Tag

o que ver

Dicas e curiosidades sobre a Islândia

By | Tópicos recentes | One Comment

A Islândia é um país de contrastes, conhecido por muitos como a terra do fogo e gelo, um país onde a natureza é a atração principal … Sem dúvidas uma das viagens mais incríveis que já fiz.

La você encontra fumarolas, geysers, vulcões, geleiras, lagoas glaciares, icebergs, campos de lava, lagos azul turquesa sulfurosos, cânions com colunas basálticas, cachoeiras, piscinas e lagos termais, puffins(papagaios do mar), fiordes, praias de areia negra, penhascos … são algumas das coisas que você encontrará na Islândia.

Você pode conferir outros artigos relacionados à nossa viagem nessa lista abaixo:

Reykjavik Islândia – lugares para visitar, o que fazer e onde ficar!

Blue Lagoon e outras fontes termais na Islândia!

Como é fazer uma Road Trip pela Islândia numa Campervan?

Husavik – O melhor lugar para observação de baleias na Islândia

Hotel Rangá: Conforto e gastronomia no Sul da Islândia

Aqui vão algumas  dicas e curiosidades do país!

Ring Road

Ring Road é a estrada principal e você deve levar em conta os limites de velocidade 90 km por hora. A estrada é praticamente toda asfaltada, embora alguns trechos ainda estejam em construção. Você deve prestar atenção na direção, pois você pode encontrar-se com um rebanho de cavalos, pessoas fazendo trekking, ovelhas ou turistas pousando para fotos no meio da estrada, como foi o meu caso na foto abaixo 😜.

 Viajar para a Islândia no verão significa que você pode ver o sol da meia-noite

O sol da meia-noite acontece devido à inclinação do eixo da terra. A área em torno do pólo norte fica exposta ao sol durante 24 h/ dia no Verão. Quando a meia-noite se aproxima, o sol em vez de se esconder volta a subir.
Assim, enquanto no pólo norte e zonas limítrofes é dia durante 24 horas, no Pólo sul e zonas limítrofes é noite 24 horas e vice-versa.

Este fenômeno ocorre nos países situados acima do Círculo Ártico, como a Noruega ou a Finlândia, ou abaixo do Círculo Antártico no Pólo Sul.

Se for durante o inverno você poderá ver a Aurora Bureal

Um dos fenômenos mais espetaculares da natureza, a aurora boreal é causada por uma explosão solar na qual bilhões de partículas energizadas são disparadas no espaço. Ao entrar em contato com o campo magnético da Terra, uma parte dessas partículas é canalizada em direção aos polos magnéticos, adentrando na atmosfera. Quando entram em contato com os gases, elas adquirem as cores verde (oxigênio), azul (hidrogênio) e vermelho (nitrogênio).

A Islândia é um dos principais destinos para apreciar este incrível fenômeno. Isso porque o país está situado no Círculo Polar Ártico. A melhor época para admirar a aurora boreal é entre o final de setembro e o início de março, que correspondem ao outono e inverno no hemisfério norte.

As noites ideais para acompanhar esse espetáculo celeste são aquelas nas quais o céu está limpo e sem nuvens. Caso o fenômeno seja intenso, é possível visualizá-lo até mesmo sob as luzes urbanas da capital Reykjavík. No entanto, muitos viajantes optam pelos tours que saem da cidade em direção a localidades mais afastadas.

 Você pode andar entre dois continentes

Graças às extraordinárias formações geológicas deste país, na Islândia é possível fazer coisas tão extraordinárias como caminhar entre dois continentes ao mesmo tempo. Especificamente, em Thingvellir, você pode fazer uma caminhada sobre a falha geológica que divide a Europa e a América do Norte atravessando a ponte que une os dois continentes. Você terá a incrível sensação de que o mundo se dividiu em dois! Também é possível fazer um mergulho entre as placas tectônicas e toca-las!

A palavra geyser vem do geysir islandês

Como não poderia ser de outra forma, os geysers do mundo inteiro devem seu nome a um gigante das profundidades terrestres chamado Geysir , localizado precisamente no vale islandês de Haukadalur. Foi o primeiro geyser conhecido e, infelizmente, hoje não pode ser visitado por motivos de segurança, mas é possível ver outros muito parecidos com o Strokkur, que continua a jorrar água a cada 8 minutos, as vezes até menos. A Islândia é considerada o maior campo de geysers e atividade geotérmica no planeta.

O cachorro-quente islandês é um dos melhores do mundo

Mesmo o próprio Bill Clinton provou o conhecido Pilsur (ou cachorro-quente islandês) e ficou impressionado com o seu sabor incrível, chegando a afirmar que era o melhor que ele já havia provado! Outras celebridades, como o vocalista da Metallica, James Hetfield, declararam-se fãs absolutos desses cachorros-quentes e solicitar salsichas diretamente de fornecedores islandeses. O melhor lugar para tentar essa iguaria é o Baejarins Beztu Pilsur em Reykjavík, que está  localizada perto do porto de pesca que, desde 1937, oferece esses cachorros feitos com carne de porco, vitela e cordeiro. Talvez por ser não ser tão apreciadora de hots dogs não achei isso tudo não! Pronto para viajar para a Islândia?

Eles têm um aplicativo móvel para evitar incesto

Por ser uma população pequena, pouco mais de 320 mil habitantes, os islandeses são quase todos parentes próximos, tanto que a alguns anos atrás a lista telefônica era elencada pelos primeiros nomes+ profissão. Assim ficaria fácil saber que o Thor com que se quer falar é mesmo o Thor peixeiro, não o Thor eletricista, algo somente possível em um país onde todos se conhecem ou conhecem alguém que conhece a terceira pessoa, entenderam? Vou tentar simplificar: Mesmo ao discar o número errado, a pessoa que atendeu normalmente conhece a tal pessoa que está sendo procurada. Ficou claro?!

Essa peculiar proximidade motivou um grupo de estudantes da Universidade da Islândia a fundar uma companhia de software “Sad Engineer Studios” e lançar seu primeiro aplicativo, o Íslendingabók (algo como um livro de registro dos islandeses). O intuito principal do aplicativo não é somente fornecer informações históricas, mas também evitar casos de incesto.

“Dormir com um parente acidentalmente é uma piada frequente na cultura islandesa”, disse Arnar Freyr Aðalsteinsson, um dos criadores do aplicativo. “Por isso uma das funções é o Bump, que permite que usuários saibam se duas pessoas têm alguma conexão familiar ao tocar seus telefones.”

Clima e temperatura

A Islândia está localizada logo ao sul do Círculo Polar Ártico, mas graças à Corrente do Golfo, as temperaturas são frescas no verão e não são tão frias quanto se pensa no inverno (por exemplo, as temperaturas em Londres são quase sempre mais baixas do que em Reykjavík). O tempo na Islândia é muito volátil, em compensação. A Corrente do Golfo trás um ar com temperaturas mais altas do Atlântico e, em contato com o ar Ártico frio, os céus ficam permanentemente encobertos, ocorrendo também neblina, ventos fortes e chuva, com o tempo virando rapidamente. É muito fácil sentir as quatro estações do ano em um só dia. Acreditem, eu vivi isso!

Em nossa imaginação reside a idéia de que o clima na Islândia é frio, com nevascas e paisagens geladas, devido à alta latitude do país. Mas esta visão está bastante longe da realidade, os verões são moderados e os invernos suaves , muito mais do que em alguns países da Europa continental. No verão, a temperatura média é de 12º a 14º, e geralmente não excede 20º- 25º; enquanto no inverno, as temperaturas são 0º nas partes inferiores e -10º nas terras altas. Está vendo que não é tão gelado assim, o mais complicado é o vento mesmo!

•Nas cidades, os semáforos têm rostos . Se é vermelho, o rosto está triste. Se ficar verde, o rosto está sorrindo 😁.

•Os supermercados mais baratos são os chamados de Bônus.

•Em todos os lugares , mesmo nos mais remotos, usamos o cartão de credito, principalmente nos postos de gasolina so aceitam cartão mesmo.

•Casas de turfa: São construções típicas cobertas com este material orgânico que serve de isolamento para o frio.

Essas são algumas curiosidades sobre a Islândia, se você conhece, já foi ou sabe de mais alguma deixe aqui nos comentários abaixo. Não deixe de seguir também no Instagram, Facebook e no Youtube! Beijos e até o próximo post!

