claro, inclui suco de abóbora, cerveja amanteigada e PUDINS FLAMENJANTES DE NATAL, você poderá fazer umas comprinhas no Beco Diagonal.

quando: 13/11/2015 a 31/01/2016

preço: a partir de £33,00 pp

onde: Warner Bros. Studio Tour London – The Making of Harry Potter

mais informações Warner Bros Studio

 Winterville

image

Winterville retorna ao East London com uma programação repleta de atrações, entretenimentos, comidas e bebidas e outros shows e atividades, como:

Moscow State Circus
Floresta magica
Pista de gelo
Parque de diversões
Mercado de Natal

quando: 26/11/15 à 23/12/2015

Free

onde: Victoria Park

Kew Gardens

Kew Gardens oferece um cenário festivo  que caracteriza uma vila de Natal, Gruta do Papai Noel,  um corredor iluminado, e, claro, um Mercado de Natal.

A magia do natal em Kew Gardens

quando: 25/11/15 à 02/01/2016

preços: £16.00 a £18.00 por ticket

onde: Royal Botanic Kew Gardens

The Snowman  

snowman

Baseado no livro de Raymond Briggs, The Snowmam (O boneco de neve) é a história de um jovem rapaz e um boneco de neve que ganha a vida na véspera de Natal. Juntos, eles partiram em uma aventura mágica, em que se deparam com pinguins dançarinos, renas e até mesmo o Papai Noel. Fique encantado como o boneco de neve voa através do céu noturno acima de você para escapar das garras geladas do malvado Jack Frost,  e eles finalmente conseguem chegar em casa ainda à tempo para a manhã de Natal.

quando: 25/11/15 à 03/01/2016

preços: £39.00 a £45.00 por ticket

onde: Peacock Theatre

London Eye frostival

london-eye-frostival1

A London Eye será transformado em nosso próprio país das maravilhas nomeado Frostival, as cápsulas de vidro serão transformadas em cavernas de gelo, com efeitos sonoros de rachaduras de gelo , aroma de chocolate quente, sons de uma brisa , e outras esculturas de gelo.

quando: 15/11/2015 a 04/01/2016

preço: a partir de £9.45

onde: South Bank – London Eye

www.londoneye.com/frostival

Pistas de gelo

As pistas de gelo ao ar livre da capital são alguns dos locais mais mágicos para se divertir nesse inverno. Com luzes de árvores de Natal dando um toque mágico a mais.

Para uma experiência verdadeiramente impressionante das maravilhas do inverno, porque não obter seus patins em uma das muitas pistas de gelo espalhadas por Londres.

você pode conferir outras pistas de gelo neste post aqui As 10 melhores pistas de gelo em Londres

 

Pistas de gelo em Londres – Um must-do para toda a família.

By | Tópicos recentes | One Comment

As pistas de gelo ao ar livre da capital são alguns dos locais mais mágicos para se divertir nesse inverno. Com luzes de árvores de Natal dando um toque mágico a mais.

Para uma experiência verdadeiramente impressionante das maravilhas do inverno, porque não obter seus patins em uma das muitas pistas de gelo espalhadas por Londres.

As pistas de gelo é um must-do para toda a família.

Somerset House

Somerset House é a pista de patinação mais bonita em Londres. O grande pátio do século 18 na Somerset House é um local deslumbrante para uma reunião com os amigos sobre o gelo neste inverno, e não importa suas habilidades de patinação, pessoas inexperientes assim como eu também pode brincar nos 900 metros quadrados de pista ao ar livre. Uma visita ao Fortnum Lodge que oferecerá champanhe, chá da tarde e até mesmo um jantar privado, vale à pena conferir de perto nem que seja só para ver os lindos tombos 🙂

Somerset House , Temple de 17 de novembro  – 15 de janeiro 2017

Preço – a partir de 8.50£

Natural History Museum

Experimente a emoção de patinação, cercada por luzes e árvores cobertas de geada, com o cheiro de vinho quente e marshmallows no ar. HUMM

Se você pode dançar no gelo como Torvill e Dean, ou seus movimentos de patinagem são mais parecidas com Bambi, não importa sua habilidades no gelo, uma visita ao  Ice Rink do Museu é uma obrigação nesta época festiva. Aprecie também os sons de músicos locais e não deixe de experimentar iguarias e bebidas quentes do Bar Café.

Natural History Museum , Brompton de 27 de outubro 2016 – 08 de janeiro 2017

Preço

 Winter Wonderland

Pista de gelo do Winter Wonderland, é a maior pista ao ar livre no Reino Unido, envolve o coreto vitoriana e é iluminado com mais de 100.000 luzes. Não há idade mínima, mas crianças menores 12 anos deve ser acompanhado por alguém de 16 anos ou mais. Por ser a mais procurada é sempre bom reservar antes.

Winter Wonderland no Hyde Park (a partir de 18 novembro de 2016 e 2 de Janeiro de 2017)

Preço – 14.50£

 Tower of London 

A pista de gelo da Torre de Londres  oferece um cenário histórico, juntamente com uma vista da fortaleza antiga de Londres (Tower of London).

Torre de Londres (a partir de 16 de novembro de 2016 e 3 de Janeiro de 2017)

Preço – 13.50£

 Hampton Court

A pista de gelo ao ar livre no Hampton Court Palace oferece vistas espetaculares do magnífico palácio do rei Henry VIII, nas margens do rio Tamisa.

O Ice Bar & Café proporciona uma seleção de bebidas e lanches de inverno para se aquecer após o seu skate.

Hampton Court Palace Ice Rink (a partir de 25 novembro de 2016 e 8 de Janeiro de 2017)

Preço – 12.15£

 Westfield 

O Shopping de Westtfield em Shepherd’s Bush ganha uma pista de gelo coberta de 160m. Com certeza é um ótimo lugar para fazer aquelas comprinhas e patinar na impressionante pista de gelo no átrio central do shopping  com músicas ao vivo. Recomenda reserva.

Westfield London, Shepherds Bush  24 de novembro de 2016 – 08 de janeiro de 2017

Preço – a partir de 10.50£

 Wembley Park

Desfrute de um dia inteiro de patinação, compras e diversão, a pista de gelo com 600 metros quadrados que está bem ao lado do Designer Outlet com várias lojas, restaurantes e cinema.

 Wembley Park  18 de novembro de 2016 –  02 de janeiro de 2017

Preço – a partir de 12.50£

 Canary Wharf

Localizado no coração de Canary Wharf, e para aqueles menos estável no gelo, o local tem uma grande terraço aquecido para visualizar a pista. O restaurante e bar, The Tasting Room, oferece o melhor dos menus de degustação artesanal, sanduíches estilo delicatessen e fondue de queijo, acompanhados por seus coquetéis de inverno favoritos, vinhos e cervejas artesanais.

Ice Rink Canary Wharf (a partir de 04 November de 2016 a 19 de Fevereiro de 2017)

Preço – a partir de 14.50£

Vocês podem usar os links para comprar os tickets dos sites originais das pistas de gelo.

