Viagens

Itinerário perfeito para aproveitar bem quatro dias em Moscou

Depois de 3 dias incríveis em São Petersburgo, chegamos em Moscou super animados para conhecer mais uma cidade Russa. Viemos de trem e foi uma viagem super tranquila e rapida, escolhemos o percurso rápido de 3 horas e meia, pagamos 60£ libras (viagem so de ida).

Compramos nosso bilhete pelo aplicativo Russia railways , baixei o app no meu telefone, o legal é que o bilhete já fica salvo no app e não precisa de imprimir.

Moscou é a capital da Rússia, com mais de 13,5 milhões de habitantes.

Confesso que antes de vir para cá, não ouvi muitas coisas positivas sobre o povo russo, “que são frios e reservados”, mas minha experiência foi completamente diferente. Cada conversa que tive foi agradável, amigável e cheia de sorrisos.

Aqui está o meu guia definitivo sobre como passar quatro dias em Moscou.

Depois de deixar nossas coisas no hotel fomos fazer o tour pela cidade, em Moscou usamos o metro, compramos um cartão chamado Troika e carregamos com crédito para 3 dias de viagem (480 Rublos).

O lugar mais óbvio para iniciar seu itinerário em Moscou é a Praça Vermelha. Este é o coração de Moscou e o lar de todas as cenas icônicas de Moscou que você sem dúvida já viu em guias de viagens para a Rússia.

Chegamos aqui pela estação de metro Teatralnaya, andamos um pouco e chegamos ao Portão da Ressurreição e Capela , localizado na Praça da Revolução . Esta é a entrada principal da Praça Vermelha.

Depois de atravessar os arcos do Portão da Ressurreição, finalmente cheguei ao símbolo principal da Rússia: a Praça Vermelha e a Catedral de São Basílio . Esse foi um dos momentos que eu mais esperava, e não decepcionou: a visão era simplesmente surpreendente.

O nome da Praça Vermelha é o nome da antiga palavra russa ‘ krasny’ , que significa ‘vermelho’ e ‘bonito’, e a praça claramente ainda faz jus a esse significado. A Praça Vermelha costumava ser o local de desfiles militares durante a União Soviética.

A Praça Vermelha separa o Kremlin (a residência oficial presidencial) de Kitay Gorod, a parte cultural / histórica do centro da cidade. Todos os edifícios que revestem a praça são reconhecíveis ou significativos de alguma forma.

O Kremlin

O Kremlin é bastante impressionnante, embora não tenha sido a minha coisa favorita ou mais inspiradora em Moscou, apesar de ser potencialmente o mais conhecido. É um complexo fortificado de catedrais, museus, palácios, praças, jardins e a sede do governo.

A entrada é pela Torre da Trindade, a mais alta das 19 torres do Kremlin. Compramos o bilhete nas máquinas mesmo, e custou 700 Rublos.

O complexo é formado por 7 igrejas diferentes, todas incluídas no ingresso. Observe que se você quiser subir na Ivan the Great Bell Tower , precisará de um bilhete separado.

Assim que entramos fomos em direção à Praça das Catedrais, com lindas catedrais e igrejas bizantinas. A primeira delas é a  Igreja dos 12 Apóstolos, com cúpulas prateadas, que fica no interior do Palácio do Patriarca. Ao seu lado encontramos a Catedral da Assunção, com cinco cúpulas douradas, a Catedral da Anunciação, Catedral do Arcanjo São Miguel, Igreja da Deposição das Vestes, Palácio de Terem e o Fundo de Diamantes, uma exposição permanente que reúne valiosas jóias imperiais e soviéticas, dentre elas imensos diamantes e a maior safira do mundo.

Além das igrejas há algumas coisas peculiares para ver,como o Tsar Pushka (ou “Tsar dos Canhões”), um canhão de 18 toneladas, considerado o maior do mundo. Reza a lenda que ele foi construído apenas como uma demonstração simbólica do poderio militar e da engenharia russa, já que nunca chegou a ser usado. Pertinho do canhão, você vai ver o Tsar Kolokol (ou “Tsar dos Sinos”), também considerado o maior e mais pesado do mundo, com 200 toneladas. Construído em 1733, foi quebrado por um incêndio em 1737, quando um pedaço de 11 toneladas se separou dele.