 

 


Apoio:

 Contatos:
 Karla Barbosa
Travel Consultant
Brazil Connection Uk
020 3440 7296

Kutná Hora e a igreja de ossos em Sedlec! República Tcheca!

By | Tópicos recentes | No Comments

IMG_4660

Antes de viajar para Praga fiz algumas pesquisas de lugares perto de Praga que dava para fazer um bate-volta, e foi aí que encontrei Kutná Hora, fiquei mais curiosa ainda quando vi que o lugar mais visitado da cidade era a igreja de ossos de Sedlec.

Kutná Hora fica à uma hora de carro de Praga, lembra que no post de Praga disse que tinha alugado carro por um outro motivo? Então, era esse; fazer esse passeio sem depender de excursões, e ficaria mais barato ainda.

 

praga para kutna hora

A primeira coisa que notei sobre Kutná Hora, foi a tranqüilidade. O ritmo mais lento e a atmosfera tranquila foi um alívio das multidões de Pragua. Fiquei impressionada com a arquitetura histórica da cidade! Nós passeamos pelas ruas da cidade vimos muitas construções belíssimas, entre elas, casas góticas, renascentistas e barrocas.

Kutná Hora foi fundada em 1142 e passou a se tornar a segunda cidade mais rica do Reino da Boêmia.

Abaixo da cidade há quilômetros de minas de prata que, no auge, ajudaram Kutná Hora a competir econômica e politicamente com Praga. A Casa da Moeda da Boêmia estava aqui, convertendo a prata de Kutná Hora em moedas que foram usadas em toda a Europa Central.

Eventualmente, as minas foram esgotadas, algumas inundadas, e a cidade que uma vez foi uma residência favorita dos reis boêmios, rapidamente diminuiu.

Kutná Hora tem um tamanho relativamente pequeno, no entanto, a distância entre dois dos pontos mais importantes ( Catedral de St Barbara e  Sedlec Ossuary) é de mais  ou menos 3 km!

CATEDRAL DE ST BARBARA

A Igreja de Santa Bárbara é a jóia de Kutná Hora. Dedicada ao santo padroeiro dos mineiros, Santa Bárbara, esta obra-prima gótica simboliza a importância da mineração de Kutná Hora.

kutna hora www.mirelletome.com  IMG_4724

O interior da Igreja de Santa Bárbara está decorado com afrescos que retratam a vida em Kutná Hora durante a época medieval. Motivos de mineração e cunhagem de moedas freqüentemente aparecem na decoração da igreja. Minha parte favorita da igreja era o teto, seu projeto parece com uma fileira de flores enormes!

5 7 8 9 10 Kutna-Hora

A construção começou em 1388 mas não foi terminada até 1905, foram mais de 500 anos até a obra ser terminada! Não é incomum para igrejas deste tamanho e período de tempo ter levado muitos anos para construir e a igreja de Santa Bárbara não era diferente. As Guerras Hussitas e a falta de recursos financeiros foram os culpados pela lenta construção da catedral.

É Inevitável visitar a Igreja de Santa Barbara e não ver o Colégio dos Jesuítas, é um enorme edifício ao lado da igreja, com sua fachada branca quase linear.

8040 IMG_4716 IMG_4723 IMG_4702

Em frente a Catedral fica a ponte da Via Barboská, com 13 esculturas ao longo de seu comprimento, dispostas de forma bem parecida com a Ponte Carlos de Praga. De um lado ela percorre o prédio do Colégio Jesuíta e do outro dá acesso a uma vista incrível para um parque, dando um visual meio bucólico para nossa chegada ao centro de Kutná Hora…

IMG_4706 IMG_4708 IMG_4709 IMG_4717

 

SEDLEC OSSUARY

 

Apenas alguns km de Kutná Hora, em Sedlec, está o ossuário de renome mundial e famoso por seu arranjo bizarro, contudo artístico, de ossos humanos.

IMG_1563 IMG_1569 kutna hora republica tcheca IMG_1580 IMG_4655 IMG_4657 IMG_4668 IMG_4675 IMG_4687

A “Igreja dos Ossos” é notável e incrivelmente inusitada! Nesta pequena capela não há frescos coloridos do teto, bancos de madeira, ou vitrais. O interior da capela é artisticamente decorado com ossos humanos – mais de 40.000 deles!
A peça mais impressionante na igreja é um enorme lustre feito inteiramente a partir de ossos. Pelo menos um de cada tipo de osso humano foi usado para criar seu designe assombroso.

 

IMG_4677

A decoração da igreja é um verdadeiro festival de crânios, úmeros, tíbias, costelas e todo tipo de partes humanas. As decorações feitas de 40.000 esqueletos incluem lustres, candelabros e um brasão. O lugar é tão fascinante, que a intenção do “decorador” era ressaltar a inescapabilidade da morte, porque ao entrar no ossuário o visitante sempre lembrará de sua própria condição mortal.

 

IMG_4689  IMG_1565kutna hora republica tcheca

A historia da Igreja

Depois da Peste e das Guerras Hussitas, milhares de pessoas foram enterradas aqui, levando ao cemitério a ser ampliado. Por volta de 1400, uma igreja gótica foi construída no meio do cemitério. A capela inferior deveria ser usada como um ossário para as sepulturas descobertas durante a construção e as que foram demolidas para abrir espaço para novos enterros.

igreja de ossos Sdlec republica tcheca

Os ossos permaneceram na capela inferior até 1870, quando a nobre família Schwarzenberg quiz que os montões de ossos fossem postos em ordem. Um escultor de madeira com o nome de Frantisek Rint foi nomeado para o trabalho, e sua criação macabra é o que vemos hoje.
O fascinante arranjo de Rint de ossos humanos fez Sedlec Ossuary uma das atrações turísticas mais visitadas na República Checa. Cada ano mais de 200.000 visitantes vêm para ver esta capela excepcional.

 

 

LEIA TAMBÉM O POST COMPLETO DE PRAGA

IMG_4545

Horários e preços!

O ossário está localizado no subsolo da Igreja do Cemitério de Todos os Santos em Sedlec, um subúrbio de Kutna Hora. (Zamecka 284 03, Kutna Hora, República Checa).
As horas são as seguintes: 8:00 – 18:00 (9:00 am aos domingos) de abril a setembro. Outubro a março 9: 00-5: 00 e novembro a fevereiro 9: 00-4: 00.
A admissão é de 90 CZK para adultos ( compramos na chegada mesmo)
Kutna Hora é uma hora de carro de Praga. Há uma abundância de empresas de turismo que oferecem excursões de Praga. Alternativamente, você pode pegar o trem.

Mais informações: www.sedlec.inf

 

 

LEIA AQUI SOBRE A CIDADE DE PEDRAS ADRSPACH TEPLICE

IMG_4781

5 obras de Gaudí imperdíveis em Barcelona

By | Tópicos recentes | No Comments

img_3402-2

 

Barcelona praticamente respira Gaudí, existem várias obras dele pela cidade, mesmo que você não saiba nada sobre arquitetura ou Gaudí, quando você anda pelas ruas de Barcelona você intuitivamente será capaz de identificar um edifício de Gaudí – eles são inconfundíveis. Então, se você está interessado em conhecer uma Barcelona diferenciada, irei apresentar 5 edifícios que visitei, as obras mais importantes projetado por Gaudí:

 

Mas antes assista o vídeo completo de Barcelona:

 

La Sagrada família

img_3404-2  barcelona sagrada-familia   img_3391-2
Esta é a obra mais famosa de Gaudí. Esta igreja está em construção desde 1892, e não se espera que seja terminada até 2030. A igreja apresenta uma excelente descrição da relação entre o homem, a natureza e a religião através de sua arquitetura. Escalar uma de suas torres lhe dará uma visão única de Barcelona.

 

Parc Güell

img_3310-2 img_3314-2 img_3337-2 img_3359-2 img_0654 img_3245-2

img_3262-2 img_3249-2
Parc Güell foi construído entre 1900 e 1914 e hoje faz parte do Património Mundial da UNESCO. Este é um complexo de jardim que abriga uma série de edifícios de designe dinâmico, incluindo a casa de Gaudí. A maioria dos edifícios tem o “trencadis” (superfícies cobertas com peças cerâmicas irregulares) que é característico de Gaudí e Art Nouveau. O salão com colunas e o terraço com formas serpentinas são os locais mais famosos deste parque. Este parque é o lugar perfeito para dar um passeio tranquilo enquanto aprecia a natureza e olhando a arte de Gaudí.