A magia do natal em Kew Gardens

By | Tópicos recentes | No Comments

Já estamos em Novembro e agora começa a correria para o Natal, o que fazer? onde ir? E é claro que  em Londres tem opções para todos se divertirem com toda a família e a partir de 23 de novembro até 02 de janeiro Kew Gardens oferece um cenário festivo  que caracteriza uma vila de Natal, Gruta do Papai Noel,  um corredor iluminado, e, claro, um Mercado de Natal e um passeio pela trilha iluminada, que os leva através do centro dos jardins com um incrível  show de luzes, sons e performances.

img_7003 img_7045 img_7017

 

Fomos lá no ano passado, e ficamos realmente deslumbrados com as cenas mágicas e os shows de luzes!
Uma trilha de uma milha serpenteia seu caminho em torno dos extensos jardins e é embalado com momentos inesquecíveis.

img_7062 img_7065

Para mim, ver o magnífico Palm House espumante em um show de luzes que mudava de cores constantemente foi um destaque definitivo, o jardim perfumado com centenas de chamas cintilando na escuridão, foi emocionante também.

img_6981 img_6976

Há também um túnel espumante de luzes e uma avenida de conto de fadas da fauna.

 

img_7032 img_7022   img_6943
Fiquei encantada por todas as luzes mágicas, música e cores, o recinto de feiras vintage que estava no meio caminho. Recomendo comprar os tickets com antecedência para garantir a data e horários de entrada mais convenientes à sua escolha.

img_6951 img_6957 img_6930

A maneira mais fácil de chegar no Kew do centro de Londres é por metrô – a estação Kew Gardens é servida pela District Line e London Overground. A partir daí, a entrada principal no Victoria Gate fica apenas a uma curta distância a pé. Há estacionamento limitado disponível, mas isso tem de ser reservado com antecedência on-line com os bilhetes de entrada.

 

img_6934 img_6964
Este é o primeiro ano em que o Kew Gardens estão a introduzir a trilha iluminada e promete ser uma aventura absolutamente mágica.
Os Jardins Botânicos Reais, ou mais comumente conhecido como Kew Gardens, foram fundadas em 1759 e são, de fato, a maior coleção de plantas vivas no mundo. Em 2003, eles foram declarados como Património Mundial da UNESCO. Portanto, não só você começa a experimentar um ambiente de Natal incrível, como você também tem a oportunidade de ver um dos centros botânicos mais importantes no mundo.

  

Quarta 23 Novembro 2016 até segunda  2 Janeiro 2017

Horário: 17:00 – 22:00 última entrada às 20:15

Preços: adultos 16£ – 18£ online, no dia 18£ – 20£  , crianças (4-16) 10£ (0-4) free

mais informações no site  kew gardens

Dicas e Roteiros de seis dias em Dubai

By | Tópicos recentes | 28 Comments

Falar de Dubai é simplesmente incrível! Uma cidade linda, onde tudo parece perfeito e muito diferente de todos os lugares que já conheci.

Dubai fica nos Emirados Árabes Unidos no Oriente Médio e é um país muçulmano. A cidade de Dubai foi construída no meio de um deserto e nas últimas duas ou três décadas,  Dubai tem sofrido um desenvolvimento impressionante, os petrodólares permitiram que esta pequena cidade de mercadores de pérolas se tornasse num luxo e glamour, com imensos arranha-céus deslumbrantes, casas de luxo, hotéis de luxo e prédios arquitetônicos  onde são tomadas as decisões mais importantes do mundo, do ponto de vista financeiro e económico. Este é um lugar que continua a crescer, a ganhar terreno sobre o mar e sobre o deserto.

A história de Dubai atualmente é uma história de conto de fadas,  de uma duna no deserto em frente ao mar, nasceu e foi criado um dos mais importantes centros económicos do mundo.

No post anterior falei como planejei minha viagem, passagens, hotéis, vistos e aluguel de carro e neste vou dar dicas importantes que todos precisam saber antes de ir para Dubai, como vestuário, clima, lugares para visitar, o nosso roteiro de seis dias e outras informações úteis.

Assista o video completo da nossa viagem por Dubai >>>

 

O que vestir em Dubai

Eu nunca pesquisei tanto sobre o que vestir, como pesquisei antes de ir para Dubai. Existem mil histórias sobre esse tópico, mas na grande maioria, tudo equivocadas. Em Dubai se usa roupas normais, como em qualquer outro lugar do mundo, nas praias pode usar biquínis e maiôs (mas,não fazer topless), vi várias pessoas de mini saia, bermuda, regata, chinelo, mesmo que em alguns lugares, principalmente na entrada dos shoppings possuem adesivos sugerindo usar roupas “decentes”, ninguém será preso por não estar totalmente coberto, mas esteja preparada para atrair alguns olhares ríspidos. Aos homens, tudo é permitido!
Se for do tipo friorento, não esqueça de um xale ou casaco leve, todos os lugares fechados possuem ar condicionado no nível polar, o que é perfeitamente aceitável.

Todo lugar tem sua própria cultura e devemos respeitar, então, evite minissaias, super decotes e barriga de fora. Se você for visitar uma das mesquitas, que é o lugar mais sagrado pra eles, a mulher precisa se cobrir toda à “moda muçulmana” . Sheik Zayed Grand Mosque, mesquita de Abu Dhabi, são oferecidas as longas “Abayas” pretas, que são vestimentas típicas das muçulmanas nos Emirados. Já os homens devem estar de calça e tênis ou sapato, pois não podem entrar de bermuda e chinelo.

veja alguns meus looks que usei em Dubai

IMG_4175

downtown palace

IMG_5553

aquário do Dubai Mall

IMG_5098

Pier 7 no Dubai Marina

IMG_4810

Marina de Dubai

IMG_3575

Atlantis

Uma coisa que me falaram antes de ir, que casais não poderia andar de mãos dadas (pura balela) o que não pode e ficar se agarrando e beijando em público.

Leia também “Planejamento de viagem e informações úteis de Dubai”

Clima

Verão com altas temperaturas, cerca 46°C  entre os meses de Junho ao final de Agosto. Clima ensolarado quase o ano todo. Já o inverno é muito agradável com temperatura entre 14°C  a 23°C.  Chuva é coisa rara. A melhor época para visitar é de outubro a abril, quando as temperaturas estão perfeitas para passar dias mais agradáveis,  fomos em outubro e ainda estava muito quente, o clima, além de quente, é muito húmido, e nem o calor mais extremo do Brasil chega perto. Como eu moro em Londres no frio corremos pra dentro dos lugares pra escapar do frio no inverno, em Dubai corremos para dentro para fugir do calor, em todos os lugares tem ar condicionado, chegamos a sentir frio dentro dos shoppings.

Uma dica é comprar um Sim Card (Etisalat) São 100AED , com direito a ligações, mensagem de texto e 1Gb de internet, e você pode baixar um app e recarregar sempre que precisar,  a loja que vende esse Sim Card fica bem na saída do aeroporto perto dos quiosques de alugar carro, assim você não fica dependendo só do wifi, e não paga um absurdo por usar a seu roaming.

O nosso roteiro

1 dia em Dubai – domingo(considerado como dia de semana normal)

  • Passeio pela cidade

IMG_4928

  • Dubai Mall

IMG_5720 (1)

  • Burj Khalifa ( at The Top)

IMG_3675

  • As fontes de Dubai( dança das águas)

IMG_3752

Chegamos no aeroporto de Dubai por volta das 4:00 da manhã, fomos até o quiosque onde teríamos que pegar a chave do carro e depois fomos direto para o hotel, uns 30min do aeroporto, descansamos um pouco até ao meio dia, e damos um giro pela cidade, conhecemos a marina de Dubai, a Jumeira beach e fizemos o percurso pela the Palm island até o hotel Atlantis. Como tínhamos uma reserva no At the top do burj Khalifa às 5:30 , voltamos para o hotel para outro banho, porque já estávamos todos suados do calor radiante e quase que insuportável.

D

Para subir no 124 andar do Burj Khalifa reservamos os tickets pelo próprio site antecipadamente, imprimimos a reserva e pegamos os tickets na entrada, passamos pelo scanner e encaramos uma fila básica de quase 1hr. O elevador do prédio mais alto do mundo é também o elevador mais rápido do mundo, 77 segundos foi total que gastamos para atingir o andar 124 l. A vista la de cima é incrível..!!

Depois assistimos o show das danças das águas que fica em frente ao Burj Khalifa. É simplesmente lindo e emocionante.

Assista também o nosso vídeo >>>

IMG_3723

2 dia – segunda-feira 

  • Atlantis water park

IMG_3819 IMG_3842

  • Burj Al Arab

IMG_3954 IMG_4041

  • The Sky View Bar

IMG_3992 IMG_3983

Era o dia do aniversário do Diego e passamos o dia no Atlantis waterpark, sem dúvidas um dos parques aquáticos mas divertidos que já estive, as atrações são para todos os gostos e idades, com tobogãs infantis, médios e radicais!!

  • Aquaventure

A atração mais radical é o The Leap of Faith “o pulo da fé”,  a sensação é única, confesso que fiquei com medo, mas adorei, o tobogã tem 27,5 metros de altura equivalente a um prédio de 9 andares e depois passa por um túnel transparente cercado por tubarões e araias no final do percurso. Recomendo!!!
O Shark Attack é uma das atrações mais divertidas, um tobogã que faz o trajeto de boia para uma ou duas pessoas, começando no escuro com curvas, até chegar ao túnel transparente com peixes, tubarões e arraias, a sensação é incrível, como se estivesse dentro do aquário.

DCIM1 IMG_4278 leap-of-faiht-1 IMG_4264 IMG_4313

Preço :AED 250pp (aniversariantes tem entrada gratuita, mas tem que pedir o voucher antes pelo site Atlantis the Palm Dubai ) o Diego ganhou o dele :).

Continuamos as comemorações no The Sky View Bar que nos da acesso ao interior Burj Al Arab.

3 dia- terça-feira 

  • The Palace Downtown

IMG_4196

  • Madint Jumeirah

IMG_4286

  • Safari no Deserto

IMG_4371

Tomamos nosso café da manhã e fomos conhecer The Palace Downtown e tirar dezenas de fotos, depois fomos para o Madinat Jumeira e  almoçamos no The Meat Co, recomendado por uma amiga que mora lá. Sem falar que o resort é localizado próximo ao hotel Burj Al Arab. Fizemos também o passeio de Gondola pelo canal, custa 70 AED e tem duração de 30 min.

IMG_4301 IMG_4271 IMG_4275 IMG_4299

Depois fomos para o Safari no Deserto, reservei um dia antes pela internet, a empresa nos buscou no hotel as 15:30, em um 4X4, após uns 45 min de estrada chegamos a entrada do deserto, o pneu do carro foi esvaziado, para evitar que o carro afunde. Então começou a aventura do rally pelo deserto com muitas subidas, descidas e muitas curvas pelas areias do deserto.
Depois de aproximadamente uma hora pelo deserto, o carro nos levou a um acampamento beduíno, onde era possível andar de camelo, tirar fotos com falcões, snowboard nas dunas, entre outras atividades. Após o incrível pôr do sol é servido um jantar com bebidas não alcoólicas incluídas, no acampamento tem diversos tapetes na areia e mesas baixas, com almofadas no chão para se acomodar. Depois do jantar começou um show de danças típicas.O show se encerrou as 21:30 e fomos levados ao hotel, o percurso de volta no deserto é diferente do da ida, mais tranquilo e sem tantas curvas.

IMG_4555 IMG_4340 IMG_4610 IMG_4564

Leia também Dicas de Abu Dhabi Emirados Arabes

4 dia- quarta-feira

  • Abu Dhabi

IMG_4730 IMG_4708 IMG_4627 IMG_4567

Tiramos o dia inteiro para um bate e volta para Abu Dhabi, 1 hr de carro de Dubai, visitamos a Sheik Zayed Mosq, Emirates Palace, passeio pela Corniche e por último a Ferrari Word.

5 dia – quinta-feira

  • Marina beach

IMG_4832 IMG_4815

  • Passeio pelo calçadão e passeio de ferry pelo canal da Marina de Dubai

IMG_4838 IMG_4923

  • Night out Marina de Dubai ( Pier 7, Yacht Club)

IMG_5195 IMG_5135 IMG_5073 IMG_5053 IMG_5129 IMG_5088

Foi dia de praia  na Marina Beach, e caminhada pelo calçadão. Contornando o canal da Dubai Marina há um grande calçadão chamado Marina Walk e ao longo dele estão diversos restaurantes,  fizemos um passeio de barco (50AED) pelo canal, teve duração de 1hr, voltamos para hotel nos produzimos para a nossa última noite em Dubai, escolhemos o Pier 7, que fica em frente o Marina Mall, são 7 andares com vários ambientes de musicas e cada andar com diferentes restaurantes:  árabe, asiática, Britânica, Européia, Latino. Outra opção é o Yacht Club, 10 min andando do Pier 7.

IMG_4829 IMG_4824  IMG_4865 IMG_4855 IMG_4852 IMG_4848

6 dia – sexta-feira (último dia 🙁 

  • Jumeirah Beach

IMG_5055

  • Observatory

IMG_5104 (1) IMG_5070 IMG_5318 IMG_5329

  • Dubai Aquarium and Underwater Zoo

IMG_5554 (1) IMG_5413 IMG_5441 (1) 

IMG_5590 (1) IMG_5443

  • Ski Dubai

IMG_5760 IMG_5228

Bom acho que nesse dia fizemos mais coisas do que todos outros dias , acordamos bem cedo , fomos curtir mais umas horinhas de praia na Jumeirah beach, logo depois fomos até Bastakiya e Deira, conhecer a parte antiga de Dubai e mercados de ouro , mas por ser sexta-feira , consirado um dia para orações, para a nossa tristeza , os mercado já estavam fechados(fecha de 12:00 as 16:00), como não podíamos esperar,  fomos para Observatory ver a ilha em formato de palmeira do alto, o observatory está situado 52 andar do Marriot Hotel. A tarde fomos até o Dubai Mall para explorar o maior aquário do mundo , uma experiência muito divertida, passamos pelos 48 metros de  túnel  para observar as variedades de peixes , incluindo tubarões e arraias gigantes, é um misto de medo e encantamento. Não é todo dia que vemos tubarões assim de pertinho, muito menos passando sobre as nossas cabeças!
O nosso ticket estava incluído o zoológico, dividido em três zonas ecológicas: Floresta Tropical, Costa Rochosa e Oceano Vivo. Nos pequenos aquários você vai encontrar piranhas, pinguins, caranguejos’ aranha gigantes, cavalos marinhos, crocodilos anões africanos, tartarugas e muitos outros animais aquáticos de mar e de rios.O Aquário oferece outros pacotes, sempre com a visita ao túnel e ao zoológico, os preços variam de acordo com as atividades  (de AED 100 a AED 125 para adultos) e pode incluir barco com fundo de vidro, alimentação dos crocodilos e pássaros, uma visita por trás dos bastidores e muito mais. Almoçamos no Rainflorest que fica na saída do Aquário.

Animou? Separe cerca de 1h30 para o passeio e, se for fã das compras, deixe o restante do dia livre para visitar o Dubai Mall.

Por último fomos até o Emirates Mall( outro shopping enorme) onde está a maior pista de ski indoor do mundo.

Os Preços variam de acordo com o que você deseja fazer , nos pagamos 325 AED e  incluía o teleférico, 2 voltas na tirolesa, as roupas,botas e luvas e o armário para deixar os pertences. Compramos os tickets na hora, não foi preciso reservar.

IMG_5050 (1) IMG_5042 (1)

Não acho que seja necessário Guia em Dubai, se caso não poder alugar carro, tem estações de metrô perto de quase todos  pontos turísticos, e os taxis são muito baratos.

Sobre o Ramadã

Durante o mês do ramadã, todos os serviços de alimentação em locais públicos, como restaurantes e cafés, permanecem fechados do amanhecer ao pôr do sol, pois é neste período que os muçulmanos devem praticar o jejum imposto pelo islamismo. É extremamente proibido consumir qualquer alimento ou bebida em público durante o ramadã, incluindo água mineral. Os turistas só vão conseguir se alimentar nos restaurantes de hotéis, que funcionam normalmente durante o dia. É sempre bom ficar de olho no calendário. Falando em proibição, também não é permitido ingerir bebida alcoólica em público, e isso vale durante o ano inteiro. É bom evitar manifestações de afeto em público, como troca de carícias ou beijos mais acalorados, pois isto é considerado uma ofensa à cultura muçulmana.

Bom hora de ir embora, nossas malas ja estavam prontas, nosso voo de volta pra Londres eram às 2:00 horas da manhã no sábado, chegamos no aeroporto umas 3hrs antes do voo para devolver o carro, fizer o check-in, e passar no duty free para umas comprinhas, e assim foi nossa viagem, simplesmente incrível , adoramos Dubai e queremos voltar em breve!

IMG_3922 IMG_3857 IMG_3844 IMG_5097 IMG_4020 IMG_3964 IMG_3986 IMG_4277

 

Leia também As principais atrações turísticas de Dubai

Dicas de Abu Dhabi Emirados Arabes

By | Tópicos recentes | One Comment

Com seus impressionantes arranha-céus de vidro que refletem a agitação da vida diária, magníficos edifícios, como o Palácio Emirados, excelentes restaurantes internacionais e seus longos trechos de praias de areias brancas banhadas por águas cristalinas do Golfo Pérsico, Abu Dhabi é um cidade de contrastes notáveis​​.

Abu Dhabi a capital dos Emirados Árabes Unidos está há pouco mais de 100 km de Dubai, apesar de acumular menos atenção do que o seu vizinho (Dubai), Abu Dhabi é realmente mais rico do que Dubai e monitorou seu crescimento com cuidado, com ênfase nas artes e preservando o património da cidade representando muito mais os Emirados Arabes do que Dubai.

Tiramos um dia inteiro para um bate e volta de Dubai para Abu Dhabi, como tínhamos alugado carro  a viagem foi bem aproveitada e fizemos tour pelas atrações principais de Abu Dhabi. Sobre o requisito o que vestir, achei Abu Dhabi bem mais conservador do que Dubai, então é sempre bom respeitar a cultura local, ninguém vai te dizer nada, mas vai sentir constrangido, sentindo que está todo mundo te olhando, principalmente dentro dos Malls (shoppings).

A mais procurada pelo visitantes a Mesquita Sheikh Zayed

IMG_4537 (2)

A terceira maior do mundo, possui o maior tapete persa no mundo feito a mão em seu interior. Do lado de fora, a mesquita fica graciosa em um estilo arquitectónico clássico. Alguns dos melhores materiais do mundo foram usados na construção da mesquita, tal como o mármore italiano, pedras semi-preciosas, cristais e cerâmica fina. Possui 82 cúpulas, mais de 1.000 colunas , lustres dourados de 24 quilates de ouro.

IMG_4581 IMG_4553  IMG_4628

Os não-muçulmanos também podem visitar a mesquita tranquilamente, mas eles são bem rigorosos, na entrada passamos por um escaner, e as mulheres devem se vestir modestamente cobrindo braços, pernas, ombros , cabelos, enfim pra ficar mais fácil de entender,podem mostrar somente os pés , as mãos e o rosto, mas não se preocupe se não estiver usando roupa apropriada, na entrada os guardas te encaminham para um vestuário onde emprestarão uma burca, como fizeram comigo, e para entrar dentro da mesquita é preciso deixar os sapatos do lado de fora, mas não se preocupe é tudo bem organizado e numerado :).

A mesquita está aberta das 9h – 12h, de segunda a quinta-feira. Há tours guiados às 10h, de dom-qui. Gastamos umas  2 horas por ali e depois fomos conhecer o luxuoso Emirates Palace.

 IMG_4606 IMG_4587 IMG_4598

Emirates Palace Hotel

IMG_4734

IMG_4709

foto do observatorio Burl Al Marina , tirada da praia do Emirates palace

Dominando o horizonte ao longo da Corniche, o Emirates Palace exala opulência e luxo. Construído como um hotel, um dos melhores do mundo, vale a pena ver – mesmo que seja uma visita rápida num dos bares ou restaurantes do palácio . O palácio é famoso por seu lobby banhado a ouro e lustres de cristal.

Assista também o nosso vídeo!

Já na entrada encanta os visitantes com as suas cúpulas e arcos, os seus belos jardins com gramados extensos, palmeiras e fontes. A localização do hotel é privilegiadíssima na ponta do Corniche, próximo ao Marina Mall, o shopping mais interessante em Abu Dhabi.

Aproveite para tomar um cafezinho num dos bares do hotel. Dentre as inúmeras e diferentes opções, está o café com pó de ouro. É isso mesmo, a gente não pirou não. Dá pra imaginar que é um ~pouquinho~ mais caro que o convencional, mas se estiver no clima (e com créditos no cartão), por que não? Num verdadeiro palácio, a vontade é curtir como um verdadeiro sheikh 🙂

 IMG_4705 IMG_4723 IMG_4695

Foi lá onde encontramos o famoso caixa eletrônico que, ao invés de fornecer cédulas, tem entre suas opções barras de ouro e jóias . O valor dos itens é atualizado a cada minuto, de acordo com a cotação do ouro.

IMG_4721

para reservas nos restaurantes do hotel e informações clique aqui

E do patio do palácio podem ter uma vista deslumbrante das torres “Etihad Towers” que serviram de cenário para o filme fast and furious 7, uma cena incrível em que Vin Diesel e Paul Walker tentavam roubar um super car que estava no último andar da torre Jumeira.

Jumeirah at Etihad Towers

IMG_4678

Em uma das torres do imponente complexo Etihad Towers está o Jumeirah, um dos mais exclusivos hotéis de Abu Dhabi. Suas acomodações têm uma vista incomparável para o Golfo Pérsico, somada ao clima contemporâneo e requintado do ambiente interior.

IMG_4668

Ferrari World

O ‘Ferrari World Abu Dhabi Theme Park’ , maior parque de diversões indoor do mundo, vocês já repararam que quase tudo nos Emirados árabes, são os maiores do mundo? o prédio maior do mundo , a pista de ski indoor maior do mundo , o aquário maior do mundo, acho que todo o dinheiro do mundo também esta ali, são tantas modernidades o ostentações que me senti quase em outro planeta.

IMG_4776 IMG_4800 IMG_4807

O Ferrari World Abu Dhabi Theme Park é vizinho do local onde se realiza o GP de Abu Dhabi, em Yas Island, e conta com toda a infra-estrutura que abrange boutiques de luxo, lojas, hotéis; restaurantes, um verdadeiro paraíso para quem está disposto a gastar.

Além de várias atrações , simulação de estar dirigindo uma Ferrari dentro de filme 4d , também tivemos uma experiência única na montanha russa mais rápida do mundo. A Formula Rossa chega a 240 km/h em impressionante 5 segundos! foi sensacional, mas não faria de novo rsrsrs .

O parque fica aberto das 11 as 20 hrs

Preço do ingresso: 150 dirham por pessoa ( pegamos uma promoção depois das 18:00 e compramos o ingresso na hora)

 

outros pontos interessantes:

Conhecer o autódromo Yas Marina.


– Conhecer o Heritage Village, que retrata o passado da região.

The_Heritage_Village_in_Abu_Dhabi,_UAE
– Passear pela Marina Mall e subir na torre de observação Burj Al Marina para ver a vista panorâmica e aproveitar a gastronomia do restaurante giratório Tiara.


– Curtir a praia Corniche.

 uae-abu-dhabi-heritage-village-beach

Como se locomover Abu Dhabi

Como a maioria dos visitantes optam por viajar de táxis por ser barato, e são encontrados com facilidade por toda a cidade. É um processo simples de sinalização um táxi, dizendo ao motorista o seu destino e pagar a pequena quantia necessária para o passeio. A taxa base é de AED 3 e um adicional de AED 75 adicionado por quilômetro depois. Os táxis podem ser reservados através de várias empresas. Eles têm vagas de estacionamento regulares fora hotéis e shoppings também. Ou alugando um carro, mas precisa ter carteira de habilitação internacional ou européia.

Abu-Dhabi-UAE

 

 

Planejamento de viagem e informações úteis de Dubai

By | Tópicos recentes | 2 Comments

Dubai já se tornou uma das dez cidades mais visitadas do mundo, apesar de ser um destino turístico relativamente novo se comparado a outros destinos mais tradicionais. Considerada a cidade do futuro, Dubai representa tudo que há de mais moderno e sofisticado no planeta, com atrações como o prédio mais alto do mundo, um maravilhoso hotel “sete-estrelas” e ilhas artificiais gigantes em formato de palmeira.

mirelletome dubai IMG_4272 IMG_4872

A escolha dessa viagem foi do meu noivo Diego, eu tinha curiosidade em conhecer, mas ainda não estava na minha lista das favoritas, mas como era a semana do aniversário dele, ele teve prioridade na escolha :).

Quando pensamos em Dubai a primeira coisa que vem na cabeça que é muito caro, é claro, como em todos os lugares existem o caro e o não tão caro, eu mesmo quando estava pesquisando sobre Dubai, fiquei indignada com os preços, porque estava pesquisando nos lugares errados, principalmente as reservas das principais atrações turísticas, (uma dica: viator e tripadvisor, são sempre mais caros, compre direto do site dos lugares que queira visitar), e depois de várias pesquisas consegui preços bem mais em conta, e para nossa surpresa a viagem em geral ficou bem mais barata do que eu pensava, existem algumas atrações que são de graça, como, a dança das águas , as praias, admirar os arranhas céus, mas tem as que são pagas e não são tão caros, como, subir no The top do Burj Khalifa, fazer o safari no deserto, fazer um tour de ferry pela Dubai Marina, visitar o maior aquário do mundo, passear de gondola pelo Madint Jumeira Resort, e os considerados caros são os restaurantes do Burj al Arab , só pra ter o gostinho de entrar no hotel , já que os não hospedes só pode visitar a partir de uma reserva em um dos restaurantes. Veja neste post sobre as atrações turísticas e preços de cada uma.

dubai_h_2014

Comprando a passagem

Quando comecei a pesquisar sobre Dubai, a primeira coisa foi decidir o dia da viagem para comprar a passagem, ai começou as buscas por passagens baratas, pesquisei por vários sites, inclusive pacotes turísticos que incluem a passagem + hotel, mas não me convenceu muito, então comecei a procurar separadamente, usei o google flights para me ajudar a encontrar , preços , horários e o dia mais barato, bombaaaa, achei exatamente o que estava procurando, nossa passagem( a minha e a do Diego) ficou em 645£ pela Royal Brunei, Londres – Dubai , comprei com mais ou menos uns 2 meses de antecedência, (você pode ver neste post aqui, como comprar passagens baratas ).

Reservando o hotel

Em relação à hospedagem, Dubai oferece centenas de opções de hotéis. Há aqueles mais econômicos no centro da cidade e hotéis sofisticados em grandes complexos como Dubai Downtown ou a Dubai Marina, sem falar naqueles que são símbolos da cidade, como o Burj Al Arab e o Atlantis The Palm.

Nossa estadia em Dubai foram 6 dias do dia 10/10 a 17/10 , reservei o hotel pelo site www.booking.com, ( a maioria das reservas pelo booking você só paga no dia da estadia)  hospedamos no Premier inn, o hotel é classificado 3 estrelas, mas vai por mim, eu ficaria até em algum de 1 estrela, tendo um boa cama e chuveiro, já está ótimo, se dormimos 7 horas por noite foi muito, a cidade e tão incrível, que nem da vontade de dormir para aproveitar cada minuto.

  

Continuando sobre o hotel, reservei com 1 mês e 15 dias de antecedência,  ficamos 5 noites ,mas pagamos por 6 por uma falta de atenção no horário da volta. o voo de volta pra Londres era 1:55 no sábado, e na minha cabeça esse horário iria dar no domingo (lol), então nosso check out seria ao 12:00 na sexta feira e não no sábado( então essa noite de sexta para sábado ficou perdida) o preço da reserva era 293£ , mas sabe aquelas letras pequeninas que ninguém lê:

Imposto de 10 % não incluído(a)
AED 10 Taxa de turismo por diária não incluído(a)
Taxa de serviço de 10 % não incluído(a)

Essas letrinhas ai mesmo, era um monte de taxas que não estavam incluídas e no final pagamos 369£ , 76£ de taxas a mais , mas mesmo assim, passagem + hotel  ficou por  507£ pp, bem mais barato do que os outros pacotes que tinha encontrado em outros sites, eu escolhi o hotel pela localização , que fica na região de  Dubai Marina, o hotel ficava 20 min de carro de todas atrações turísticas, praias e shoppings.

 

Assista o vídeo completo >>>

 

dicas de bairros para se hospedar em Dubai

Bairros-Dubai
Outra duvida foi onde se hospedar? Separei aqui alguns bairros para você entender as regiões da cidade e escolher um hotel na área que se encaixa direitinho no seu bolso e nos seus planos de viagem.
Primeiro vamos falar da área histórica do emirado: Bur Dubai e Deira. Os dois bairros estão às margens do Dubai Creek – canal de águas marítimas que divide a zona histórica da cidade ao meio, e têm características semelhantes. São antigos e comerciais. Não espere pelos arranha-céus e o luxo da Dubai dos programas de TV e revistas de turismo.
Deira
O bairro tem “dupla personalidade”, uma mais antiga e outra mais moderna. A região próxima do mar, onde fica a curva do Dubai Creek, é mais tradicional e comercial. Aqui ficam os mercados antigos, como o Souk do Ouro e o Souk de Especiarias.
Bur Dubai
Bairro popular e bem comercial. Nele estão localizadas atrações turísticas como o Dubai Museum e vários mercados árabes (souks).
Bur Dubai não fica muito longe da parte famosa da cidade mas as diárias aqui são mais baratas do que na área moderna.
Sheikh Zayed Road
É a área de negócios de Dubai. A Sheik Zayed Road é a avenida principal na cidade e aqui nos referimos à parte próxima do Dubai Convention Centre e do DIFC, centro financeiro da cidade.
Os turistas também costumam se hospedar nessa área porque tem uma boa localização e a gente se sente naquela Dubai das revistas de turismo. Os hotéis aqui são mais baratos do que nos bairros mais turísticos.
Downtown Dubai
Se você for se hospedar aqui, prepare o bolso. É um dos metros quadrados mais caros do mundo e as diárias de hotel não ficam atrás. Por outro lado, ao ficar hospedado nessa região há uma grande chance de seu hotel ter vista para o todo-poderoso Burj Khalifa. Você também estará pertinho do Dubai Mall, o shopping imperdível de Dubai.
Al Barsha
É um bairro residencial, bastante habitado e bem agitado, tem uma porção de restaurantes e lojinhas. Hotéis bons, preços acessíveis e a proximidade da praia (Jumeirah Beach) fazem de Al Barsha um excelente bairro para se hospedar.
Jumeirah e Palm Jumeirah
Ficar hospedado na área costeira da cidade, a partir da região onde fica o Burj Al Arab, é só para quem pode! Na beira da praia de Jumeirah ficam os resorts de cair o queixo e esvaziar o bolso, como o Jumeirah Beach Hotel e o complexo Madinat Jumeirah (que são dois hotéis top de linha, Al Qasr e Mina A´Salam, e o charmoso mercado árabe Souk Madinat Jumeirah).
Na Palm Jumeirah – arquipélago artificial em forma de palmeira que é um dos principais pontos turísticos de Dubai – ficam vários hotéis e resorts de alto luxo (e preço) como o Jumeirah Zabeel Saray, o Anantara e o Sofitel. Aqui também fica o luxuoso Atlantis, que é um hotel resort ideal para famílias com crianças. Para casais em lua-de-mel é mais recomendado One & Only The Palm.
Dubai Marina
Aqui a palavra de ordem é badalação. The Walk, avenida na Dubai Marina, é um desfile deslumbrante de gente bonita e carros de luxo. A praia pública tem uma infraestrutura extremamente bem cuidada. Esse bairro é tudo de bom tanto para turistas como para moradores. Os ocidentais adoram morar neste bairro, a gente se sente como se estivesse em uma praia dos Estados Unidos ou Europa. Dubai Marina é um bairro novo, inaugurado em 2008, e tem aquela arquitetura super moderna característica de Dubai.

Sobre alugar carro

A melhor forma de aproveitar este roteiro é alugando um carro, pois este é o jeito mais prático de se deslocar pela cidade. Algumas atrações de Dubai são distantes umas das outras e com o carro você também pode aproveitar para visitar a cidade de Abu Dhabi.  Alugamos o carro pela rentalcars.com por 79£ pelos 6 dias, alugamos com um mês antes de viajar. Estava com muitas dúvidas sobre alugar carro , fiz várias pesquisas , perguntei  pessoas que moram lá, que me ajudaram muito. Dirigir em Dubai não é tão difícil, mas por ser uma cidade bem planejada , suas grandes rodovias tem de 6 a 8 faixas em  cada sentido, mas se você tiver um gps é claro que fica bem mais fácil, nos só colocamos o nome do ponto de interesse e já nos dava a direção, sem precisar do endereço, e a maioria dos estacionamentos são de graça, Apesar do idioma oficial dos Emirados ser o árabe, as placas de trânsito são todas bilingues e apresentam informações tanto na escrita árabe quanto em inglês. As ruas de Dubai e Abu Dhabi são bem sinalizadas.

&MaxW=640&imageVersion=default&AR-140929269

Para quem vai utilizar o transporte público para circular pela cidade, Dubai possui uma rede de metrô bem extensa que atinge muitos pontos turísticos, incluindo grandes shoppings. Para visitar os locais onde o metrô não alcança, o mais recomendável é pegar um táxi partindo da estação de metrô mais próxima, Os taxis em Dubai são bem baratos…

Sobre o visto

Os Brasileiros precisam de visto para entrar em Dubai ou em qualquer outro território dos Emirados Árabes Unidos (EAU).
Existem diversos tipos de visto, que variam conforme o propósito da visita, duração da estadia, se tem Dubai como destino final ou apenas de passagem, qual companhia aérea será usada, entre outros fatores. Algumas companhias aéreas como Emirates, oferece o serviço de visto aos seus clientes, que pode ser feito diretamente no site da companhia. Basta acessar a área da reserva e fazer a solicitação, seguindo os passos descritos – veja informações no site da Emirates que está em português.

Quem não precisa de Visto para Dubai

Tem uma listinha de países que possuem uma boa parceria com o governo dos Emirados Árabes, onde os seus sortudos cidadãos não precisam ser submetidos aos procedimentos na obtenção de vistos de entrada, seja em Dubai, Abu Dhabi ou em qualquer outro Emirado. Pegam o visto no aeroporto mesmo…. Não pagam nada, e ainda podem ficar até 30 dias nos EAU.
Segue abaixo a lista dos países:
Alemanha, Andorra, Austrália, Áustria, Bélgica, Brunei, Cingapura, Coréia do Sul, Dinamarca, Espanha, Finlândia, Estados Unidos da América, Canadá, França, Grécia, Holanda, Hong Kong (titulares de passaportes RAE), Irlanda, Islândia, Itália, Japão, Liechtenstein, Malásia, Luxemburgo, Mônaco, Noruega, Nova Zelândia, O Vaticano, Portugal, Reino Unido, São Marino, Suécia e Suíça.
A boa notícia para os brasileiros que possuem passaporte de algumas cidadanias européias, como a Italiana, é que podem se beneficiar desta facilidade pegando o visto no aeroporto mesmo.
Se você não enquadra nos países acima e não tem passaporte Europeu, precisa solicitar o visto.

Assista também o vídeo>>>

Veja também

Dicas e Roteiros de seis dias em Dubai

As principais atrações turísticas de Dubai 

Dicas de Abu Dhabi Emirados Árabes

 

Informações

Moeda
A moeda oficial é o dirham (1 AED = 5,53£/ 1 AED = 1.03 R$ currency  do dia

Idioma
Árabe (de um modo geral, o inglês é falado como segunda língua)

Horário comercial

Os finais de semana são formados pelas sextas e sábados. Sendo assim a semana inicia no domingo.

Fuso horário

7 hrs a mais do Brasil e 2 hrs de Londres

Religião

Por ser um país mulçumano, a religião oficial do país é o Islã. Devido ao grande número de estrangeiros, Dubai também possui grupos de outras comunidades religiosas como cristãos, budistas, entre outros.

10 dicas para comprar passagens aéreas mais baratas

By | Tópicos recentes | 4 Comments

Muitas pessoas me perguntam onde compro passagens baratas, já escrevi vários posts dando dicas de como viajar muito e gastar pouco, mas resolvi escrever esse mais detalhado e com mais dicas.

Planejar uma viagem não é tarefa fácil, e é necessário bastante determinação para pesquisar. Na maioria dos casos a passagem aérea vai ser um dos maiores custos que você vai ter em toda a sua viagem. Sendo assim, passar um bom tempo pesquisando passagens antes da sua viagem vai assegurar que você faça um bom negócio e use a economia que você obteve na compra da passagem para viajar mais e melhor.

Primeiro passo – Pesquise, pesquise e pesquise.

Como eu disse anteriormente, determinação para  pesquisar e o quanto mais você pesquisar, mais fácil será para achar a melhores passagens. No entanto, sabemos que é muito chato ficar testando 1 milhão de variáveis em diversos sites diferentes, mas é assim que você conseguirá economizar uma boa grana! A melhor maneira é utilizar os sites de comparação de preços.

Vale a pena entrar em vários sites, já que as companhias têm acordos diferentes com cada um deles. Alguns dos sites, por exemplo, incluem tarifas de companhias de baixo custo.
Além disso, você pode filtrar os resultados mais convenientes para sua viagem.

Skyscanner – Agora, se você tiver um espírito mais aventureiro e topar viajar para onde houver uma oferta, em sites como o skyscanner pode-se colocar como destino “qualquer lugar” e encontrar voos a todos os países.
Uma vez que você encontrar a tarifa mais em conta, não custa checar o valor disponível no site da companhia aérea também.

Kayak– Trata-se de uma empresa de tecnologia que cria ferramentas que simplificam o processo de busca de viagens on-line.
O buscador de passagens Kayak entre os líderes do mercado americano, no Brasil ainda está conquistando o seu espaço, sendo mais conhecido entre os já viajantes.

Os preços encontrados nas minhas buscas foram os mesmos de outros muitos sites para os mesmos destinos e datas, portanto, razoáveis.

Farecompare Um ferramente interessante do farecompare e do skyscanner é ativar alertas de tarifas para quando os preços caírem de uma trecho em que você tem interesse.

Momondo Já no momondo, a ferramenta “previsão de voo” é útil para te dar detalhes de uma rota específica. Por exemplo: fazendo uma busca de voos de Londres para o Dubai, essa opção mostra em que dias da semana é mais barato viajar ou até em que semanas do ano as tarifas são mais baixas.

Expedia Famosa agência on-line americana, talvez a mais popular no mundo. Com relação ao manuseio do site e variedade de opções, na minha opinião tem outros que são melhores! A ideia de “venda casada” fica bem evidente, pois o site não tem um nicho definido (voos, ou hotéis, ou pacotes, etc). O expedia foi uma das primeiras agências on-line de viagens a desenvolver aplicativos para celulares e tablets. Encontrei nesse site preços mais altos nas mesmas buscas que fiz nos outros sites, então mesmo com toda a popularidade, este não deve ser o único a pesquisar uma viagem, pois provavelmente ainda existe chance de encontrar passagens mais baratas em outros sites.

Decolar O decolar.com tem crescido e está se tornando um dos buscadores mais populares no Brasil. Apesar de o foco ser buscas de passagens aéreas (afinal o nome é “decolar”!), o site tem investido muito em hospedagens também (o slogam é: “mais de 150 mil hotéis em um só lugar”). A busca é fácil, o site é todo em português e bem intuitivo. Você pode ver detalhes sobre os voos de forma clara, após uma busca aparecem todas as opções de cias aéreas, como tipo de assento, valores e qual é o melhor negócio (dentre as opções existentes nesse site específico, claro!)

Google flight o meu favorito do momento, comprei minha passagem para Dubai através dele.

Se você quer viajar, mas ainda não sabe exatamente para onde, use o mapa do Google Flight. Ele mostra os voos mais baratos para cada país de acordo com a sua localização, e basta um movimento do mouse sobre os pontos em vermelho para obter mais informações e comprar passagens.
Ao realizar uma busca, sempre haverá um conjunto de voos pré-selecionados para você no topo da página de resultados. O Google escolhe o melhor custo-benefício em uma combinação de preço e número de escalas. Assim, a ideia é que um usuário apressado consiga comprar passagens em poucos cliques.
Se você tem flexibilidade de data para viajar, vale olhar os melhores preços para o destino selecionado diretamente no calendário. Assim, você poderá ter certeza de que está comprando as passagens mais baratas possíveis de acordo com sua necessidade. Mesmo que você insira uma data fechada na busca por voos, o Google Flight irá sugerir, sempre que possível, uma mudança de saída ou chegada para você economizar mais. Essas sugestões, quando disponíveis, ficam em banners no meio das opções de voos para não passarem despercebidas.Em uma busca de voos, os preços podem estar altos demais, mas não significa que eles não terão reajuste em breve. Para isso, faça uma busca escolhendo voo de saída e chegada e salve o itinerário nos favoritos para fazer o Google monitorar preços para você. Assim, bastará um clique na sua lista de voos salvos para ver se os valores mudaram, o que costuma acontecer em períodos de promoção. Busque por voos múltiplos
Use a abuse dos filtros disponíveis. Você pode categorizar os voos número de paradas, horário, duração, companhia aérea e estipular um limite de preço. Além disso, é possível ainda escolher exatamente o aeroporto que você deseja fazer uma conexão em casos mais específicos.
É possível também usar o Google Flight para ajudar em viagens longas, onde há vários destinos e pontos de partida. Isso porque ele permite fazer buscas de até cinco voos simultâneos, exibindo os preços em uma mesma página de resultados, reunindo os custos. A funcionalidade também é útil para quem precisa fazer reserva de voo no trabalho para mais de uma pessoa.

turismo-viagens

2° – Comprar as passagens com antecedência

Antecipação é essencial para encontrar os melhores preços! Eu sei que é quase impossível planejar uma viagem com meses de antecedência e acima de tudo, comprar a passagem sem saber ainda todos os detalhes do roteiro, hospedagem, etc. Mas se você para pensar, geralmente a passagem é o custo mais caro da sua viagem. Então, uma vez decidida essa questão, você verá o quanto mais fácil será avançar com o planejamento do resto da viagem. E em questão de poucas semanas, o preço poderá variar muito! 3 ou 2 meses de antecedência, para conseguir preços bons.

3° – Seja flexível com as datas e horários

Ter flexibilidade de datas também é importante: às vezes, adiar a volta em um dia sai mais barato do que pagar pelo valor de uma passagem no domingo, por exemplo. Provavelmente você já tenha percebido, mas nunca é demais repetir: viajar durante a semana é mais barato.
A sexta-feira e o domingo são os dias mais escolhidos pelas pessoas que viajam a negócios e também para turistas que querem aproveitar o fim de semana. Assim, é mais provável encontrar uma boa oferta na terça ou na quarta-feira. Segundo um comunicado da Airlines Reporting Corporation, publicado em novembro de 2014, o melhor dia para se comprar uma passagem aérea é a terça-feira. A data também é sugerida por vários blogueiros e especialistas em viagens.
As explicações para isso variam, mas, em geral, esse é o momento em que as companhias aéreas lançam suas ofertas de passagens restantes, para tentar obter a ocupação máximo em seus voos.
Monitorar durante vários dias, em horários distintos, ajuda bastante a assumir um risco calculado na hora da compra.

4° – Limpe os cookies de seu computador e troque de navegador

Ainda que a BBC não tenha conseguido verificar essa informação de maneira independentes, há relatos de que algumas companhias aéreas usem informações providas por cookies para monitorar sua navegação e aumentar os preços de um voo se souber que você está interessado.
Isso explicaria porque, algumas vezes, quando você volta meia hora depois para comprar uma passagem, encontra um valor mais alto.
Por outro lado, a jornalista Erica Ho, que trabalhava para a revista Time em Hong Kong, comprovou que os preços das mesmas rotas variavam de maneira exorbitante dependendo do país em que se acessava o site da companhia aérea.
Há muitas estratégias para testar isso: uma opção é apagar as cookies antes de pagar a passagem ou utilizar outro navegador para fazer a mesma busca.
Uma outra dica sugerida por Erica é, no site de compras, trocar a sua localização e o idioma. Se estiver no Brasil, escolha um país diferente e não selecione o português.

5° – Faça um Stopover
O stopover é quando o passageiro faz voluntariamente uma escala ou conexão com duração maior que 24hrs(em voos internacionais) e maior que 4 horas em voos domésticos) antes do destino final, sem custos adicionais. Ou seja, você aproveita a passagem com destino a uma determinada cidade para conhecer outra, fazendo uma parada programada entre voos.

6° – Viaje de madrugada

Chamados também de voos “corujão”, os voos da madrugada oferecem descontos realmente relevantes aos seus passageiros. Porém, é importante não confundir: entrar na internet após a meia-noite e adquirir as passagens aéreas em promoção durante a madrugada não é realmente garantia de descontos. O que é vantajoso de fato é adquirir, a qualquer momento do dia, as suas passagens para voos que partam do aeroporto, ou seja, que façam a decolagem nas madrugadas. Apesar de parecer uma explicação simples, ela é importante para que você realmente economize!

Os voos da madrugada são tranquilos, silenciosos, e dependendo do tamanho do trecho, você consegue descansar e ficar pronto para o momento do desembarque, sem cansaço.

7°- Quanto mais escalas, mais barato fica!

Voos diretos são a melhor coisa que existe! Mais conforto, menos chances de extraviar a mala, menos dor de cabeça… no entanto, são os voos de 27h no total com 3 escalas que terão os melhores preços. Daí é com você! Eu te aconselho a botar na balança o tempo que você vai perder da sua viagem mais o estresse das escalas, e no final, você verá se vale a pena ou não o esforço financeiro.

8°- Viaje com cias aéreas low cost

Na Europa as melhores cias Low Cost são EasyJet e Ryanair. Você pode encontrar facilmente passagem entre 20 à 50 euros. No entanto, tome cuidado se estiver viajando com grandes bagagens, pois deve pagar taxas extras por volta de 40 euros. E em geral, o check-in deve ser feito online 48h antes do voo e o boarding pass deve ser impresso. Enfim, é só se organizar que não tem erro!

9°- Voe durante a baixa e média estação

Obviamente comprar passagens em média ou baixa estação é invariavelmente mais barato do que na alta estação.

Você pode conferir na internet quais são as datas de alta estação para o seu destino. Mas como ideia geral, é só verificar quando é o período de férias escolares.

10°- Passagens aéreas para estudantes

Se você é estudante, pode conseguir tarifas especiais para os seus voos.

Um bom site para pesquisar e comprar passagens de estudante é o site da STA Travel (Student Travel Agency). Você pode comprar o bilhete direto com eles pela internet, porém, atenção às regras. Você terá que provar na hora do check-in que você é um estudante.

Leeds Castle – Um dos castelos mais charmosos da Inglaterra

By | Tópicos recentes | No Comments

Considerado um dos castelos mais bonitos do Reino Unido, com seus belos jardins, labirintos, Gruta e Toddlers, Falcoaria e, claro, o próprio Castelo com a seus 900 anos história.

Leeds Castle é famoso pela sua utilização como um palácio por Henry VIII e tem sido uma fortaleza Norman, bem como a propriedade privada de seis rainhas medievais da Inglaterra.

Cada cômodo no interior do palácio é rico em detalhes e decorados conforme à época .

IMG_0618 IMG_1163 IMG_0629 IMG_0627

O castelo tem quatro jardins principais: A Cascade Garden, The Garden Wood, O Culpeper Garden e The Lady Baillie Garden. São todos charmosos e maravilhosos.

O castelo está situado em um parque magnífico de 500 acres e está aberto todo o ano e com o seu “Key to the Castle” bilhete, que é válido por um ano a partir da data da compra, você pode visitar o castelo quantas vezes você quiser. (Com exceção aos dias de eventos especiais com ingresso).

Muitas pessoas acham que o palácio fica na cidade de Leeds, mas na verdade fica em Kent 5 milhas ao sudeste de Maidstone e fica apenas 1hr de Londres.

IMG_0584 IMG_1273 IMG_0600 IMG_1214

 

IMG_1264

a grama parece um tapete de veludo, até tirei as sandálias

 Há um labirinto super legal onde você pode se divertir tentando encontrar a saída,(detalhe, eu demorei bastante e tive que pedir ajuda :0)Uma vez que você encontrou a saída você pode  descer a gruta de conchas, que é mágico e iluminado. (Pode ser um pouco escuro e escorregadio).

IMG_1243 IMG_0784 IMG_0783 IMG_0782

A falcoaria é uma área onde você pode assistir a exibições de voo livre de aves, tais como corujas, gaviões, falcões e muitos outros. Esta é uma obrigação e um show espetacular.

Outras coisas para fazer incluem Elsie (um trenzinho, que irá levá-lo a partir da entrada principal até o castelo e é recomendável para pessoas com dificuldades de se locomover, porque a caminhada até o castelo são de 15 a 20min, mas vale à pena para quem quem quer ir parando para tirar fotos pelo caminho). Há uma pequena taxa de 50 centavos para cada viagem. Você também pode fazer um passeio de barco  no Black Swan Ferry Boat pelo Great Water (um pequeno rio que fica as margens do castelo), novamente há uma pequena taxa de £ 1 por pessoa para cada viagem.

IMG_0696 IMG_0773 IMG_0792 IMG_0709

O castelo hoje em dia é usado para realizações de cerimonias de casamentos, aniversários e vários outros eventos e um detalhe bem interessante é que todo dinheiro arrecadado é para a manutenção do próprio castelo e dos jardins.

Há uma abundância de lugares para ter um piquenique, seja na grama ou mesas de piquenique improvisados. Ou você pode comer no Restaurante Fairfax, aberto 10:30 – 17:00, oferecendo alimentos preparados na hora, bolos e bebidas.

The Maze Cafe, serve pratos quentes e frios, bem como sorvetes e doces. Os jardins também têm quiosques de sanduíches e bebidas.

Na saída não deixe de visitar a loja de surveniz, tem varias coisas legais para enfeites.

Leeds Castle tem muitos eventos ao longo do ano, especialmente durante o meio termo, férias de verão, Dia das Bruxas,  e Natal.

É um ótimo lugar para passar um dia super agradável com a família, fazer piqueniques nos lindos jardins em volta do castelo e se divertir.

IMG_0755 IMG_0733 IMG_0772 IMG_0732

Preços:

Adultos £ 19,75

Idosos / Estudantes / Visitantes com Deficiência £ 17,50

Crianças (4 -15 anos) £ 12,50

As áreas de estacionamento são gratuitos.

horário de funcionamento:

Abril a setembro, a portaria para o jardim abre às 10h e do Castelo abre às 10:30, com última admissão 16:30 e os portões encerram às 18:00. As Lojas 10:00 – 17:30.

Outubro-março, a portaria para o jardim 10h e do Castelo abre às 10:30, com última admissão 15:00 e os   portões encerram  às 17:00. As Lojas 10:00 – 16:00.

leeds castle

Maidstone, Kent ME17 1PL, United Kingdom
 Dica: visite também Canterbury, uma cidade linda e muito histórica que fica apenas 30 min do castelo
Gostou da dica? compartilhe com seus amigos no facebook, whatsapp…. e sinta-se a vontade para deixar o seu comentário ai abaixo 😀 grande abraço 😎