Catedral de São Basílio

O ponto alto da Praça Vermelha e um dos símbolos mais conhecidos da Rússia. O exterior tem um dos desenhos mais bonitos que eu já vi em uma igreja: a fusão de cores e cúpulas de cebola é simplesmente incrível. Linda de todos os ângulos.

A Catedral de São Basílio foi encomendada por Ivan, o Terrível, em meados do século XVI, para comemorar a captura de Kazan na festa da Intercessão. De fato, o nome oficial é Catedral de Intercessão.

A catedral é composta por 9 capelas diferentes, todas representando uma data ou evento importante na história da Rússia. O núcleo central é dedicado à intercessão, que comemora o ataque final de Kazan em 1552. Cada torre é coroada com uma cúpula de cebola, cada uma delas projetada em um estilo diferente.

Segundo a lenda local, Ivan, o Terrível, ficou tão impressionado com o belo design que cegou os arquitetos para que nunca construíssem nada comparável a esta catedral.

 

Mausoleu de Lenin

Durante o meu primeiro dia em Moscou, não tive tempo suficiente para visitar o mausoléu de Lenin ; portanto, no segundo dia, fui diretamente à Praça Vermelha no início da manhã para evitar as longas filas. O Mausoléu só abre das 10h às 13h todos os dias, exceto segunda e quarta-feira, então geralmente longas filas se formam do lado de fora, especialmente na alta temporada.

Localizado no extremo oeste da Praça Vermelha, o mausoléu de Lenin mantém o corpo embalsamado do primeiro chefe de governo da União Soviética, Vladimir Lenin . Seu corpo foi exposto ao público desde sua morte em 1924, e os visitantes ainda esperam horas para prestar seus respeitos, ou apenas por curiosidade como nós.

Depois de visitar a tumba de Lenin e passar mais tempo caminhando pela Praça Vermelha, continuei com uma visita ao Alexander Garden , que se estende ao longo da parede ocidental do Kremlin.

Ao lado da entrada principal do parque está o Túmulo do Soldado Desconhecido e a chama eterna , que foi trazida do Campo de Marte em Leningrado (atualmente São Petersburgo ). A chama é sempre ladeada por dois guardas russos, e você pode assistir à troca modesta da guarda a cada duas horas.

Os Jardins Alexander são o lugar perfeito não apenas para desfrutar de uma manhã relaxante, mas também para descobrir as muralhas do Kremlin com suas belas torres, todas coroadas pela estrela comunista de cinco pontas.

Shopping GUM

No lado nordeste da Praça Vermelha, você encontrará a famosa loja de departamentos GUM , construída no final do século XIX.

Este edifício de três andares está cheio de centenas de lojas e restaurantes. O interior é simplesmente espetacular, imitando o estilo de uma estação de trem francesa.

Embora esteja localizado bem no coração de Moscou, fiquei surpreso que a maioria das lojas estivesse completamente vazia, apesar do shopping estar cheio de turistas. Provavelmente os preços inflacionados têm algo a ver com isso!

GUM é a sigla em russo para Lojas de Departamento Estatais existentes durante a era soviética.

Teatro Bolshoi

Se você está interessado em música e dança russa, não pode perder uma apresentação no Teatro Bolshoi, onde poderá desfrutar de algumas das melhores companhias de balés e ópera da Europa.

O teatro é especialmente conhecido por suas performances clássicas de balé. Durante o regime comunista, houve várias tentativas de proibir o balé clássico, já que era considerado ultrapassado e um passatempo burguês. Felizmente, esses planos nunca foram executados, e o balé clássico russo ainda hoje é um dos mais prestigiados do mundo. Os ingressos tendem a ser bastante caros, mas ainda assim, deve ser uma experiência única que você não pode perder quando visita a Rússia, se tiver a chance.  O preço dos bilhetes de balé estava acima de £ 150 por bilhete, infelizmente não estava no meu orçamento para esta viagem.

Do outro lado do Teatro Bolshoi, fica o último monumento restante de Moscou a Karl Marx . No pedestal da estátua, você pode ler sua famosa citação:  “Trabalhadores do mundo, uni-vos!” .

No lado esquerdo do monumento, encontramos o Hotel Metropol , antigo alojamento dos soviéticos durante o governo bolchevique até a década de 1930, quando foi reconvertido para sua função original de hotel. Hoje, é considerado um dos melhores exemplos de Art Nouveau que você pode encontrar em Moscou.