 

Casa Batlló

img_3017 img_3036 img_3094 img_3067
A Casa Batlló é o resultado de uma restauração total em 1904 de uma casa antiga convencional construída em 1877. Gaudí usou para ele os elementos construtivos típicos do Modernismo que incluem cerâmica, pedra e ferro forjado. Embora tenha sido altamente criticado pela cidade durante a construção devido ao seu projeto radical que quebrou todos os estatutos da cidade, em 1906 a Câmara Municipal de Barcelona concedeu-lhe o reconhecimento de ser um dos três melhores edifícios do ano.

 

 

La Pedrera

img_3107 img_3115 img_3144 img_3145
Este é um dos principais edifícios residenciais de Gaudí e uma das casas mais imaginativas da história da arquitetura. Este edifício é mais escultura do que um edifício. A fachada é uma massa variada e harmoniosa de pedra ondulante que, juntamente com as suas varandas de ferro forjadas, explora as irregularidades do mundo natural. A UNESCO reconheceu este edifício como Património Mundial em 1984.

 

 

Fonte da Cascada no Parque da Ciutadella

img_3764-2 img_3765-2 img_3766-2img_0903

A Cascada foi desenhada por Josep Fontseré em 1881, especificamente para a exposição universal em 1888, com o jovem Gaudí como assistente. A inspiração para a Cascada foi a famosa Fonte de Trevi em Roma, Itália. A fonte está localizado no parque mais famoso de Barcelona – Parque de la Ciutadella.

Como você pode ver, a arquitetura de Gaudí está cheia de características incomuns e inesperadas que não são vistas em outros edifícios, muito menos em outras cidades do mundo. Não é nenhuma surpresa porque as obras deste arquiteto fazem de Barcelona um dos mais procurados  destinos turísticos, que sem dúvida deixará você bem impressionado também!

O que fazer em 48 horas na incrível Kefalonia – Grécia

By | Tópicos recentes | 4 Comments

kefalonia rota

 

Nossa viagem pela Grécia seguiu para outra linda ilha – KEFALONIA – Depois de conhecer e babar pelas lindas praias e paisagens de Zakynthos seguimos para Kefalonia de ferry(barco).

IMG_0522
Kefalonia é uma ilha no Mar Jónico, cerca de 45 km a oeste da Grécia continental. Sua capital, Argostoli, está na costa oeste. A ilha é composta tem inúmeras falésias, enseadas cascalho e praias para todos os gostos. Praias movimentadas ou isolada, de areia ou pedras, estruturadas ou não, algumas delas acessíveis apenas a pé. A mais conhecida é Myrtos do norte, uma tira pitoresca de pedras brancas e seixos apoiados por falésias calcárias íngremes.  Certamente, cada praia na ilha é uma imagem mágica diferente e qualquer escolha que você fizer, a experiência vai ficar gravada na sua memória.

IMG_8995

Zakynthos também está ligado à Kefalonia por ferry-boat, a viagem leva cerca de 1 hora a partir de Agios Nikolaos no norte de Zante para Pesada, no sul da ilha de Kefalonia, o preço do ticket é de 8€ por pessoa, para mais informações entre aqui para ver os preços e horários.

 

Assista o video completo da nossa viagem pela ilha >>>

O porto em Kefalonia não tem estrutura nenhuma, aqui vai uma historia do que aconteceu conosco:

Quando chegamos no porto em Kefalonia tivemos uma grande surpresa, não havia ônibus ou taxi, é tipo no meio do nada, tinha apenas um café onde pedimos informação onde poderíamos pegar um taxi ou ônibus até a cidade, o rapaz disse que andando uns 15min encontraríamos um ponto de ônibus, então la fomos nós, andamos, andamos e andamos os tais 15min e nada, já estava me sentindo perdida, até que um carro parou e perguntou para onde estávamos indo, e eu disse que estávamos indo até o ponto de ônibus, para ir até a cidade e alugar um carro,  a simpática mulher riu e disse: não tem ônibus nem taxi aqui, e a cidade mais próxima fica a 30 min de carro, e nos ofereceu uma carona, ( foi nossa primeira carona em nossas viagens) tivemos sorte, ela trabalhava no bar do ferry, aceitamos a carona e ela nos levou até uma agência para alugar o carro, ( foi um anjo enviado por Deus) , eu perguntei como as pessoas que chegam no porto faziam para chegar até a cidade, ela disse que a maioria vão de excursões (day trip a partir de Zakynthos),  reservam um taxi antes ou chegando lá liga para o taxi ir buscar, achei super estranho, para uma ilha tão turística, enfim, alugamos o nosso carro para 2 dias por 60 euros, e começamos nossa aventura pela ilha.

 

IMG_0480 IMG_0498 IMG_0499 IMG_0502 IMG_0506 IMG_0514IMG_0489

Neste mapa acima mostra nosso roteiro dentro da ilha, nossa primeira parada foi em Costa-Costa. Costa-Costa fica em Argostoli e é uma das praias mais organizadas da ilha,  uma praia linda e super estruturada, nela você encontra um restaurante de comidas rápidas, cockteis, espreguiçadeiras na praia, vestuário, banheiro e até duchas, a areia é fina e dourada.

IMG_0467 IMG_0469 IMG_0470 IMG_8662

Depois seguimos para em direção ao nosso hotel em Agia Efimia, escolhi essa região para se hospedar por ser bem próximo as principais atrações da ilha, como: as praias de Myrtos e Antisamos e as cavernas Melissane e Drogarati. A vila em si é super charmosa, é uma vila de pescadores tradicionais na costa leste de Kefalonia centrado em um pequeno porto, cheia de lojas, bares e restaurantes, e as pessoas super simpáticas, haaa sem falar na comida, uma delicia e muito barata.

 

IMG_0614 IMG_0615 IMG_0617 IMG_0618 IMG_0619 IMG_0622 IMG_8800 IMG_8805IMG_8803

Depois de fazer o no check-in no hotel Moustakis fomos para Myrtos, uma praia linda, se você colocar no google o que ver e fazer em kefalonia, essa será a primeira praia a aparecer, a praia fica apenas 15-20 min de Agia Efimia, esta praia é considerada uma das mais belas praias de Kefalonia, para chegar lá, você precisa superar um caminho sinuoso que é muito perigoso.

IMG_0528

No caminho tem um encostamento para parar e tirar fotos da vista linda da agua azul turquesa cercada por montanhas de falésias calcárias enormes e colinas verdejantes  e a pedrinhas brancas da praia.

Uma dica – Não espere chegar na praia e encontrar , bar , restaurante, cadeiras, a praia não tem nada, apenas banheiros, então se tiver de planos de passar boas horas por la é melhor preparar um cesta de picnic , água e toalhas para deitar, apesar da praia ser de pedras, da para relaxar de boa, a água também é morninha.

 

IMG_0533 IMG_0535 IMG_0550 IMG_0574 IMG_0602 IMG_8773 IMG_8783

Passamos à tarde toda nessa praia relaxando e esperando o por-do-sol, depois voltamos para Agia Efimia para umas comprinhas e jantar em um dos restaurantes na beira do porto.

2 dia – Acordamos cedo para aproveitar o último dia na ilha grega. E assim seguimos viagem rumo às cavernas.

Parada obrigatória são as cavernas Melissane e Drogarati que fica apenas 10 min de Agia Efimia, na cidade de Karavomylos.

IMG_0625 IMG_0632 IMG_8840 

DCIM101GOPROGOPR5661. IMG_8847 IMG_8852

 

Melissani Cave foi descoberta em 1951, quando um terremoto desabou o teto, a caverna contém dois grandes lagos, cerca de 30m de profundidade e 3,5 km de comprimento, a água é salobra, uma mistura de água do mar com água doce, quando o sol bate no meio-dia, a água azul-turquesa que flui suavemente através da caverna reflete uma cor mágica e ilumina as paredes ao redor com luz azul.

 

melissani kefalonia viagens

Para entrar em Melissane tem que pagar uma taxa de 7.50 €, tem alguns barquinhos com capacidade de até 15 pessoas a espera para fazer um passeio dentro da caverna, infelizmente não pode nadar, o passeio dura cerca de 15 min e enquanto o guia conduz o barco conta a historia da caverna, um passeio super legal.

Drogarati

IMG_0635 IMG_0666 IMG_0646 IMG_0637 IMG_0641IMG_0638 IMG_0642

Essa caverna fica apenas 10 min de Melissane e 40 minutos de carro do Argostoli e é realmente um lugar fascinante para se visitar. Situado a 120 metros acima do nível do mar, a uma profundidade de 95 metros, estas cavernas tem mais de 150 milhões de anos (e vendo como os dinossauros foram extintos há 65 milhões de anos atrás a sua longevidade é bastante impressionante!). Há uma taxa de 5 euros para entrar, depois de  descer os degraus de pedra chegamos em uma caverna fria e  iluminada,  preenchido com torção estalagmites e estalactites formadas ao longo de milhares de anos.

Antisamos 

IMG_0728 IMG_0725 IMG_0729

IMG_0741 IMG_0746 IMG_0716

A ilha de Kefalonia atingido glamour especial e publicidade por causa da produção de Hollywood “Bandolim do Capitão Corelli”, que foi filmado no ano de 2000 na ilha. A praia que fascinou a maioria dos espectadores não era outra senão a praia de Antisamos.

Antisamos é uma das praias fascinantes da ilha. No caminho para a baía a vista é de tirar o fôlego e uma vez que você chega na praia o cenário é ainda mais fantástico.

A paisagem distingue pela sua beleza natural, que consiste em águas azul-turquesa e uma maravilhosa circundante de colinas verdes e vegetação exuberante em cima que cresce quase no mar. As suas águas são cristalinas e  cheias de peixes.

A praia pode ser facilmente acessada a partir de uma estrada costeira em Sami e é muito bem organizada, com guarda-sóis e espreguiçadeiras, bares de praia e um centro de esportes aquáticos.

Por trás da colina há um ótimo local para banhistas e amantes da natureza. Além da praia, há também um mosteiro, o mosteiro de Agrillion que fica no topo da colina e vale a pena visitar.

IMG_8895 IMG_8907 IMG_8964

IMG_8967 IMG_8970 IMG_8987

Dica – Visitar um restaurante tradicional grego –  Kefalonia recebe a maior parte de sua renda do turismo, além das infinitas atrações, há uma variedade de opções de alimentos, mas não tanto grego! Isto é onde você precisa sair um pouco fora do roteiro e descobrir restaurantes com pratos tradicionais da culinária local. Afinal, você não pode ir para a Grécia e não têm uma experiência autêntica cozinha grega! Nós recomendamos o Old Time que fica em Skala, este restaurante foi recomendado por uma amiga e gostamos muito, tanto da comida quanto da simpatia e do ótimo serviço.

IMG_0686 IMG_0695 IMG_0703 IMG_8788

 

Leia também >>> sobre Mykonos

Leia também >>> sobre Creta

Leia também >>> sobre Santorini

Leia também >>> sobre Zakynthos

 

 

Dicas de Zakynthos – Grécia – 24 horas no paraíso

By | Tópicos recentes | No Comments

Quando pensamos nas ilhas gregas, as primeiras que vem na cabeça é Mykonos, famosa pelas festas ou Santorini com suas casas brancas empoleiradas ao longo da caldeira. Mas Zakynthos vem ganhando gosto pelos turistas e sendo cada vez mais visitada, e isso graças a lindíssima praia “Navagio”.

IMG_0454

A bela ilha grega, Zante ou Zakynthos, fica localizada na costa oeste da Grécia. Esta ilha é a terceira maior das ilhas Jônicas, tanto em área quanto em população. As ilhas Jônicas são menos conhecidas que as famosas Ilhas Cíclades, das quais se destacam Mykonos e Santorini, mas se tratando de beleza natural são ainda mais bonitas, com suas montanhas cobertas de ciprestes e águas verde-esmeralda, Zakynthos tem de tudo, desde praias ensolaradas, paisagens naturais, aldeias pitorescas, cidades movimentadas, museus, monumentos e templos históricos, Zakynthos supera as expectativas até dos turistas mais exigentes.

Mas, para ver tudo isso você precisa no mínimo de 3 à 7 dias, e eu só tive 24hr para explorar e conhecer um pouco do que a ilha tem para oferecer.  

IMG_0206

Como chegar em Zakynthos

A melhor maneira de chegar em Zakynthos (Zante) é de avião.

Reservei nosso vôo de Mykonos para Zakynthos pela Aegean Airlines 137€ pp, na verdade foram 2 vôos ( de Mykonos para Atenas e de Atenas para Zakynthos).

(O vôo saiu de Mykonos 23:10 e chegou em Atenas 23:50, isso mesmo apenas 40min de vôo).

Os vôos de uma ilha para a outra são bem rápidos, pena era não ter vôos direto de Mykonos para Zakynthos, tivemos que passar a noite no aeroporto, porque o próximo vôo era às 5:30 da manhã, mas foi tranquilo, afinal, férias é férias!

(O vôo de Atenas para Zakynthos saiu às 5:30 e chegou 6:25, foram apenas 55 minutos no ar).

IMG_0317

Chegamos em Zakynthos, o que fazer?

A primeira coisa que você deve ter em mente é que a ilha não oferece bons serviços de transporte Público, começando pelo aeroporto, não existe ônibus do aeroporto para o centro da cidade, apenas taxi, o preço é até razoável, do aeroporto até o centro da cidade pagamos 17€, 15min de viagem.

Como se locomover pela ilha

A melhor maneira de conhecer a ilha é de carro, alugamos nooso carro no porto central de Zakynthos por 50€ por 1 dia, é útil ter um GPS ou usar seu telefone celular para o app do Google Maps. Nós usamos o Google maps ( uma dica: se você não quiser gastar muito dinheiro com  seu roaming, é simples, você conecta o Wifi, geralmente tem Wifi por todos lados, cafés, restaurantes, e coloca no Google maps o endereço ou nome do lugar que queira ir, depois que já tiver a direção pode desligar o wifi que o mapa ja estará salvo mesmo você estando offline).

IMG_0162

Navagio Beach ou Shipwreck

Leia neste post Como chegar na praia Navagio e no Mirante

Navagio é muitas vezes referida como a praia Shipwreck ou simplesmente “O Naufrágio”, muitos acreditam ter sido o naufrágio de um navio chamado Panagiotis, um navio de contrabandistas.

Navagio é considerada uma das praias mais lindas da Europa e está localizada perto da pequena cidade de Anafonitria, na costa noroeste da ilha de Zakynthos. A área é definida por suas falésias calcárias, praias de pedrinhas brancas e águas cristalinas com um tom de azul indescritível.

 

Assista também o vídeo da nossa viagem pela ilha!!!

Cameo Island

Cameo é uma pequena ilhota privada ao lado do porto de Agios Sostis. No passado, costumava ser parte do continente, mas depois de um terremoto se separou como um pequeno pedaço de terra no mar. Cameo está ligado com a praia através de uma ponte de madeira. Depois de passar a ponte, você verá um portão onde é cobrado uma taxa de entrada (€ 5 por pessoa) para que possa visitar o ilhéu e a sua pequena praia, com bar de praia. A taxa de entrada inclui uma bebida no bar e utilização gratuita de espreguiçadeiras. O bar da praia é chamado Cameo Beach Club, é pequeno, mas popular.

IMG_0272 IMG_0256IMG_0274 mirelle tome

Durante o dia, a ilha está sempre cheia de turistas, famílias tomando sol à beira mar. À noite, a ilha se transforma em uma festa na praia muito popular com música e um show de luzes para acompanhar as batidas. Sua característica distintiva é a corda com pano branco pendurado acima da praia. Nos últimos anos Cameo se tornou um destino de luxo popular para cerimônias e festas de casamentos.

 

 

Marathonisi Island ( ilha da tartaruga) e a tartaruga marinha Caretta-caretta

 

 

marathonissi

foto da internet

Nós não tivemos tempo para ir até lá, admiramos só de longe, mas caso tenham tempo não deixe esse passeio fora do seu roteiro!

Marathonisi fica poucos minutos da extremidade da baía de Laganas que é famosa pelas belas praias de areia dourada e as tartarugas cabeçuda ou Caretta Caretta, mas para chegar até lá é preciso alugar um barco ou pegar um taxi boat( você pegar um taxi a partir do porto Agios Sostis em Laganas, por €10pp ida e volta).

A ilha da tartaruga

 

A ilha da tartaruga ganhou esse nome por ter um formato de tartaruga de longe e é a casa das tartarugas ”Caretta-caretta” (tartaruga cabeçuda) , é uma espécie em extinção, mas ainda pode ser visto nas águas por aqui, a ilha é um dos poucos lugares de acasalamento e desovas.

foto da internet

Melhor época para visitar: junho, julho e agosto, quando as tartarugas migram para a baía para colocar seus ovos na praia.

Onde se hospedar?

Minha maior dúvida foi essa, qual o melhor local para nos hospedarmos, depois de algumas pesquisas cheguei a conclusão que Alykanas seria o ideal, perto de Navagio, do porto Ag. Nikolaos e de Zakynthos Town!

zakynthos-map (1)

Nós nos hospedamos no Tassos & Marios Studios Apartments, a escolha do hotel foi por 3 razões: Local, preço e conforto. O hotel é na verdade apartamentos, e achei bem equipado, com cozinha grande, banheiro, e estacionamento. Os donos foram bem simpáticos, nos sentimos em casa, além de ótimos preços.

03 05 08

Para fazer a reserva é só entrar no site Tassos & Marios Studios Apartments, eles tem apartamentos em Laganas também. Laganas é uma região coladinha com o aeroporto que atrai muitos jovens pela sua infinidade de festas. São basicamente duas ruas principais, cheias de hotéis / studios, locadoras de carros e quadriciclos, bares e restaurantes. Já Alykanas é um distrito bem calmo em Zakynthos, sem tantas opções de restaurantes e pouco transporte publico. A vida noturna é bem calma e praticamente não há o que fazer de noite, mas muitos turistas ficam lá por ser próxima ao norte da ilha, onde tem a famosa Navagio Beach.

 

IMG_0160 IMG_0311 IMG_8499 IMG_8511

IMG_0250 IMG_0211

Quantos dias ficar? E qual melhor época?

Eu particularmente fiquei impressionada pela sua natureza, incluindo Navagio, as cavernas azuis, Keri Caves, as praias escondidas, a culinária local, como azeite de oliva, vinhos locais e queijos gregos, enfim, se eu pudesse, ficaria no mínimo 3 dias na ilha, ou no máximo 6 para explorar cada cantinho da ilha.

A melhor época é de junho a Setembro, mas se puderem evitem julho e agosto, são meses de alta temporada, e tudo fica mais caro e mais lotado!

Dicas de Portovenere Itália

By | Tópicos recentes | One Comment

Portovenere é conhecida como o Golfo dos poetas e também a sexta Terre, a cidade além de muito charmosa é bem mais estruturada do que as cinco vilas de Cinque Terre. Portovenere não estava no nosso roteiro, mas não resisti e enchi as paciências do Diego para irmos até lá. Saímos de Cinque de manhã e fomos direto para Portovenere , quando chegamos lá por volta das 8:30 da manhã não havia quase ninguém nas ruas, só mesmo os comerciantes e procuramos um lugar para estacionar e fomos tomar nosso café da manhã,  e enquanto nós estávamos tomando o café da manhã, começaram a chegar barcos lotados de turistas, de repente o porto da vila encheu que ficou parecendo formigueiro, a maioria dos turistas escolhem Portovenere para fazer passeios de barcos pelas Cinco terras.

Leia mais sobre Cinque Terre 

Portovenere é apaixonante, com casas coloridas típicas, ruas estreitas medievais e até um castelo no alto de uma colina.

IMG_8262 IMG_8257 IMG_6715 IMG_6751 IMG_6748 IMG_6728 IMG_6752

O que ver e fazer em Portovenere

Não há muita coisa para fazer em Portovenere, a cidade é pequena e um dia é suficiente para visitar todos os lugares interessantes.

Igreja de São Pedro

IMG_8284  htrr ggfdf

Portovenere na época romana era conhecida como Portus Veneris, um templo dedicado a Vênus – a deusa das boas coisas: amor, beleza, sexo, fertilidade. Uma igreja cristã primitiva foi construída exatamente sobre a localização do Templo e, em 1256, Genova substituiu-a com esta Igreja com as cores preto e branco, distintivo de San Pietro – uma recompensa sagrada para a ajuda de Portovenere em conquistar o castelo de Lerici. O estilo arquitetônico é chamado Genovese gótico, e tem uma beleza simples.

Byron’s Grotto

IMG_8270 IMG_8281 IMG_8290 IMG_8263

Perto da Igreja de San Pietro( São Pedro) estão as falésias e rochas da pequena baía conhecida como Gruta de Byron. A gruta ou caverna entrou em colapso em 1930, e parte dela foi destruída,  é um cenário dramático maravilhoso com falésias impressionantes.

Porto

IMG_8323 IMG_8310 IMG_8311 IMG_8331

 

Aqui estão concentrados os restaurantes, bares e cafés, daqui também saem os passeios de barcos para as ilhas visinhas e Cinque Terre.

 

Ilhas

portovenere-palmaria IMG_8335 IMG_8336 IMG_8256

Do outro lado do canal estão as ilhas de Palmaria, Tino e Tinetto – que constituem o único arquipélago da Liguria. Palmaria é a única ilha que pode ser visitada sem permissão especial e vale a pena um passeio, se tiver tempo. Tem praias e trilhas desertas, fortes militares abandonados, pedreiras antigas e uma paisagem única do Mediterrâneo. Há também um ferry boat de Portovenere que faz um tour pelas três ilhas.


Castelo Doria 

IMG_8285 IMG_8295 IMG_8297 IMG_6732

Este belo castelo que está sobre a rocha, em Portovenere foi construída nos séculos XII-XIV (data exata é desconhecida). Ele pertencia à família Doria que desempenhou um papel muito importante na vida do Golfo de Génova. Agora é um dos principais marcos em Portovenere, de onde você terá uma vista espectacular e panorâmica sobre a cidade e a igreja de San Pietro.

Leia também sobre: dicas de Portofino

Assista o nosso vídeo de Portofino e Portovenere >>>

 

 

 

 

 

Portofino um charme italiano na costa da Ligúria – Itália

By | Tópicos recentes | 4 Comments

Eu poderia descrever Portofino com apenas esta frase:

Portofino é simplesmente encantador!!!! ( Dizem que é um dos lugares mais fotografados do mundo!)

IMG_7829_Fotor

Portofino é um belo local relaxante e cheio de magia.

Portofino é uma linda vila ao longo da Riviera da Ligúria, considerada por muitos uma das oito maravilhas do mundo. É uma cidade pequena com mais ou menos 500 moradores no meio de uma pequena baía que se tornou famosa no mundo todo. Portofino, é uma vila de pescadores, com casas coloridas e  cenários paradisíacos de frente para um porto com água verde cristalina, que tornou-se muito famoso pela sua “Dolce Vita”; na verdade, muitos atores, atrizes, estrelas pop e nobres ricos começaram a frequentá-la para admirar seu lindo pôr- do- sol, as vistas deslumbrantes e festas exclusivas.

IMG_7886_Fotor

IMG_7888_Fotor

IMG_7926_Fotor

IMG_7911_Fotor

IMG_7902_Fotor

IMG_7899_Fotor

IMG_7887_Fotor

Portofino é minúsculo e é possível ver tudo por lá em uma manhã ou uma tarde curta. Você pode chegar de ônibus (de Santa Margherita, Rapallo ou Camogli), de barco ou de carro. Eu sugiro que você chegue a Portofino usando a estrada panorâmica estreita ao longo da costa de Santa Margherita Ligure, para apreciar a vista da baía! E já vou avisando: a estrada é estreita e cheia de curvas. Logo na entrada da cidade a gente dá de cara com um estacionamento (Autoparcheggio di Portofino) subterrâneo. Fácil e prático, mas um pouquinho caro (6€ por hora). Para os amantes de trekking, há a possibilidade de chegar Portofino atravessando a montanha através de uma trilha a partir de Camogli / San Fruttuoso e que irá levá-lo até a vila.

IMG_7778_Fotor

IMG_7781_Fotor

IMG_7860_Fotor

IMG_7812

Graças a um clima tipicamente mediterrânico e a beleza das suas paisagens, Portofino tem sido um destino turístico de excelência ao longo de décadas. Os turistas têm a possibilidade de escolher entre diferentes categorias de hotéis para ficar, e lojas de todos os tipos para fazer compras.

Assista o vídeo ➡️

A via Roma, te levará à famosa Piazzetta, um pequeno quadrado sempre cheio de pessoas, basicamente onde chegam os turistas, ao redor da praça há lojas, boutiques e restaurantes.
No topo de uma rocha, há a Chiesa di San Giorgio, reconstruído depois da última guerra. O original foi construído em 1154. Dentro, você vai encontrar relíquias de St. George, trazidos pelos marinheiros da época. A abadia de Saint George pode ser alcançado por footpath da Piazzetta. Eu recomendo que você continue o caminho para a Castello Brown, a partir daqui a vista é de tirar o fôlego! O castelo é cercado por um jardim mediterrânico cheio de flores, rosas e pérgulas. A fortaleza foi construída durante o período medieval como uma estrutura militar. Fortalecido por Napoleão, que, em seguida, tornou-se a residência do cônsul Inglês, Montague Yeats Brown. Hoje, o castelo é propriedade do Município de Portofino e é usado para exposições.

800px-Chiesa_San_Giorgio-Portofino

IMG_7865_Fotor

IMG_7828_Fotor

IMG_7885_Fotor

IMG_7912_Fotor

IMG_7875

Se visitar Portofino durante o verão, você pode tomar sol na praia de Paraggi, uma pequena baía cercada por montanhas. A praia de Paraggi também é um ótimo lugar para os amantes do mergulho, o fundo do mar é rico em corais e os destroços se um cargueiro 1917 podem ser exploradas, uma”jóia” com água cristalina e também visitar a fortaleza “Castello Bonomi”. Uma vez em Portofino você também pode tirar proveito de um passeio de barco pela costa e descobrir outras cidades por perto.  

portofino_cnt_24nov09_iStock_

paraggi-beach

hotel-argentina-paraggi-portofino-6.aspx

AEROPORTO PRÓXIMO DE PORTOFINO >>> O aeroporto mais próximo é Gênova,  45 km de Portofino.

O melhor período para visitar Portofino é de abril a Setembro. Na época alta (Julho e Agosto), Portofino pode ficar muito lotado e pode ser difícil encontrar um espaço de estacionamento.

Se tiverem tempo, sugiro visitar Cique Terre, que fica à 1h de Moterosso Al Mare ( a primeira vila para quem vai de Portofino). Todas a dicas neste post >>> Um giro por Cinque Terre 

 

Assista também o nosso vídeo >>>

Ruins of Whitby Abbey Monastery. North Yorkshire, England

10 cidades mais bonitas da Inglaterra para visitar na páscoa

By | Tópicos recentes | No Comments

A  Inglaterra é o  maior país da Grã-Bretanha, e chama a atenção dos turistas do mundo todo pela sua  diversidade. São quase 900 quilômetros de uma linda costa contrastando com onduladas montanhas em seu interior, vilarejos medievais e cidades vibrantes e acolhedoras.

Vocês também podem gostar de Bibury uma das vilas mais charmosas da Inglaterra 

10 interessantes para visitar no Reino Unido

Seja qual for sua paixão, a Inglaterra tem de tudo para oferecer. Cada região do país carrega suas próprias características sem perder a personalidade acolhedora e vibrante. As místicas pedras pré-históricas de Stonehenge, os cenários deslumbrantes dos campos e vilas de Cotswolds, os magníficos parques nacionais combinados com as cidades medievais como York e Durham, a agitada Manchester, mundialmente famosa por ser o berço do futebol e é claro a famosa Liverpool, terra dos Beatles. O condado da Cornualha é uma das regiões visualmente mais bonitas de toda a ilha, o vilarejo medieval preservado com muitas áreas verdes, mar azul cintilante, encosta de rochas e charmosas vilas de pescadores que recebem com muito bom humor os viajantes que se encantam com tanta beleza. Explorar a Inglaterra pode ser uma aventura maravilhosa para toda família. É muito prático alugar carro, o mesmo viajar de ônibus ou trem, o país possui uma das redes ferroviárias mais completas do mundo, logo, é a maneira mais fácil de viajar pelo país.

1.Cambridge

Cambridge é uma cidade encantadora localizada ao norte de Londres. É menor e mais bonita que Oxford, e é o lar de uma das melhores universidades do mundo, a Universidade de Cambridge, a cidade tem todas as opções culturais e de entretenimento que você pode esperar de uma cidade universitária. The King’s College Chapel  situado junto ao Rio Cam, é considerado um excelente exemplo da arquitetura gótica perpendicular e é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Recomendo um passeio de Punt( tipo Gondola) pelo rio Cam.

2.Bath

large
Bath está localizada a apenas 160 km de Londres, é considerada a cidade mais bonita da Inglaterra e dos lugares mais visitados nos arredores da capital Londrina. A cidade tem um passado riquíssimo e foi palco de acontecimentos importantes na história da Inglaterra, além de ser Patrimônio Mundial da UNESCO em função de suas águas termais. A charmosa cidade fica apenas 1 hora e 20 minutos de Londres. Em estilo medieval, Bath é ideal para relaxar e desfrutar de SPA e tratamentos com águas térmicas. Para chegar basta sair de Londres da estação de Paddington e desembarcar na estação de Bath SPA, localizada no centro da cidade.

3.Oxford


Cidade universitária mais antiga do Reino Unido, Oxford detém, juntamente com a “rival” Cambridge, a estampa de excelência e pedigree acadêmicos tão apreciados pelos britânicos.
Edifícios históricos como o Christ Church, a Biblioteca Bodleian e o Museu Ashmolean são algumas das atrações locais. O melhor mesmo, no entanto, é pegar uma bicicleta e se perder pelas ruas estreitas da cidade, caminhar pelos antigos dormitórios universitários, passeie de barco no rio e visite o Museu Ashmolean, o primeiro especialmente construído da Inglaterra e inaugurado em 1683.

Distância de Londres: 100 quilômetros

4.Liverpool


Liverpool possui uma extensa área portuária, além de ser Patrimônio da Humanidade da UNESCO, mas é conhecida e procurada por ser a cidade dos Beatles, por isso, muitas pessoas vão até a cidade para visitar Beatles Story, uma espécie de museu que conta toda a trajetória da banda. A cidade fica a 346 quilômetros de Londres, de trem são 2 horas de viagem (se o trem for direto) ou de 2 horas e 30 minutos (se tiver conexão pelo caminho). Os trens partem de Londres da estação de Euston e chegam em Liverpool na estação de Lime Street.

5.Canterbury


Não muito distante de Londres fica esta cidade – pequena, é verdade, mas com 2 mil anos de história. Canterbury entrou para a lista de cidades patrimônio da Grã-Bretanha e teve sua catedral e abadía consideradas como patrimônios da humanidade pela UNESCO. Canterbury foi uma das primeiras sedes do cristianismo no Reino Unido, e em um período trágico de sua história, se tornou palco brutal de violência contra religiosos. O assassinato do arcebispo Thomas Becket, no ano de 1160, dentro da catedral, é um dos mais conhecidos e continua a atrair peregrinos de todos os cantos do mundo. Há muita história a ser descoberta durante sua visita à cidade, que também conta com uma boa estrutura turística, de lojinhas a restaurantes e cafés.

6.York

York é uma cidade murada, com um rico património localizado onde o rio Foss se encontra com o rio Ouse. Um número impressionante de atrações são embalados para o espaço desta cidade antiga. Um dos marcos da cidade é York Minster. Este comandando catedral de pedra é preenchido com obras de arte notável. York é uma das maiores zonas pedonais na Europa, o que significa se locomover sem transporte não é difícil.

7.Stratford-Upon-Avon

Stratford-Upon-Avon é a cidade onde Shakespeare nasceu e morou até o fim de sua vida. Por isso, quase todo o turismo da cidade gira em torno de Shakespeare, com tour nas casas que foram importantes em sua vida. A mais interessante é o local onde ele nasceu (Shakespeare’s Birthplace), e fica localizada bem no centro da cidade. O passeio pela casa é rápido, mas é interessante para entender o começo da vida dele.

 

8.Birmingham

Neil Horward-Birmingham

Conhecida como a primeira cidade do mundo a ter poder fabril durante a Revolução Industrial, Birmingham é hoje a segunda maior dentre as cidades da Inglaterra. Em termos musicais, este foi o berço de bandas como Led Zeppelin e Black Sabbath; a cidade é um excelente polo de compras e vida noturna; possui a maior biblioteca pública da Europa, um belíssimo Aquário (a partir de 12,50£) e, não menos importante, o condado… quer dizer, vilarejo de Sarehole, onde viveu J.R.R. Tolkien e serviu de inspiração para a Vila dos Hobbits.

9.Torquay

Cada canto da Inglaterra é uma bela paisagem adornada com um cenário natural espetacular e obras de arquitectura mais fino. Olhando para cada um desses destinos, encontrar a vila de Torquay, um local requintado nas costas da Inglaterra vai deixar você sem fôlego. Andando a costa do lado sul da Inglaterra, você encontrará a cativante e requintada cidade de Torquay, conhecido desde os tempos antigos como o Riviera Inglesa, localizado na bela região de Torbay, aconchego e charme são indescritíveis, o que faz Torquay um dos destinos turísticos mais procurados na Inglaterra; estar lá é como estar nas margens do Mediterrâneo.

10.Eastbourne

Eastbourne-beach-boat-665

Eastbourne é um dos mais importantes destinos de veraneio da Inglaterra. A cidade possui muitos dias de sol ao longo do ano e as chuvas são mais freqüentes no inverno. Possui várias praias e é cercada por colinas com uma beleza diferente das outras cidades inglesas. A cidade atrai vários turistas e estudantes principalmente pela sua segurança e variedade de atrações. O píer de Eastbourne foi construído no século XIX e até hoje é uma das principais atrações da cidade, com diversos bares, restaurantes, e hotéis.

Planejamento de viagem e informações úteis de Dubai

By | Tópicos recentes | 6 Comments

Dubai já se tornou uma das dez cidades mais visitadas do mundo, apesar de ser um destino turístico relativamente novo se comparado a outros destinos mais tradicionais. Considerada a cidade do futuro, Dubai representa tudo que há de mais moderno e sofisticado no planeta, com atrações como o prédio mais alto do mundo, um maravilhoso hotel “sete-estrelas” e ilhas artificiais gigantes em formato de palmeira.

mirelletome dubai IMG_4272 IMG_4872

A escolha dessa viagem foi do meu noivo Diego, eu tinha curiosidade em conhecer, mas ainda não estava na minha lista das favoritas, mas como era a semana do aniversário dele, ele teve prioridade na escolha :).

Quando pensamos em Dubai a primeira coisa que vem na cabeça que é muito caro, é claro, como em todos os lugares existem o caro e o não tão caro, eu mesmo quando estava pesquisando sobre Dubai, fiquei indignada com os preços, porque estava pesquisando nos lugares errados, principalmente as reservas das principais atrações turísticas, (uma dica: viator e tripadvisor, são sempre mais caros, compre direto do site dos lugares que queira visitar), e depois de várias pesquisas consegui preços bem mais em conta, e para nossa surpresa a viagem em geral ficou bem mais barata do que eu pensava, existem algumas atrações que são de graça, como, a dança das águas , as praias, admirar os arranhas céus, mas tem as que são pagas e não são tão caros, como, subir no The top do Burj Khalifa, fazer o safari no deserto, fazer um tour de ferry pela Dubai Marina, visitar o maior aquário do mundo, passear de gondola pelo Madint Jumeira Resort, e os considerados caros são os restaurantes do Burj al Arab , só pra ter o gostinho de entrar no hotel , já que os não hospedes só pode visitar a partir de uma reserva em um dos restaurantes. Veja neste post sobre as atrações turísticas e preços de cada uma.

dubai_h_2014

Comprando a passagem

Quando comecei a pesquisar sobre Dubai, a primeira coisa foi decidir o dia da viagem para comprar a passagem, ai começou as buscas por passagens baratas, pesquisei por vários sites, inclusive pacotes turísticos que incluem a passagem + hotel, mas não me convenceu muito, então comecei a procurar separadamente, usei o google flights para me ajudar a encontrar , preços , horários e o dia mais barato, bombaaaa, achei exatamente o que estava procurando, nossa passagem( a minha e a do Diego) ficou em 645£ pela Royal Brunei, Londres – Dubai , comprei com mais ou menos uns 2 meses de antecedência, (você pode ver neste post aqui, como comprar passagens baratas ).

Reservando o hotel

Em relação à hospedagem, Dubai oferece centenas de opções de hotéis. Há aqueles mais econômicos no centro da cidade e hotéis sofisticados em grandes complexos como Dubai Downtown ou a Dubai Marina, sem falar naqueles que são símbolos da cidade, como o Burj Al Arab e o Atlantis The Palm.

Nossa estadia em Dubai foram 6 dias do dia 10/10 a 17/10 , reservei o hotel pelo site www.booking.com, ( a maioria das reservas pelo booking você só paga no dia da estadia)  hospedamos no Premier inn, o hotel é classificado 3 estrelas, mas vai por mim, eu ficaria até em algum de 1 estrela, tendo um boa cama e chuveiro, já está ótimo, se dormimos 7 horas por noite foi muito, a cidade e tão incrível, que nem da vontade de dormir para aproveitar cada minuto.

  

Continuando sobre o hotel, reservei com 1 mês e 15 dias de antecedência,  ficamos 5 noites ,mas pagamos por 6 por uma falta de atenção no horário da volta. o voo de volta pra Londres era 1:55 no sábado, e na minha cabeça esse horário iria dar no domingo (lol), então nosso check out seria ao 12:00 na sexta feira e não no sábado( então essa noite de sexta para sábado ficou perdida) o preço da reserva era 293£ , mas sabe aquelas letras pequeninas que ninguém lê:

Imposto de 10 % não incluído(a)
AED 10 Taxa de turismo por diária não incluído(a)
Taxa de serviço de 10 % não incluído(a)

Essas letrinhas ai mesmo, era um monte de taxas que não estavam incluídas e no final pagamos 369£ , 76£ de taxas a mais , mas mesmo assim, passagem + hotel  ficou por  507£ pp, bem mais barato do que os outros pacotes que tinha encontrado em outros sites, eu escolhi o hotel pela localização , que fica na região de  Dubai Marina, o hotel ficava 20 min de carro de todas atrações turísticas, praias e shoppings.

 

Assista o vídeo completo >>>

 

dicas de bairros para se hospedar em Dubai

Bairros-Dubai
Outra duvida foi onde se hospedar? Separei aqui alguns bairros para você entender as regiões da cidade e escolher um hotel na área que se encaixa direitinho no seu bolso e nos seus planos de viagem.
Primeiro vamos falar da área histórica do emirado: Bur Dubai e Deira. Os dois bairros estão às margens do Dubai Creek – canal de águas marítimas que divide a zona histórica da cidade ao meio, e têm características semelhantes. São antigos e comerciais. Não espere pelos arranha-céus e o luxo da Dubai dos programas de TV e revistas de turismo.
Deira
O bairro tem “dupla personalidade”, uma mais antiga e outra mais moderna. A região próxima do mar, onde fica a curva do Dubai Creek, é mais tradicional e comercial. Aqui ficam os mercados antigos, como o Souk do Ouro e o Souk de Especiarias.
Bur Dubai
Bairro popular e bem comercial. Nele estão localizadas atrações turísticas como o Dubai Museum e vários mercados árabes (souks).
Bur Dubai não fica muito longe da parte famosa da cidade mas as diárias aqui são mais baratas do que na área moderna.
Sheikh Zayed Road
É a área de negócios de Dubai. A Sheik Zayed Road é a avenida principal na cidade e aqui nos referimos à parte próxima do Dubai Convention Centre e do DIFC, centro financeiro da cidade.
Os turistas também costumam se hospedar nessa área porque tem uma boa localização e a gente se sente naquela Dubai das revistas de turismo. Os hotéis aqui são mais baratos do que nos bairros mais turísticos.
Downtown Dubai
Se você for se hospedar aqui, prepare o bolso. É um dos metros quadrados mais caros do mundo e as diárias de hotel não ficam atrás. Por outro lado, ao ficar hospedado nessa região há uma grande chance de seu hotel ter vista para o todo-poderoso Burj Khalifa. Você também estará pertinho do Dubai Mall, o shopping imperdível de Dubai.
Al Barsha
É um bairro residencial, bastante habitado e bem agitado, tem uma porção de restaurantes e lojinhas. Hotéis bons, preços acessíveis e a proximidade da praia (Jumeirah Beach) fazem de Al Barsha um excelente bairro para se hospedar.
Jumeirah e Palm Jumeirah
Ficar hospedado na área costeira da cidade, a partir da região onde fica o Burj Al Arab, é só para quem pode! Na beira da praia de Jumeirah ficam os resorts de cair o queixo e esvaziar o bolso, como o Jumeirah Beach Hotel e o complexo Madinat Jumeirah (que são dois hotéis top de linha, Al Qasr e Mina A´Salam, e o charmoso mercado árabe Souk Madinat Jumeirah).
Na Palm Jumeirah – arquipélago artificial em forma de palmeira que é um dos principais pontos turísticos de Dubai – ficam vários hotéis e resorts de alto luxo (e preço) como o Jumeirah Zabeel Saray, o Anantara e o Sofitel. Aqui também fica o luxuoso Atlantis, que é um hotel resort ideal para famílias com crianças. Para casais em lua-de-mel é mais recomendado One & Only The Palm.
Dubai Marina
Aqui a palavra de ordem é badalação. The Walk, avenida na Dubai Marina, é um desfile deslumbrante de gente bonita e carros de luxo. A praia pública tem uma infraestrutura extremamente bem cuidada. Esse bairro é tudo de bom tanto para turistas como para moradores. Os ocidentais adoram morar neste bairro, a gente se sente como se estivesse em uma praia dos Estados Unidos ou Europa. Dubai Marina é um bairro novo, inaugurado em 2008, e tem aquela arquitetura super moderna característica de Dubai.

Sobre alugar carro

A melhor forma de aproveitar este roteiro é alugando um carro, pois este é o jeito mais prático de se deslocar pela cidade. Algumas atrações de Dubai são distantes umas das outras e com o carro você também pode aproveitar para visitar a cidade de Abu Dhabi.  Alugamos o carro pela rentalcars.com por 79£ pelos 6 dias, alugamos com um mês antes de viajar. Estava com muitas dúvidas sobre alugar carro , fiz várias pesquisas , perguntei  pessoas que moram lá, que me ajudaram muito. Dirigir em Dubai não é tão difícil, mas por ser uma cidade bem planejada , suas grandes rodovias tem de 6 a 8 faixas em  cada sentido, mas se você tiver um gps é claro que fica bem mais fácil, nos só colocamos o nome do ponto de interesse e já nos dava a direção, sem precisar do endereço, e a maioria dos estacionamentos são de graça, Apesar do idioma oficial dos Emirados ser o árabe, as placas de trânsito são todas bilingues e apresentam informações tanto na escrita árabe quanto em inglês. As ruas de Dubai e Abu Dhabi são bem sinalizadas.

&MaxW=640&imageVersion=default&AR-140929269

Para quem vai utilizar o transporte público para circular pela cidade, Dubai possui uma rede de metrô bem extensa que atinge muitos pontos turísticos, incluindo grandes shoppings. Para visitar os locais onde o metrô não alcança, o mais recomendável é pegar um táxi partindo da estação de metrô mais próxima, Os taxis em Dubai são bem baratos…

Sobre o visto

Os Brasileiros precisam de visto para entrar em Dubai ou em qualquer outro território dos Emirados Árabes Unidos (EAU).
Existem diversos tipos de visto, que variam conforme o propósito da visita, duração da estadia, se tem Dubai como destino final ou apenas de passagem, qual companhia aérea será usada, entre outros fatores. Algumas companhias aéreas como Emirates, oferece o serviço de visto aos seus clientes, que pode ser feito diretamente no site da companhia. Basta acessar a área da reserva e fazer a solicitação, seguindo os passos descritos – veja informações no site da Emirates que está em português.

Quem não precisa de Visto para Dubai

Tem uma listinha de países que possuem uma boa parceria com o governo dos Emirados Árabes, onde os seus sortudos cidadãos não precisam ser submetidos aos procedimentos na obtenção de vistos de entrada, seja em Dubai, Abu Dhabi ou em qualquer outro Emirado. Pegam o visto no aeroporto mesmo…. Não pagam nada, e ainda podem ficar até 30 dias nos EAU.
Segue abaixo a lista dos países:
Alemanha, Andorra, Austrália, Áustria, Bélgica, Brunei, Cingapura, Coréia do Sul, Dinamarca, Espanha, Finlândia, Estados Unidos da América, Canadá, França, Grécia, Holanda, Hong Kong (titulares de passaportes RAE), Irlanda, Islândia, Itália, Japão, Liechtenstein, Malásia, Luxemburgo, Mônaco, Noruega, Nova Zelândia, O Vaticano, Portugal, Reino Unido, São Marino, Suécia e Suíça.
A boa notícia para os brasileiros que possuem passaporte de algumas cidadanias européias, como a Italiana, é que podem se beneficiar desta facilidade pegando o visto no aeroporto mesmo.
Se você não enquadra nos países acima e não tem passaporte Europeu, precisa solicitar o visto.

Assista também o vídeo>>>

Veja também

Dicas e Roteiros de seis dias em Dubai

As principais atrações turísticas de Dubai 

Dicas de Abu Dhabi Emirados Árabes

 

Informações

Moeda
A moeda oficial é o dirham (1 AED = 5,53£/ 1 AED = 1.03 R$ currency  do dia

Idioma
Árabe (de um modo geral, o inglês é falado como segunda língua)

Horário comercial

Os finais de semana são formados pelas sextas e sábados. Sendo assim a semana inicia no domingo.

Fuso horário

7 hrs a mais do Brasil e 2 hrs de Londres

Religião

Por ser um país mulçumano, a religião oficial do país é o Islã. Devido ao grande número de estrangeiros, Dubai também possui grupos de outras comunidades religiosas como cristãos, budistas, entre outros.

Cambridge Inglaterra

By | Tópicos recentes

Uma das fugas mais desejáveis ​​para sair da correria de Londres é a cidade de Cambridge. Localizado a mais ou menos 80 quilômetros da capital Inglesa, Cambridge é uma cidade histórica, que tem uma das universidades mais antigas e famosas do mundo.

Cambridge é uma das cidades mais procuradas por estudantes, por causa dos famosos colleges e faculdades, um lugar muito alto astral e jovenil. Engana quem acha qua Cambridge é lugar só para estudantes, a cidade é uma das mais visitadas por turistas de todo o mundo, suas historias, arquitetura e toda a atmosfera nos faz sentir bem a vontade, e pra quem vem a Londres e tem pouco tempo pela Inglaterra, é um ótimo lugar para um bate e volta, ja que Cambridge fica apenas 1h de trem de Londres.

Como chegar

De trem:  Estação London Kings Cross – Cambridge > 1h

De carro: Pela M11 > 2hs

mais informações sobre horarios e preços clique neste link aqui

IMG_0622 IMG_0610 IMG_0628 IMG_0662

Cambridge tem uma grande tradição histórica, uma grande herança de igrejas, museus e outros monumentos cívicos.  Este é o caso de Corpus Christi College, o único construído pelos cidadãos de Cambridge, construído entre os séculos XIV e XV; Peterhouse, a faculdade mais antiga de Cambridge, no século XIII, ou Trinity College, que é o maior da Europa, que em suas salas de aula teve figuras ilustres, como Isaac Newton.

Cambridge não é uma cidade muito grande e pode ser facilmente visitado em apenas um dia.

 Para todos Cambridge respira cultura, história, arte … é um daqueles lugares onde você sempre encontra algo interessante para ver e fazer, explorar algumas das faculdades mais importantes e desfrutar da atmosfera e relaxar nas margens do Rio Cam.
Uma das minhas atrações favoritas em Cambridge  foi passear de Punt ao longo do rio Rio Cam,( Punt são tipo gôndolas britânicas), que  podem ser alugados individualmente ou dividir com outras 6 a 8 a pessoas. Um passeio de punting no rio tem duração de 30 à 45 min, aproveite o ambiente e  desfrute das vistas privilegiadas dos mais famosos e notáveis colégios da cidade.

IMG_0627 IMG_0658 IMG_0632 IMG_0669

A bordo, uma  pessoa que está em pé na parte de trás do barco é propulsionado com um remo ou vara longa contra o leito do rio, que geralmente são alunos dos próprios colegios, durante o trajeto eles contam a história das universidades e dos Colleges que fica às margens do Rio.

Outra atração de Cambridge é a sua intensa vida cultural que podem serem vistas a partir de uma caminhada pelo centro histórico em torno da câmara municipal e da praça onde o mercado está instalado e que enfatiza a majestosa igreja  St. Mary com uma estampa notável de estilo gótico.Você também pode visitar o Santo Sepulcro conhecida como a Igreja Redonda, uma das quatro igrejas redondas construído pelos Templários que existem na Grã-Bretanha. Este templo é usado por vezes para exposições.

IMG_0331