 

Estações de metrô de Moscou

Passe algumas horas nas estações de metrô de Moscou, que são uma atração turística por si só. Fiquei admirada com os diferentes estilos de estátuas e vitrais! Leia meu Guia completo para visitar às estações de metrô de Moscow

Catedral de Cristo Salvador

A maior igreja cristã ortodoxa do mundo. Foi originalmente construído no final do século 19 para comemorar a vitória dos russos sobre Napoleão.

Em 1931, a catedral foi completamente destruída por Stalin para dar lugar ao Palácio dos Soviéticos, um colossal salão de congressos e centro administrativo planejado para ser construído em Moscou. Com a quebra da Segunda Guerra Mundial e a invasão nazista, essa ideia de construir este palácio foi finalmente deixada de lado. Após a dissolução da União Soviética, a catedral foi reconstruída, entre 1995 e 2000 como uma réplica exata do original.

Da ponte Patriarshiy , localizada ao lado da catedral sobre o rio Moskva, você pode obter vistas maravilhosas do Kremlin no lado norte e da colossal estátua de Pedro, o Grande, em  direção ao sul.

Ali perto fica a Old Arbat Street, uma das ruas mais antigas de Moscou e existe desde o século XV. A antiga Rua Arbat costumava ser uma importante rota comercial e lar de artesãos. Agora, Arbat é uma passarela para pedestres com edifícios históricos, lojas de souvenirs e restaurantes.

 VDNKh

Palácios para trabalhadores! Não há lugar melhor para ver esse slogan soviético em prática do que no VDNKh.

Inaugurado em 1939 como uma exposição agrícola, o Vystavka Dostinzheniy Narodnogo Khozyaystva de Moscou – que significa Exposição de Conquistas da Economia Nacional.

Depois de várias mudanças de nome e reforma, o parque agora é um dos principais centros da capital russa, inclusive com sua própria estação de metrô de mesmo nome. Com mais de dois milhões de metros quadrados de território a explorar, o VDNH está repleto de museus, lojas, exposições culturais, passeios em parques de diversões, uma fazenda em funcionamento e a maior pista de patinação no gelo da Europa.

O VDNH é um ótimo lugar para desfrutar de uma tarde ensolarada de Moscou. Visitamos em dezembro e estava bem enfeitado e iluminado com decorações natalinas.

 

Izmailovo Market

Se você é como eu, que sempre sai às compras no último minuto, o mercado Izmailovsky é a melhor opção.

Aqui você poderá encontrar praticamente qualquer coisa: artes, antiguidades, apetrechos soviéticos e qualquer lembrança que possa imaginar, especialmente as famosas bonecas matryoshka . O melhor dia para visitar o mercado é sábado, quando comerciantes de toda a Rússia virão vender seus produtos, então tente planejar sua visita para este dia.

Compramos nossa Boneca Babushka aqui, em todos os lugares, (a que a gente queria), estava por 10 -15 mil rublos, conseguimos por 3 mil rublos uma com 10 peças e com pinturas dos pontos turísticos de Moscow.

Mesmo que você não esteja interessado em comprar nada, o Izmailovsky Market é um ótimo lugar para passear. O Kremlin de Izmaylovo é uma das construções mais bonitas de Moscou e foi um dos destaques da minha visita.

No interior, você pode encontrar uma reconstrução em madeira de uma igreja russa, e o exterior é impressionante com a mistura de estilos e cores. Eu não poderia ter escolhido um lugar melhor para me despedir de Moscou!

Estação próxima: Partizanskaya

Como se deslocar em Moscou

Moscou é obviamente famosa por seu incrível sistema de metrô. Eu recomendo adquirir um cartão Troika, você pode carregar de acordo com seu tempo em Moscou, nós compramos o de 3 dias por 480 Rublos.

Alem de todos esses lugares que visitamos, ainda tivemos tempo para visitar alguns restaurantes bem legais, como:

Sixty bar e restaurante

Cafe Pushkin

Lembrando que estivemos em Moscou entre o Natal e ano novo, a cidade estava muito linda toda enfeitada com decorações natalinas, em breve um post com todas as dicas sobre o Natal e ano novo em Moscou.

Você já esteve em Moscou? O que você  mais gostou de ver? Deixe-me saber nos comentários!

Mirelle Tome

Autora Mirelle Tome

Mais posts de Mirelle Tome

Deixe uma reposta

Close
%d blogueiros gostam disto: